Factos: İstanbul Başakşehir - Sporting

O Başakşehir tem uma tarefa difícil para chegar aos oitavos-de-final, pois precisa de dar a volta à derrota por 3-1 da primeira frente ao Sporting, presença regular na fase a eliminar.

Os jogadores do Sporting festejam Sebastián Coates, autor do primeiro golo frente ao Başakşehir
Os jogadores do Sporting festejam Sebastián Coates, autor do primeiro golo frente ao Başakşehir ©AFP/Getty Images

Os turcos do İstanbul Başakşehir têm uma tarefa difícil para chegarem aos oitavos-de-final da UEFA Europa League, pois precisam de dar a volta à derrota por 3-1 da primeira mão regista em Lisboa contra o Sporting, presença habitual na fase a eliminar.

• O clube de Istambul chegou aos 16 avos-de-final depois de vencer um grupo altamente competitivo, graças a um sensacional triunfo nos instantes finais da última jornada na casa do Mönchengladbach resultado que eliminou da competição o então líder da Bundesliga. Já o Sporting terminou em segundo lugar o Grupo D, atrás dos austríacos do LASK, com 12 pontos, mais dois que os somados pelo adversário turco no seu agrupamento.

Confrontos anteriores
• O Sporting foi a equipa dominadora em grande parte do primeiro encontro dos clubes em Lisboa, tendo chegado a 3-0 com golos de Sebastián Coates, do atacante recém-contratado Andraž Šporar e de Luciano Vietto, mas os turcos voltaram a ganhar esperança depois de reduzirem ao minuto 77, de grande penalidade, por Edin Višća.

• Os únicos confrontos anteriores do Istambul Başakşehir com clubes portugueses antes da partida do Estádio José Alvalade ocorreram na fase de grupos da UEFA Europa League de 2017/18. Derrotado por 2-1 em Braga, venceu o segundo jogo pelo mesmo resultado, em Istambul, com Višća a marcar o tento inaugural.

• O Sporting empatou todos os três jogos anteriores fora de casa contra equipas turcas. O encontro mais recente ocorreu na segunda jornada da UEFA Europa League de 2015/16, quando empatou 1-1 com o Beşiktaş em Istambul. O seu registo em eliminatórias a duas mãos contra emblemas turcos é de V1 D1.

Guia de forma

İstanbul Başakşehir
• Esta é a quinta campanha europeia consecutiva do İstanbul Başakşehir, cuja estreia ocorreu em 2015/16. Garantiu o regresso ao terminar em segundo lugar, atrás do Galatasaray, na luta pela conquista da Süper Lig 2018/19.

• Duas derrotas ante o Olympiacos, na terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League, colocaram o İstanbul Başakşehir na fase de grupos da UEFA Europa League pela segunda vez. A participação anterior, em 2017/18, terminou após as seis partidas, com os oito pontos a deixarem-no atrás de Braga e Ludogorets.

• Nesta temporada foi primeiro do seu grupo, apesar das duas derrotas pesadas sofridas ante o segundo classificado, a Roma (0-4 f, 0-3 c). No entanto, bateu duas vezes o Wolfsberg e empatou 1-1 em casa com o Mönchengladbach antes de ultrapassar os alemães no topo do Grupo J, na sexta jornada, graças ao golo de Enzo Crivelli nos descontos que permitiu a vitória por 2-1.

• O clube de Istambul venceu apenas três dos seus 13 jogos em casa na Europa (E5 D5), tendo marcado dez golos e sofrido 13. O desaire da quinta jornada contra a Roma, contudo, foi a sua primeira derrota em casa na UEFA Europa League (V2 E3).

• O İstanbul Başakşehir perdeu apenas uma vez na primeira mão fora de casa nas competições da UEFA, por 0-2 no terreno do AZ Alkmaar, no seu primeiro encontro europeu  na terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League de 2015/16  e o desfecho ajudou a ser afastado, uma vez que perdeu também o jogo de volta, por 1-2, em Istambul.

Sporting
• O Sporting qualificou-se directamente para a fase de grupos da UEFA Europa League de 2019/20 ao vencer a Taça de Portugal, com um triunfo sobre o Porto na final, após penalties, tendo sido terceiro no campeonato. Na época passada também chegou aos 16 avos-de-final, fase em que foi eliminado pelo Villarreal.

• A nona presença do Sporting na UEFA Europa League – recorde na competição – começou com a disputa da sua sétima fase de grupos, que culminou com o sexto apuramento para a fase seguinte, em parte graças ao facto de ter somado o máximo de pontos em casa, mais um triunfo por 2-0 na Noruega. Foi derrotado nos dois restantes encontros fora, ante o PSV Eindhoven (2-3) e o LASK (0-3).

• O melhor desempenho dos lisboetas na competição aconteceu em 2011/12, quando chegaram às meias-finais. Apuraram-se em apenas três das últimas sete presenças nos 16 avos-de-final, a última frente ao Astana, em 2017/18 (3-1 f, 3-3 c), e o seu registo fora nesta fase da competição é V1 E3 D3.

