Nuremberga com destino nas mãos

Os alemães do Nuremberga sabem que três pontos no derradeiro jogo do Grupo A, por ocasião da recepção aos gregos do Larissa, garante o seu apuramento para os 16 avos-de-final da Taça UEFA.

O Nuremberga festeja um golo frente ao AZ
O Nuremberga festeja um golo frente ao AZ ©Getty Images

Os alemães do 1. FC Nürnberg sabem que três pontos no derradeiro jogo do Grupo A, por ocasião da recepção aos gregos do Larissa FC, garante o seu apuramento para os 16 avos-de-final da Taça UEFA.

• Após a derrota em casa frente ao Everton FC, um empate no reduto do FC Zenit St. Petersburg e uma vitória na recepção ao AZ Alkmaar, o Nuremberga é o quarto classificado do seu grupo, empatado com o terceiro posicionado, o AZ, mas com desvantagem na diferença de golos.

• A equipa de Hans Meyer precisa, assim, de um triunfo para se qualificar para a fase seguinte. Um empate não chegará, a não ser que o AZ termine, frente ao Everton FC, com o seu registo de 32 jogos sem perder em casa, no outro jogo do Grupo A agendado para quinta-feira.

• Caso tudo corra pelo melhor, o Nuremberga poderá tanto terminar a "poule" na segunda como na terceira posição. O segundo lugar colocaria os alemães na rota de um dos oito terceiros classificados da fase de grupos da UEFA Champions League, jogando a segunda mão em casa. Já o terceiro posto deixará os teutónicos no caminho de um dos vencedores dos restantes grupos da Taça UEFA, jogando a segunda mão no terreno do adversário.

• Segundo as regras do sorteio, o Nuremberga não poderá defrontar outra equipa alemã até aos oitavos-de-final.

• O Larissa, que é dirigido por Georgios Donis, não escapará ao último lugar do Grupo A, depois de ter perdido os três jogos realizados até à data, frente a Everton, Zenit e AZ, algo que também sucedeu na presente campanha a Toulouse FC, FK Crvena Zvezda e FK Austria Wien.

• O médio cipriota do Larissa, Nektarios Alexandrou, comemora o 24º aniversário a 19 de Dezembro, na véspera do embate.

• Nesse dia, o Nuremberga também tem um aniversariante, com o defesa Dominik Reinhardt a festejar 23 anos.

• Os dois clubes nunca se defrontaram para as competições da UEFA.

• O Larissa nunca mediu forças com formações alemãs. Para o Nuremberga, também se trata de uma estreia frente a conjuntos helénicos.

• O Larissa tem nas suas fileiras dois jogadores que já passaram pelo futebol alemão. Em 1998/99, o dianteiro eslovaco Jozef Kožlej jogou emprestado no SpVgg Greuther Fürth, ao passo que o defesa Marco Foerster iniciou a sua carreira no VfB Leipzig, tendo representado várias outras equipas de escalões inferiores antes de, em 2000, se mudar para a Grécia.

• Antes de perder por 3-2 frente ao Zenit na fase de grupos da presente temporada, o Larissa nunca havia sido derrotado em casa para as competições europeias – uma série cujo início remontava a 1983.

• Já o Nuremberga está há 40 anos sem perder fora de casa para as competições europeias. Desde que foram derrotados, na primeira eliminatória da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1967/68, no terreno do AFC Ajax, por 4-0, que a equipa alemã não conhece o desaire fora de portas.

• Michael Beauchamp, do Nuremberga, está a um cartão amarelo de uma suspensão de uma partida, situação comum a Cleyton, do Larissa. Já Elias Kotsios cumpre um jogo de castigo por ter sido expulso no derradeiro jogo do Larissa para o Grupo A.

• O sorteio dos 16-avos-de-final e oitavos-de-final da Taça UEFA decorrerá a 21 de Dezembro, em Nyon, a partir das 12h00 (Portugal continental).