O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

O que esperar do play-off da fase a eliminar da UEFA Europa Conference League

O Braga - Fiorentina centra as atenções, a Lázio tem uma tarefa complicada pela frente, ao passo que o AEK Larnaca vai voltar a medir forças com o Dnipro-1.

Pedro, da Lázio, Luka Jović, da Fiorentina e  Vitinha, do Braga
Pedro, da Lázio, Luka Jović, da Fiorentina e Vitinha, do Braga

O Braga defronta a Fiorentina, a Lázio luta pelo orgulho romano e o Dnipro-1 quer dar seguimento à rápida ascensão no "play-off" da fase eliminar da UEFA Europa Conference League.

Neste artigo apresentado pela Enterprise, escolhemos alguns pontos de interesse antes dos jogos de Fevereiro.

Jogos do play-off da fase a eliminar: 16 e 23 de Fevereiro

Qarabağ - Gent 
Trabzonspor - Basileia 
Lázio - Cluj
Bodø/Glimt - Lech 
Braga - Fiorentina
AEK Larnaca - Dnipro-1
Sheriff - Partizan
Ludogorets - Anderlecht

Quem está apurado para os oitavos-de-final?

AZ Alkmaar (NED)
Djurgården (SWE)
İstanbul Başakşehir (TUR)
Nice (FRA)
Sivasspor (TUR)
Slovan Bratislava (SVK)
Villarreal (ESP)
West Ham (ENG)

O que esperar

Braga defronta a Fiorentina

Resumo: RFS 0-3 Fiorentina

Dois dos melhores marcadores das respectivas equipas vão medir forças nesta eliminatória. Vitinha marcou quatro golos pelo Braga na fase de grupos da Europa League, com a sua equipa a terminar em terceiro lugar no grupo, apesar de ter somado dez pontos. Luka Jović marcou o mesmo número para a formação Viola, tendo-lhe sido negado o primeiro lugar no Grupo A, apesar de terminar empatado em pontos com o İstanbul Başakşehir.

Braga e Fiorentina têm um currículo significativo. Os Arsenalistas perderam a final frente aos compatriotas do Porto na final da Europa League de 2011, em Dublin, enquanto a Fiorentina foi vencedora da Taça dos Vencedores das Taças em 1961 (e semifinalista da Europa League em 2014/15). A Europa Conference League não aspira a ser uma competição para confrontos titânicos, mas o Braga - Fiorentina promete ser um embate a ter em conta.

Lázio quer manter troféu em Roma

Resumo: CFR Cluj 2-1 Lázio

A Lázio pode estar ligeiramente desapontada depois de perder a oportunidade de disputar a fase a eliminar da Europa League, após terminar em terceiro lugar na fase de grupos, na qual as quatro equipas conquistaram oito pontos. No entanto, cair para a Conference League significa que pode tentar manter o troféu na Cidade Eterna por mais um ano, já que a Roma venceu a edição inaugural no ano passado.

O CFR Cluj, adversário no "play-off", defrontou a Lázio na fase de grupos da Europa League 2019/20 (sob o comando do actual treinador Dan Petrescu, que jogou em Itália, ao serviço do Foggia e da Génova), vencendo por 2-1 em casa, mas sendo derrotada por 1-0 em Itália. Mais um duelo ao qual não faltarão emoções fortes.

Dnipro-1 e AEK voltam a medir forças

Veja o golaço de Dovbyk pelo Dnipro-1

Na sua primeira campanha nas competições de clubes da UEFA, o Dnipro disputou apenas oito jogos. Os líderes da Premier League ucraniana perderam por 5-1, no total, frente ao AEK Larnaca, no "play-off" da Europa League esta temporada e vão medir forças com o emblema cipriota novamente depois de o AEK ter transitado para a Europa Conference League.

Antes dos seus primeiros encontros já esta época, o treinador do Dnipro-1, o ex-médio do Shakhtar, Oleksandr Kucher, disse: "O AEK é uma equipa extremamente experiente. Tem muitos internacionais e tem um treinador espanhol experiente [José Luís Oltra]." Além disso, conta com o melhor marcador da competição, Anton Dovbyk, com cinco golos, tendo somado dez pontos nos seus jogos da fase de grupos, incluindo vitórias em casa e fora contra outro conjunto cipriota, o Apollon.

Onde vai ser a final da UEFA Europa Conference de 2023?

A Eden Arena, em Praga, na Chéquia, foi a escolhida para receber a final desta edição da Europa Conference League, marcada para 7 de Junho de 2023.

A SuperTaça Europeia da UEFA de 2013 teve lugar na Eden Arena, com o Bayern a derrotar o Chelsea por 5-4 nos penalties, após um empate a dois golos ao cabo de 120 minutos. O mesmo aconteceu noutro jogo decisivo, no caso a final do EURO Sub-21 de 2015, em que o nulo entre Suécia e Portugal só foi desfeito nos penalties, com a selecção nórdica a bater a homóloga lusa por 4-3.