Rangers - Benfica: retrospectiva do jogo da UEFA Europa League, guia de forma, encontros anteriores

Três semanas depois de um emocionante encontro em Lisboa, Rangers e Benfica, favoritos do Grupo D, voltam a encontrar-se em Glasgow.

 Alfredo Morelos festeja um dos golos em Lisboa
Alfredo Morelos festeja um dos golos em Lisboa AFP via Getty Images

Três semanas depois de um emocionante primeiro encontro em provas da UEFA entre os mais titulados campeões nacionais da Escócia e de Portugal, Rangers e Benfica, líderes do Grupo D, voltam a defrontar-se, sabendo que um triunfo em Glasgow pode garantir um lugar nos dezasseis-avos-de-final da UEFA Europa League a duas jornadas do final.

• Houve um pouco de tudo no jogo da terceira jornada, em Lisboa, com o Benfica a adiantar-se no marcador logo aos 60 segundos com o autogolo mais rápido da UEFA Europa League, mas viria a perder o defesa Nicolás Otamendi devido a um cartão vermelho, aos 19 minutos. Seguiram-se três golos do Rangers - com o terceiro, de Alfredo Morelos, a deixar o avançado colombiano como o melhor marcador do clube na Europa - mas o Benfica soube reagir e empatar o encontro, preservando assim a invencibilidade em casa na UEFA Europa League, graças ao golo do empate de Darwin Núñez, já nos descontos.

• O empate 3-3 deixa Rangers e Benfica com sete pontos cada, mais quatro que o terceiro classificado, o Lech Poznań, que por sua vez tem mais três que o Standard Liège, último da tabela.

Encontros anteriores

Resumo: Benfica 3-3 Rangers
Resumo: Benfica 3-3 Rangers

• O Rangers nunca perdeu em casa com clubes portugueses em jogos europeus, vencendo os primeiros cinco dos nove encontros e empatando os dois seguintes - ambos ante o rival do Benfica, o Sporting - antes de bater Porto por 2-0 e Braga por 3-2, na edição da época passada UEFA Europa League.

• Embora o registo 100 por cento vencedor do Benfica em casa ante emblemas escoceses tenha terminado ante o Rangers na terceira jornada, os "encarnados" venceram apenas um dos seus cinco jogos europeus na Escócia - o primeiro, por 2-1, frente ao Hearts, na pré-eliminatória da Taça dos Campeões Europeus de 1960/61. Os últimos quatro jogos no país foram sempre contra o Celtic, resultaram em três derrotas e depois, no encontro mais recente, num empate a 0-0 na fase de grupos da UEFA Champions League de 2012/13. O Benfica ainda não marcou nenhum golo em Glasgow.

Guia de forma

Rangers
• O Rangers estava em segundo lugar, a 13 pontos do Celtic, quando a Premiership escocesa de 2019/20 foi interrompida prematuramente. O clube fez uma longa campanha na Europa, conseguindo chegar da primeira pré-eliminatória até aos oitavos-de-final da UEFA Europa League, altura em que, como último representante da Escócia, foi eliminado pelo Leverkusen (1-3 c, 0 -1 f).

• A equipa de Steven Gerrard foi obrigada a ultrapassar três jogos de qualificação para atingir a fase de grupos desta época: venceu nos redutos do Lincoln Red Imps (5-0) e do Willem II (4-0), antes da vitória por 2-1, em Glasgow, sobre o Galatasaray no “play-off”. Os escoceses conseguiram cinco vitórias em cinco ao derrotar o Standard (2-0 f) e o Lech (1-0 c) nos primeiros dois jogos daquela que é a terceira participação consecutiva do clube numa fase de grupos. Depois de ficar no terceiro lugar há duas temporadas, na época passada foi segundo, atrás do Porto, com um total de nove pontos, ficando à frente de Young Boys e Feyenoord.

Resumo: Standard Liège 0-2 Rangers
Resumo: Standard Liège 0-2 Rangers

• O Rangers esteve invicto em 17 jogos europeus em casa (V12 E5), até perder por 3-1 com o Leverkusen, na primeira mão dos oitavos-de-final da temporada passada. A folha limpa na segunda jornada frente ao Lech foi a primeiro em cinco jogos de provas UEFA em Ibrox.

Benfica
• Vice-campeão da Liga portuguesa 2019/20 e finalista vencido da Taça de Portugal, em ambas batido pelo Porto, o objectivo do Benfica em disputar pela 11ª temporada seguida a UEFA Champions League, sob o comando do seu antigo treinador Jorge Jesus, terminou na terceira pré-eliminatória, ao ser batido por 2-1 no terreno do PAOK. Os "encarnados" estão assim presentes na fase de grupos da UEFA Europa League pela primeira vez desde a época inaugural da competição, em 2009/10, altura em que venceram o seu grupo e chegaram aos quartos-de-final.

• Apesar da ausência prolongada nesta fase da prova, o Benfica disputou mais jogos na fase a eliminar da UEFA Europa League do que qualquer outro clube (40) e foi finalista vencido em 2012/13 (frente o Chelsea) e 2013/14 (ante o Sevilha). Disputou também a competição nas últimas duas temporadas, tendo chegado aos quartos-de-final em 2018/19, mas caído nos oitavos-de-final pela primeira vez, na época passada, eliminado pelo Shakhtar (1-2 f, 3-3 c).

• As Águias venceram apenas quatro dos últimos 19 jogos europeus fora de Portugal, perdendo 12, mas colocaram um fim a uma série de três derrotas consecutivas fora na UEFA Europa League ao derrotarem o Lech por 4-2 na Polónia, na primeira jornada. O seu registo fora na fase de grupos é agora de V3 D1.

Ligações e curiosidades
• O próximo jogo do médio do Rangers, Ryan Jack, nas competições de clubes da UEFA, será o seu 50º.

• Haris Seferović (Benfica) e Cédric Itten (Rangers) são colegas no ataque da Suíça.

• Gerrard fez parte da equipa do Liverpool que, como detentora do título da UEFA Champions League, perdeu com o Benfica nas duas mãos dos oitavos-de-final de 2005/06 (0-1 f, 0-2 c). No entanto, o actual treinador do Rangers era o capitão dos “reds” quando levaram a melhor no duelo entre os dois clubes nos quartos-de-final da UEFA Europa League de 2009/10 (1-2 f, 4-1 c).

• Jorge Jesus levou o Benfica a duas finais consecutivas da UEFA Europa League em 2012/13 e 2013/14, perdendo ambas para Chelsea e Sevilha, respetivamente.

• O sul-africano Bongani Zungu, que está emprestado ao Rangers, representou o Vitória SC em 2016/17. O médio perdeu os quatro jogos frente ao Benfica, mas marcou o golo de honra do clube de Guimarães na final da Taça de Portugal (1-2).

• O golo de Morelos em Lisboa foi o seu 26º na Europa e o 22º nas competições europeias pelo Rangers, ultrapassando o recorde do clube de Ally McCoist.

• O empate do Benfica frente ao Rangers permitiu ao clube português alargar a série de invencibilidade na UEFA Europa League, desde a fase de grupos até à final, para 24 jogos, um novo recorde na competição.

• O Benfica é um dos seis antigos vencedores da Taça dos Campeões presentes na presente fase de grupos da UEFA Europa League: os outros são PSV Eindhoven (Grupo E), Celtic e Milan (H), Feyenoord (K) e Estrela Vermelha (L).

• Este é o 50º jogo do Benfica na UEFA Europa League propriamente dita, tornando-se no terceiro clube português a atingir essa marca depois de Sporting e Braga.