O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Resumo da 2ª mão dos oitavos-de-final da Europa Conference League: Bodø/Glimt junta-se a Feyenoord, Leicester, Marselha, PSV e Roma nos "quartos"

A extraordinária aventura do campeão norueguês na UEFA Europa Conference League continuou com uma vitória no prolongamento, juntando-se a alguns nomes grandes no sorteio dos quartos-de-final.

Alfons Sampsted festeja o golo importante do Bodø/Glimt  no prolongamento no terreno do AZ Alkmaar
Alfons Sampsted festeja o golo importante do Bodø/Glimt no prolongamento no terreno do AZ Alkmaar Getty Images

A Roma apanhou um susto em casa contra o Vitesse e o Leicester sofreu ante o Rennes para se juntar a Feyenoord, PSV Eindhoven, Marselha e ao surpreendente Bodø/Glimt nos quartos-de-final da UEFA Europa Conference League.

Prognósticos: Como correram os seus palpites?

Alinhamento dos quartos-de-final

Bodø/Glimt (NOR)
Feyenoord (NED)
Leicester City (ENG)
Marselha (FRA)
PAOK (GRE)
PSV Eindhoven (NED)
Roma (ITA)
Slavia Praha (CZE)

Roma 1-1 Vitesse (total: 2-1)

Resumo: Roma 1-1 Vitesse
Resumo: Roma 1-1 Vitesse

O melhor marcador da competição, Tammy Abraham, elevou para sete o seu registo na UEFA Europa Conference League, nesta temporada, com um cabeceamento aos 91 minutos, que colocou a Roma nos quartos-de-final e eliminou o Vitesse. A equipa holandesa teve mais bola e adiantou-se no marcador no minuto 62 minutos um excelente remate de longe de Maximilian Wittek, mas foi eliminada nos descontos.

Basileia 1-2 Marselha (total: 2-4)

Resumo: Basileia 1-2 Marselha
Resumo: Basileia 1-2 Marselha

Golos de Valentin Rongier e Cengiz Ünder já na segunda parte selaram o apuramento do Marselha para os quartos-de-final, frente a um muito combativo Basileia, que antes tinha ganho vantagem no jogo graças a um cabeceamento certeiro de Dan Ndoye, igualando então a eliminatória. Ainda na primeira parte, Heinz Lindner defendeu uma grande penalidade cobrada por Amine Harit, mantendo por mais algum tempo o Basileia em vantagem no jogo.

Rennes 2-1 Leicester (total: 2-3)

Resumo: Rennes 2-1 Leicester
Resumo: Rennes 2-1 Leicester

Os "foxes" conseguiram resistir o suficiente para seguirem em frente em França, com um golo de cabeça de Wesley Fofana a evitar o prolongamento no Roazhon Park. Depois da derrota por 2-0 em Inglaterra na primeira mão, o Rennes entrou com tudo neste segundo jogo e marcou logo aos oito minutos, por Benjamin Bourigeaud. Mas Fofana fez, depois, o seu golo, no arranque da segunda parte, e de nada valeu aos anfitriões um golo de Flavien Tait, que saltou do banco para recolocar o Rennes na frente do marcador, insuficiente, contudo, para virar a eliminatória.

AZ Alkmaar 2-2ap Bodø/Glimt (total: 3-4) 

Resumo: AZ Alkmaar 2-2 Bodø/Glimt
Resumo: AZ Alkmaar 2-2 Bodø/Glimt

Depois de marcar o golo da vitória nos descontos na primeira mão, o Bodø/Glimt marcou no final da segunda mão novamente, com o tento de Alfons Sampsted, no prolongamento a apurar os noruegueses para os quartos-de-final. Os anfitriões dominaram por longos períodos, e Vangelis Pavlidis bisou no primeiro tempo, com Amahl Pellegrino a marcar para os visitantes. O AZ poderia ter vencido a eliminatória no minuto 90, mas Sampsted vestiu o papel de herói, rematando ao poste mais perto.

O que se segue?

Os vencedores ganham um lugar no sorteio dos quartos-de-final, a 18 de Março. Haverá também sorteios para as meias-finais e, para efeitos administrativos, da final, que terá lugar na Arena Nacional de Tirana a 25 de Maio.

Copenhaga 0-4 PSV Eindhoven (total: 4-8)

Resumo: Copenhaga 0-4 PSV
Resumo: Copenhaga 0-4 PSV

Mario Götze marcou um golo e fez a assistência para mais dois, assinados por Eran Zahavi, com a formação holandesa a não dar hipóteses na Dinamarca. O médio alemão começou por assistir Zahavi para o primeiro golo do jogo logo aos dez minutos, depois ampliou ele mesmo a vantagem ainda antes do intervalo. Götze fechou a sua excelente exibição com nova assistência para Zahavi, já perto do fim, e em cima do apito final Noni Madueke fechou a contagem.

LASK 4-3 Slavia Praga (total: 5-7) 

Resumo: LASK 4-3 Slavia Praga
Resumo: LASK 4-3 Slavia Praga

Golos tardios de Andreas Gruber e Alexander Schmidt deram ao LASK uma vitória na partida ante um Slavia com nove jogadores, que estou a estar a ganhar por 3-1, com Yira Sor, Peter Olayinka e Alexander Bah a marcarem no primeiro tempo. Philipp Wiesinger empatou para os anfitriões e voltou a marcar de longe, na segunda parte, que começou com o Slavia já sem o expulso Aiham Ousou. Um vermelho direto para Srdjan Plavšić foi forte demais para os visitantes que cederam mas seguiram em frente.

Feyenoord 3-1 Partizan (total 8-3)

Resumo: Feyenoord 3-1 Partizan
Resumo: Feyenoord 3-1 Partizan

Os anfitriões mandaram no jogo e controlaram o ritmo, com Cyriel Dessers a desviar um livre de Jens Toornstra para bater Nemanja Stevanović nos descontos da primeira parte, com Reiss Nelson a marcar aos 15 minutos para aumentar ainda mais a vantagem de 5-2 do Feyenoord da primeira mão. A finalização por instinto de Ricardo recompensou uma reacção perto do fim do Partizan, mas o apuramento do Feyenoord estava garantido há muito tempo, e Bryan Linssen terminou com brilho com uma finalização de classe de um ângulo apertado.

Gent 1-2 PAOK (total: 1-3)

Resumo: Gent 1-2 PAOK
Resumo: Gent 1-2 PAOK

A equipa grega onde joga Vieirinha chegou aos quartos-de-final na Europa pela primeira vez desde 1974, com José Ángel Crespo a aumentar a vantagem na primeira mão aos 20 minutos, mas os da casa reagiram numa segunda parte emocionante com um cabeceamento de Laurent Depoitre. O Gent pressionou, mas tudo terminaria com um grande golo a 13 minutos do fim, com Douglas Augusto a desviar após livre de Vieirinha.

Fim da regra dos golos fora

A regra mudou em 2021/22: as eliminatórias igualadas após a segunda mão seguem para prolongamento e para desempate por grandes penalidades, se necessário, independentemente do número de golos marcados fora de casa.