Nacional à procura de um milagre

O emblema português precisa de duas vitórias nas duas derradeiras jornadas para ainda sonhar com a qualificação e visita o já apurado Werder Bremen, de Hugo Almeida.

Nacional à procura de um milagre
Nacional à procura de um milagre ©UEFA.com

O Nacional precisa de duas vitórias nas duas derradeiras jornadas para ainda sonhar com o apuramento e visita um Werder Bremen que, já qualificado para os 16 avos-de-final, procurará confirmar o primeiro lugar no Grupo L com um triunfo sobre a formação madeirense.

• Os pupilos de Thomas Schaaf garantirão a vitória no grupo caso consigam um resultado melhor do que o que o Athletic Club na visita ao terreno do FK Austria Wien. O Nacional poderá continuar a sonhar com o apuramento caso vença em Bremen e o Athletic perca em Viena.

Encontros anteriores
• O Werder Bremen venceu por 3-2 no Funchal, quando as equipas se defrontaram pela primeira vez, na jornada inaugural do Grupo L, naquele que foi o primeiro jogo do Nacional frente a um adversário germânico. As duas anteriores recepções da formação alemã a adversários lusos terminaram com resultados bem diferentes: na fase de grupos da UEFA Champions League de 1993/94, em pleno Weserstadion, o Bremen foi derrotado pelo FC Porto por 5-0, enquanto nos 16 avos-de-final da Taça UEFA de 2007/08, um Sp. Braga então orientado pelo actual treinador do Nacional, Manuel Machado, foi ao terreno do Bremen perder por 3-0.

Retrospectiva
• O Werder Bremen venceu os três encontros europeus que disputou em sua casa esta temporada, marcando um total de 11 golos.

• A menos experiente das equipas da fase de grupos, com apenas dez jogos disputados nas competições europeias, o Nacional ainda não conseguiu vencer em cinco encontros disputados fora nas provas da UEFA.

Factos das equipas
• Ambas as equipas são insulares, tecnicamente falando. O Nacional é da ilha da Madeira, situada no Oceano Atlântico, enquanto o Bremen retira parte do seu nome da ilha (Werder) situada no Rio Weser, onde o clube foi fundado.

• O Werder Bremen continua a ser comandado por Thomas Schaaf, que foi defesa da equipa principal entre 1978 e 1995 e passou a treinador principal em 1999.

• Como jogador do Werder Bremen, Schaaf conquistou a Bundesliga por duas ocasiões e ergueu ainda duas Taças da Alemanha e a Taça dos Vencedores das Taças em 1991/92, em Lisboa. Como treinador venceu a Bundesliga por uma ocasião, a Taça da Alemanha por três e atingiu a final da Taça UEFA da temporada transacta, onde foi batido pelo FC Shakhtar Donetsk.

• Manuel Machado está na sua segunda passagem pelo comando técnico do Nacional. Iniciou a carreira de treinador nas camadas jovens do clube da sua terra, o V. Guimarães, onde viria, também, a dirigir a equipa principal. Também passou pela Académica e pelo Sp. Braga.

• O treinador dos insulares não viaja até à Alemanha, devido a um problema de saúde, tendo ficado internado no Hospital do Funchal. O adjunto José Augusto irá comandar a formação "alvi-negra" frente ao Bremen.

• Originário da ilha da Madeira, a mais importante contribuição do Nacional para a fama do futebol português foi ter tido nas suas fileiras, durante dois anos, um então muito jovem Cristiano Ronaldo antes de ter ingressado, aos 12 anos, em 1997, nas escolas do Sporting.

• O Werder Bremen conta com um português nas suas fileiras. O dianteiro Hugo Almeida foi um dos marcadores nesse triunfo, por 3-0, frente ao Sp. Braga.

• Claudio Pizarro é um dos seis jogadores que lideram actualmente a lista dos melhores marcadores da fase de grupos da UEFA Europa League, com quatro remates certeiros. Com o mesmo número de tentos do ponta-de-lança do do Werder Bremen encontram-se Óscar Cardozo (Benfica), Fernando Llorente (Athletic Club Bilbao), Gervinho (LOSC Lille Metropole), Alexander Frei (FC Basel 1893) e Luiz Adriano (FC Shakhtar Donetsk).

• O Bremen visita Bilbau na sexta e última jornada, a 16 de Dezembro, na mesma noite em que o Nacional recebe o Áustria de Viena.