• O registo do Sporting fora de casa na fase a eliminar da UEFA Europa League é de V1 E5 D7, tendo a única vitória acontecido no Cazaquistão, há duas temporadas. No entanto, não perdeu fora de Lisboa na competição da época passada e apresenta apenas dois desaires nos últimos sete encontros na condição de visitante na Europa (V3 E2).

• O Sporting qualificou-se em 21 das 31 eliminatórias de provas da UEFA em que ganhou a primeira mão em Lisboa, a última delas contra o Viktoria Plzeň, após prolongamento, nos oitavos-de-final da UEFA Europa League de 2017/18 (2-0 c, 1-2 f). Apenas numa ocasião venceu a primeira mão em Lisboa por 3-1, contra o Feyenoord, na primeira eliminatória da Taça UEFA de 1985/86, tendo seguido em frente apesar da derrota, por 1-2, na segunda mão, em Roterdão.

Alterações no plantel da UEFA Europa League
• İstanbul Başakşehir
Entrada: Gökhan Inler 
Saídas: Mert Çelik, Muzaffer Kahrıman, Onur Güney, Arda Turan 

Sporting
Entradas: Rodrigo Battaglia, Stefan Ristovski, Andraž Šporar (Slovan Bratislava)
Saídas: Bruno Fernandes (Manchester United), Fernando (fim de empréstimo), Luiz Phellype

Ligações e curiosidades 
• Para além de ter marcado na estreia europeia pelo Sporting na primeira mão, Andraž Šporar, contratado em Janeiro, já marcou esta época na UEFA Europa League a outro clube turco, tendo bisado na vitória em casa do Slovan Bratislava, por 4-2, sobre o Beşiktaş. O internacional esloveno é agora um dos melhores marcadores da prova, com seis golos.

• O defesa-central Luís Neto passou a temporada 2017/18 emprestado aos turcos do Fenerbahçe, fazendo 13 jogos na Süper Lig. Foi colega de equipa de Mehmet Topal e Martin Škrtel, actualmente no Istambul Başakşehir.

• Entre 2011 e 2013 o defesa Škrtel foi colega do sportinguista Coates no Liverpool, enquanto Mehmet Topal foi companheiro de equipa de Jérémy Mathieu no Valência em 2011/12.

• Júnior Caiçara, lateral-direito brasileiro do İstanbul Başakşehir, esteve emprestado durante duas temporadas ao Gil Vicente, em 2010/11 e 2011/12, conquistando o título da segunda divisão na primeira e chegando à final da Taça da Liga na segunda. Venceu dois dos três jogos contra o Sporting, perdendo o outro, e foi expulso num encontro da Taça da Liga.

• O defesa Carlos Ponck passou seis temporadas em Portugal, onde representou Quarteirense, Farense, Paços de Ferreira, Benfica B, Chaves e Aves, antes de ingressar no Istambul Başakşehir em 2019. Enfrentou o Sporting oito vezes (V2 E1 D5) e marcou o único golo do Chaves quando os flavienses eliminaram os "leões" nos quartos-de-final da Taça de Portugal de 2016/17.

• Ponck e Jovane Cabral, atacante do Sporting, estrearam-se pela selecção de Cabo Verde numa vitória por 2-0 sobre o Luxemburgo, num particular disputado a 28 de Março de 2017.

• O Sporting está pela oitava vez na fase a eliminar da UEFA Europa League, um recorde que partilha com o Ajax.

• O Sporting tornou-se o quinto clube a registar 100 golos na UEFA Europa League, da fase de grupos até à final, quando Coates abriu o marcador na vitória por 2-0 em casa do Rosenborg, na quarta jornada.

Desempates por grandes penalidades
• O İstanbul Başakşehirspor ainda não disputou qualquer desempate em provas da UEFA.

• O registo do Sporting nas duas ocasiões em que disputou um desempate em provas da UEFA é de V0 D2:
3-5 contra o Dinamo Minsk, segunda eliminatória da Taça UEFA de 1984/85
3-4 contra o Nápoles, primeira eliminatória da Taça UEFA de 1989/90

Os treinadores
• Antigo médio que passou a maior parte da sua carreira no Galatasaray, pelo qual conquistou sete campeonatos turcos, além da Taça UEFA e Supertaça Europeia da UEFA em 2000, Okan Buruk também ajudou a Turquia a ficar em terceiro lugar no Campeonato do Mundo de 2002. O İstanbul Başakşehir tornou-se no seu sétimo clube em outras tantas temporadas como treinador, quando sucedeu a Abdullah Avcı no Verão de 2019. A sua reputação ganhou destaque no ano anterior quando levo o desconhecido Akhisar Belediyespor à vitória na Taça da Turquia, após derrotar na final o Fenerbahçe, por 3-2.

• Filho de um antigo jogador, Emanuel Ferro começou a carreira de treinador aos 24 anos e conta com uma passagem pelos escalões de formação do Benfica. Entre 2014 e 2015 foi treinador-adjunto da Malásia e responsável pelo futebol juvenil do Espérance de Tunis, antes de regressar a Portugal para trabalhar no Sporting como adjunto, nas equipas Sub-14, B e Sub-23. Orientou por breves momentos os Sub-23 em substituição de Leonel Pontes, antes de ser adjunto de Silas na equipa principal.

Topo