Brugge é o grande candidato

Grupo C: O grande favorito do grupo, o Club Brugge, está a atravessar um bom momento de forma.

O uefa.com analisa o momento de forma das equipas do Grupo C da Taça UEFA, tendo em vista os primeiros jogos, a 21 de Outubro.

* CLUB BRUGGE KV

A equipa de Trond Sollied não conseguiu um lugar na fase de grupos da UEFA Champions League, depois da derrota na terceira pré-eliminatória frente ao FC Shakhtar Donestk, mas esta temporada tem corrido bem ao Club Brugge KV.

Seis vitórias e dois empates em oito jogos no campeonato belga deixam o Brugge com dois pontos de vantagem em relação ao campeão da temporada passada, o RSC Anderlecht. De facto, até ter sofrido um golo aos 15 minutos, no empate a uma bola com o KRC Genk, a 3 de Outubro, o Brugge ainda não havia sofrido qualquer tento ou perdido qualquer ponto nos jogos em casa. Entretanto, na primeira eliminatória da Taça UEFA, os belgas bateram a equipa francesa do LB Châteauroux, por 6-1, no conjunto das duas mãos.

Um dos jogadores importantes desta temporada é o avançado Boško Balaban. O croata chegou ao clube em Janeiro, mas quase não jogou durante a temporada transacta, devido a uma lesão nos ligamentos de um joelho. No entanto, provou a sua utilidade à equipa ao marcar sete golos no campeonato. Timmy Simons, defesa e capitão de equipa, sofreu uma lesão semelhante no joelho esquerdo durante a derrota em casa, por 4-0, frente ao Châteauroux, a 16 de Setembro. Simons só deverá voltar ao activo no início de Novembro, o que significa que não vai poder ajudar o Brugge no embate com o FC Dnipro Dnipropetrovsk, agendado para o dia 21 de Outubro.

* REAL ZARAGOZA

Depois de um arranque promissor no campeonato espanhol, o Real Zaragoza desceu para nono lugar, como consequência da derrota, por 2-0, frente ao Villarreal FC, no início de Outubro.

O Saragoça - que entrou bem na temporada ao vencer a Super Taça de Espanha frente ao Valencia CF - iniciou a sua sétima campanha na Taça UEFA com um triunfo perante o SK Sigma Olomouc nas duas mãos, conseguindo um resultado de 4-2 na eliminatória. No entanto, a formação espanhola não conta com o capitão Luis Carlos Cuartero, depois de este ter fracturado três costelas durante um jogo para o campeonato, frente ao Levante UD. Igualmente de fora está o guarda-redes habitualmente titular.

Luis García entrou para o lugar do titular César Láinez, que foi submetido a uma operação a um joelho no mês de Setembro - no entanto, a equipa médica acredita que o jogador poderá alinhar no arranque da Taça UEFA, frente ao FC Utrecht, a 21 de Outubro.

* FC UTRECHT

O vencedor da Taça da Holanda teve um bom começo de temporada e animou a primeira fase da Taça UEFA. Tendo derrotado o Djurgårdens IF por 4-0, na primeira mão, sofreu um golo logo aos três minutos do segundo jogo, na Suécia. Quando Tobias Hysén, do Djurgården, marcou o terceiro golo a nove minutos do fim, ainda houve alguma emoção, mas o Utrecht aguentou a vantagem até ao fim, vencendo por 4-3.

Ainda assim, na Eredivisie, o Utrecht tem estado em bom plano. Depois de perder o primeiro jogo para o NAC Breda, o Utrecht empatou a uma bola com o AFC Ajax, na ArenA de Amesterdão, batendo posteriormente o Feyenoord, por 3-0, em Roterdão. Depois, a 3 de Outubro, a equipa de Foeke Booy levou de vencida o RKC Waalwijk, tendo recuperado de uma desvantagem de dois golos quando faltavam 30 minutos para o fim. Hans van der Haar marcou duas vezes nessa partida, elevando a sua marca da época para seis golos. O único factor negativo foi uma lesão na coxa do extremo Dave van den Bergh, que teve que abandonar a selecção.

* FC DNIPRO DNIPROPETROVSK

Desde a independência da Ucrânia, o FC Dnipro Dnipropetrovsk não tem conseguido igualar o seu sucesso dos tempos soviéticos - quando se sagrou campeão por duas vezes - mas sob a orientação do veterano técnico, Evgeniy Kucherevskiy, parece que, finalmente, está pronto para uma boa actuação na Europa.

A sua campanha começou com uma vitória, por 3-0, frente ao FC Artmedia Bratislava, na segunda pré-eliminatória, na qual bateu a formação da Eslováquia por 4-1, no conjunto das duas mãos. Apesar de ter perdido, por 1-0, com o Maccabi Haifa FC no encontro da primeira mão, o Dnipro venceu o segundo jogo por 2-0, com o golo de Andriy Rusol, a 13 minutos do fim, a revelar-se decisivo.

No que respeita ao campeonato nacional, o Dniepr não tem estado tão bem. Com nove jogos no campeonato da Ucrânia, o Dnipro ocupa o quinto lugar, 14 pontos atrás do FC Shakhtar Donestsk e com uma diferença negativa de golos. No entanto, a 4 de Outubro, a equipa conseguiu bater o FC Tavriya Simferopol, por 3-1, num jogo que valeu a Oleh Venhlinskiy o título de melhor marcador de sempre do clube.

* FK AUSTRIA WIEN

O grande investimento levado a cabo por Frank Stronach está, finalmente, a dar os seus frutos para o FK Austria Wien, que está a fazer um bom início de temporada. No triunfo, por 5-0, frente VfB Admira Wacker Mödling, para o campeonato austríaco, a equipa revelou uma grande eficácia, somando a nona vitória que mantém o clube na liderança do campeonato, graças à diferença de golos marcados e sofridos.

Orientado por Günter Kronsteiner, o Áustria de Viena venceu, confortavelmente, o Legia Warszawa, por 4-1, na primeira ronda. "Neste momento, não tenho que fazer coisa alguma. Os meus jogadores têm uma auto-confiança incrível", disse o treinador.