O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Feyenoord 3-2 Marselha: Dessers faz a diferença para os anfitriões

Cyriel Dessers marcou o primeiro e o último golo do Feyenoord na vitória em casa sobre o Marselha na primeira mão das meias-finais.

See how Marseille fought back from 2-0 down to equalise, only for Cyriel Dessers to put Feyenoord in the driving seat again ahead of the second leg.
Resumo: Feyenoord 3-2 Marselha

Cyriel Dessers chegou aos dez golos na UEFA Europa Conference League esta temporada ao aproveitar erro defensivo contrário para, poucos segundos após o início da segunda parte, dar à sua equipa uma vantagem escassa, mas preciosa, para levar para a França..

Momentos-chave

18' Dessers bate Mandanda pela primeira vez
20' Sinisterra amplia vantagem do Feyenoord
28' Dieng recoloca Marselha no jogo com excelente golo
40' Gerson aproveita bola perdida para empatar
46' Dessers faz 3-2 a abrir a segunda parte
76' Mandanda nega "hat-trick" a Dessers

O jogo em poucas palavras: Dessers deixa equipa de Roterdão em vantagem

Cyriel Dessers celebra após marcar o terceiro golo da sua equipa
Cyriel Dessers celebra após marcar o terceiro golo da sua equipaGetty Images

Dessers dispôs de uma boa oportunidade a abrir e, do outro lado, Bamba Dieng também esteve perto de marcar antes de adiantar o Feyenoord com um remate a meia altura que bateu Steve Mandanda após um passe de Luis Sinisterra. O colombiano aumentou para 2-0 passados apenas três minutos, embora o seu remate tenha ainda desviado em Valentin Rongier.

Mas a resposta do Marselha não se fez esperar, com Dieng a emendar o desperdício anterior antes de Gerson levar a partida para o intervalo empatada a dois golos. A segunda parte não foi tão vistosa com a primeira, mas ainda assim começou logo com novo golo e novamente por Dessers.

Mandanda negou o “hat-trick” ao avançado do Feyenoord e depois na recarga não conseguiu fazer a emenda. William Saliba e Dieng tiveram ainda lances para empatar, mas o resultado não se alterou e, tendo em conta o que se passou em Roterdão, espera-se um grande jogo na segunda mão das meias-finais.

Como foi: Feyenoord 3-2 Marselha

Reacções

Arne Slot, treinador do Feyenoord: “Quando se sofre dois golos há sempre algo a corrigir, mas também é preciso reconhecer a qualidade dos jogadores do Marselha. Tivemos um pouco de infelicidade por estar 2-2 aos fim dos primeiros 45 minutos, porque criámos muitas oportunidades hoje.”

Jorge Sampaoli, treinador do Marselha: "Neste tipo de competição não se pode cometer erros como os que cometemos hoje. Não conseguimos jogar e a frustração que isso gerou levou-nos a cometer erros. É algo para aprender para o futuro e para a segunda mão."

Principais estatísticas

  • O guarda-redes do Marselha, Steve Mandanda, fez o seu 100º jogo nas provas de clubes da UEFA; Arkadiusz Milik chegou aos 50.
  • Dessers liderara a lista de melhores marcadores da prova depois de chegar aos dez golos, mais dois do que o rival mais próximo, Tammy Abraham
  • O Feyenoord somou oito vitórias e um empate nos seus nove jogos europeus em casa nesta temporada; perdeu apenas dois dos últimos 16 em todas as competições (V12 E2 D2)
  • O Feyenoord está invicto há 11 jogos na UEFA Conference League (da fase de grupos até à final)
  • Os homens de Arne Slot marcaram dois ou mais golos em cada um dos seus últimos dez jogos da UEFA Conference League e três ou mais nos últimos cinco.

Ficha de jogo

Feyenoord: Marciano; Geertruida, Trauner, Senesi, Malacia; Til (Pedersen 89), Aursnes, Orkun Kökçü (Hendriks 82); Nelson (Linssen 65), Dessers (Jahanbakhsh 82), Sinisterra

Marselha: Mandanda; Rongier, Saliba (Lirola 85), Ćaleta-Car (Harit 69), Perea; Guendouzi, Kamara, Gerson; Bakambu (Gueye 46), Payet, Dieng (Milik 85)

Onde é a final da Europa Conference League?

A Arena Nacional (Arena Kombëtare), em Tirana, vai receber a final na quarta-feira, dia 25 de Maio.

O vencedor garante um lugar na fase de grupos da UEFA Europa League de 2022/23, caso não se tenha apurado através do campeonato nacional.