Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Marselha empata em Berna

A equipa de Delfim, o Young Boys, desperdiçou uma boa ocasião de bater o Marselha, que mesmo com nove homens logrou empatar a três bolas.

Apesar de ter visto Taye Ismailia Taiwo expulso, logo aos cinco minutos de jogo, e Ronald Zubar aos 70, o Marselha está bem posicionado para eliminar, pela segunda vez, a equipa onde alinha Delfim, quando ambos os emblemas se voltarem a encontrar no Stade Vélodrome. Todos os golos dos franceses - o de Zubar, aos 20 minutos e os restantes, apontados por Mamadou Niang (44' e 57') -, nasceram de erros defensivos dos suíços que, graças à vantagem numérica, lograram sempre empatar, por intermédio de Hakan Yakin (21'), Daniel João Paulo (49'), com outro brasileiro, Marcos dos Santos (73'), a fazer o resultado final.

Hertha BSC Berlin 1-0 FC Ameri Tbilisi
Um golo, já perto do final, apontado por Solomon Okoronkwo colocou o Hertha em escassa vantagem frente ao seu opositor georgiano. Os alemães foram sempre mais perigosos, com Pál Dárdai e Gilberto a mostrarem-se perdulários e quando tudo apontava para o nulo final, o recém-entrado Okoronkwo fez o tento da vitória.

FC Artmedia 2-1 FC Dinamo Minsk
Depois de, na época passada, ter perdido com o Artmedia, na primeira pré-eliminatória da UEFA Champions League, na altura enquanto técnico do FC Kairat, Alexey Petrushin, desta vez no banco do Dínamo, voltou a ser batido. O médio brasileiro Edu colocou, no minuto 22, os bielorrussos na frente, mas a sua defesa, já no segundo tempo, não conseguiu evitar os tentos de Ľubomír Reiter e Marián Čišovský. Roman Konečný não vai jogar a segunda mão pelos carrascos do FC Porto na temporada passada depois de ter sido expulso, por acumulação de amarelos, a cinco minutos do final.

SV Ried 0-0 FC Sion
Os austríacos do Ried vão ter uma tarefa complicada na segunda mão para levarem a melhor sobre o Sion de João Manuel Pinto e Carlitos. Num jogo parco em oportunidades, os austríacos podiam ter chegado ao golo numa ocasião, quando Herwig Drechsel cruzou para Jovan Damjanović finalizar, mas o cabeceamento do jogador do Ried passou por cima. No segundo tempo, nada de novo, com os da casa a não lograrem criar perigo com as suas iniciativas a esbarrem na sólida defesa do Sion.

FC Fehérvár 1-1 Grasshopper-Club
O Fehérvár ainda mantém a esperança em seguir em frente ao empatar, já nos descontos, frente a um infeliz Grasshoppers. Depois de uma primeira parte sem golos, os suíços, treinados pelo antigo número dez do Sporting, Krassimir Balakov, entraram melhor na segunda parte com António, de livre, a acertar no travessão, no minuto 55. A barra voltou a salvar os da casa após iniciativa de Diego León, quatro minutos depois. Os “gafanhotos” chegaram ao merecido golo aos 69 minutos, por intermédio de Roberto Pinto, mas o recém-entrado Gábor Horváth empatou de cabeça já nos descontos, após canto de Mario Bozic.

FK Karvan Evlakh 0-2 SK Slavia Praha
As possibilidades do Karvan em tornar-se na primeira equipa do Azerbaijão a ultrapassar as rondas preliminares das provas europeias, sofreram um forte revés com uma comprometedora derrota em casa contra os checos do Slavia. Suleyman Camara desperdiçou duas oportunidades para os anfitriões, que viram Tomáš Hrdlička colocar os checos em vantagem, logo aos 14 minutos de jogo. O Slávia adoptou uma postura mais cautelosa e, depois de Dzhavid Mirzayev perder o empate, no minuto 87, Pavel Fořt aumentou a vantagem para os checos.

FC Chornomorets Odesa 0-0 Wisła Plock
O Chornomorets não fez valer o factor casa no seu regresso à Europa do futebol, empatando sem golos frente ao Plock. Num jogo com poucas oportunidades de golo, destacou-se Serhiy Shyshchenko pelos da casa, que, no início da segunda parte, acertou no poste.

FC Basel 1893 1-0 FC Vaduz
Um golo, na segunda parte, apontado por Daniel Majstorovic, deu uma escassa vitória ao Basileia frente ao Vaduz. Os suíços fizeram uma má exibição frente aos seus vizinhos do Liechtenstein, com Mile Sterjovski, Mladen Petrić e Majstorovic a mostrarem-se perdulários, até a altura em que Majstorovic logrou marcar, de cabeça, após centro de Sterjovski.

CSF Zimbru Chisinau 0-0 FC Metalurg Zaporizhzhya
O nulo foi um resultado justo face à pouca produtividade de ambas as equipas. O Chisinau, que não contou, por lesão, com os seus avançados Galust Petrosyan e Vitalie Manoliu, foi obrigado a colocar em campo Boris Cebotari e Alexey Zhdanov, que, contudo, não lograram bater a defesa ucraniana. Zhdanov teve duas oportunidades para marcar, enquanto Filip Popescu criava problemas com os seus livres directos. Os visitantes também tiveram perto do golo, mas Tamas Kabanov, à boca da baliza, desperdiçou.

SV Mattersburg 1-1 Wisła Kraków
O Mattersburg teve um primeiro revés quando Jürgen Patocka teve de sair, logo aos seis minutos, devido a uma lesão no ombro, com as coisas a piorarem no minuto 14, quando os polacos se colocaram na frente, na sequência de um cruzamento de Cléber da direita, que Marek Zieńczuk finalizou. Contudo, o Mattersburg reagiu e empatou, seis minutos depois, por Ilco Naumoski, num remate algo feliz, pois sofreu um desvio decisivo. O Wisła viu Jacob Burns ser expulso, por acumulação de amarelos, no minuto 76, enquanto Krzysztof Ratajczyk, jogador do Krzysztof Ratajczyk, viu o vermelho directo por falta sobre Jean Paulista.

FC Rubin Kazan 3-0 FC BATE Borisov
A quinta derrota do BATE frente a uma equipa russa em outras tantas partidas foi natural face à exibição do Rubin, que dominou do principio do fim. Dzhambulad Bazaev marcou, no minuto 35, batendo Aleksandr Fedorovich com um disparo que sofreu um desvio. Na segunda parte, os visitantes entraram melhor e criaram perigo em duas ocasiões, mas o Rubin foi mais eficaz, com Mikheil Ashvetia, a aumentar a vantagem, aos 57 minutos de jogo, finalizando após livre de Bazaev. Onze minutos depois chegou o 3-0, com Fedorovich, de novo de livre, a colocar a bola em Ashvetia, que fez o seu segundo tento da partida.

Topo