Deportivo à espera de inspiração

O Deportivo espera que se repita o desfecho da última recepção ao Aalborg, com a equipa da Corunha a tentar salvar a sua campanha na Taça UEFA após a derrota por 3-0 na primeira mão dos 16 avos-de-final.

Rodolfo Bodipo festeja um golo do Deportivo
Rodolfo Bodipo festeja um golo do Deportivo ©Getty Images

O RC Deportivo La Coruña espera que se repita o desfecho da última recepção ao Aalborg BK, com a equipa espanhola a tentar salvar a sua campanha na Taça UEFA após a derrota por 3-0 na primeira mão dos 16 avos-de-final, disputada na Dinamarca.

• Dois golos de Anders Due e um penalty tardio de Michael Jakobsen deixaram o Depor com uma autêntica montanha por escalar no Riazor, mas os galegos estão bem cientes que pesadas desvantagens averbadas na primeira mão não significam necessariamente um desastre ante o Aab.

• O Aalborg enfrentou o Depor na primeira eliminatória da edição 1993/94 da Taça UEFA, tendo triunfado em casa por 1-0 na primeira mão, mercê de um tento de Søren Thorst.

• O cenário mudou radicalmente na segunda mão em Espanha, onde o Aab, então sob o comando técnico de Poul Erik Andreasen, foi "atropelado" no Riazor. Um "hat-trick" de Bebeto e a um bis de Claudio Barragán selaram uma derrota por 5-0 para os visitantes, com o Depor a seguir em frente com um total de 5-1.

• As equipas nesse jogo em Espanha alinharam da seguinte forma:
Deportivo: Francisco Liaño, Voro, Nando, José Luis Ribera, Miroslav Djukić, Donato, Luis María López Rekarte, Javier Manjarin (Marcos Vales, 47), Claudio Barragán, Fran González, Bebeto (Pedro Riesco, 77).
Aalborg: Thomas Gill, Lars Thomsen, Torben Boye, Søren Dissing (Henrik Kristensen, 77), Søren Thorst, Calle Facius, Ib Simonsen, Jan Pedersen, Erik Bo Andersen, Henrik Rasmussen, Jens Jessen.

• O Aalborg defrontou o Villarreal CF, rival do Deportivo na Liga espanhola, na fase de grupos desta época da UEFA Champions League. Perdeu por 6-3 em Espanha e empatou a dois golos em casa.

• No total, o Aab já disputou seis jogos contra adversários espanhóis, tendo vencido dois, empatado um e perdido três. Os dinamarqueses saíram derrotados nas duas ocasiões que visitaram Espanha: por 5-0 e 6-3.

• Os três encontros diante do Aab são os únicos do Deportivo diante de clubes da Dinamarca.

• O Aalborg vai disputar o primeiro encontro fora das competições europeias sob o comando no novo treinador, o sueco Magnus Pehrsson, que assumiu funções oficialmente no dia 1 de Janeiro de 2009.

• Depois de ter prescindido dos serviços de Bruce Rioch em Outubro de 2008, o Aalborg está agradecido a Allan Kuhn pelo seu desempenho imaculado enquanto técnico interino. Kuhn passou o testemunho a Pehrsson, antigo treinador do GAIS Göteborg, depois de completar uma série de 12 jogos sem perder, todas as competições incluídas.

• Com experiência de competições europeias acumulada, fruto da sua passagem pelo Djurgårdens IF e IFK Göteborg como jogador, esta será o segundo jogo de Pehrsson nas provas de clubes da Europa como treinador.

• Antes da primeira mão, o seu homólogo do Deportivo, Miguel Ángel Lotina, tinha liderado equipas frente a opositores dinamarqueses em três ocasiões. No RC Celta de Vigo, ganhou em casa por 2-0 e perdeu fora por 1-0 diante do Odense BK na primeira eliminatória da edição 2002/03 da Taça UEFA, tendo mais tarde guiado o RCD Espanyol a ao empate a um golo em casa do Brøndby IF no dia 30 de Novembro de 2005, em jogo a contar para a fase de grupos da edição 2005/06 da Taça UEFA.

• O guarda-redes Karim Zaza, do Alborg, poderá voltar a defrontar Lotina. Zaza estava entre os postes nos dois jogos que o Odense disputou frente ao Celta e foi suplente não utilizado do Brøndby no empate a um golo frente ao Espanhol.

• O Deportivo não perdeu os últimos nove jogos europeus disputados em casa, mais concretamente desde a derrota por 5-0 frente ao AS Monacol FC na fase de grupos da UEFA Champions League de 2004/05, a 8 de Dezembro de 2004. Essa série invicta compreende sete triunfos e dois empates a zero, tendo a equipa espanhola marcado 15 golos e sofrido apenas um no Riazor.

• O AaB não perde há quatro jogos nas competições europeias, desde o desaire por 6-3 no terreno do Villarreal.

• O Aalborg não venceu nenhum dos derradeiros três jogos na UEFA na condição de forasteiro, embora tenha ganho os três anteriores.

• Os dois golos de Due contra o Depor permitiram-lhe assumir-se como o melhor marcador do Aab nas competições europeias desta época, com três tentos, isto desde o arranque da fase de grupos da UEFA Champions League.

• Diego Colotto facturou três golos na Taça UEFA este Outono ao serviço do Deportivo e foi o único jogador do clube a marcar mais do que uma vez nas competições europeias desta temporada.

• O Deportivo seguiu em frente na primeira vez em que discutiu uma eliminatória através de penalties, tendo vencido o SK Brann por 3-2 no Riazor, na primeira ronda da presente edição da Taça UEFA.

• O Aalborg perdeu por 4-2 no terreno do HNK Hajduk Split na sua única experiência no desempate através de pontapés da marca de grande penalidade, na primeira eliminatória da Taça dos Vencedores de Taças de 1987/88. 

• Campeão da Dinamarca em 2007/08, a terceira posição do Aalborg no Grupo E da UEFA Champions League garantiu-lhe um lugar nos 16 avos-de-final da Taça UEFA. O Deportivo, oitavo classificado no campeonato espanhol da época passada, ficou em segundo lugar no Grupo H da Taça UEFA.

• Das 11 equipas que esta época se apuraram para a Taça UEFA via Taça Intertoto, quatro ainda estão em prova: Deportivo, Aston Villa FC, Sporting de Braga e VfB Stuttgart. Tradicionalmente, a UEFA atribui uma placa comemorativa ao clube oriundo da Intertoto que permaneça mais tempo na Taça UEFA.

• O Aalborg é um dos seis clubes presentes na Taça UEFA que se qualificaram para as competições europeias desta época na qualidade de campeões dos respectivos países. Os outros são R. Standard de Liège (Bélgica), Olympiacos CFP (Grécia), Galatasaray AŞ (Turquia), FC Shakhtar Donetsk (Ucrânia) e FC Zenit St. Petersburg (Rússia).

• Alberto Lopo, do Depor, está suspenso, ao passo que Andres Guardado está a um cartão amarelo de distância de cumprir uma partida de suspensão, o mesmo acontecendo com Thomas Enevoldsen, do Aab.

• O vencedor desta eliminatória vai defrontar o FC København ou o Manchester City FC nos oitavos-de-final, agendados para os dias 12 e 18/19 de Março, disputando a segunda mão em casa.

• Logo, poderá ter lugar um embate 100 por cento dinamarquês na próxima eliminatória, isto caso Aab e Copenhaga sigam em frente.

Topo