O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Klinsmann brilha pelo Bayern

Klinsmann brilha pelo Bayern
Klinsmann brilha pelo Bayern ©UEFA.com

O domínio das equipas da Serie A na Taça UEFA foi quebrado em 1996, e o grande responsável foi o FC Bayern München. A formação da Baviera bateu o FC Girondins de Bordeaux e tornou-se na primeira formação da Bundesliga a ter no seu palmarés a conquista dos troféus das três competições europeias.

Hegemonia italiana
O Bordéus, por seu lado, teve também grande importância na quebra da hegemonia italiana. Num encontro que foi eleito pela revista France Football como o jogo do ano, a formação francesa deu a volta a uma desvantagem de dois golos e bateu o AC Milan por 3-0 na segunda mão dos quartos-de-final da prova, no Parc Lescure. Para uma equipa que tinha começado a sua caminhada no Verão anterior, ainda na Taça Intertoto, a presença na final acabou por ser um feito marcante. Mas se o SK Slavia Praha teve, nas meias-finais, o mesmo destino que o Milan (o mesmo acontecendo a Karlsruhe SC, FK Vardar, SC Rotor Volgograd e Real Betis Balompié), no jogo decisivo o Bordéus acabou finalmente por descer à terra.

Golos de Klinsmann
A temporada do Bayern tinha ficado marcada por uma discussão pública entre as estrelas Lothar Matthäus e Jürgen Klinsmann. Ainda assim, esse facto não impediu Matthäus de, nas meias-finais, conduzir a sua equipa a uma vitória por 2-1 no terreno do FC Barcelona, depois de um empate a dois em Munique, nem impediu Klinsmann de marcar 15 golos ao longo da prova. O último deles foi obtido em Bordéus, na segunda mão da final. O Bayern venceu por 3-1, apesar de a turma francesa contar nos seus quadros com Christophe Dugarry e Zinedine Zidane. Factor decisivo terá sido, contudo, a ausência deste duo do jogo da primeira mão, no Olympiastadion, onde Thomas Helmer e Mehmet Scholl marcaram os golos do triunfo da formação alemã, orientada por Franz Beckenbauer.