O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Segunda mão do "play-off" da fase a eliminar da Europa Conference League: Antevisão jogo a jogo

Resumimos todos os jogos da segunda mão do "play-off" da Europa Conference League desta semana.

O capitão do Celtic, Callum McGregor, lidera o pelotão durante um treino
O capitão do Celtic, Callum McGregor, lidera o pelotão durante um treino SNS Group via Getty Images

Leicester e Marselha estão boa posição para serem apurados na quinta-feira, mas Celtic, Fenerbahçe e PSV Eindhoven têm ainda bastante para fazer se quiserem passar o "play-off" da fase a eliminar da UEFA Europa Conference League.

Jogue o Prognósticos da Europa Conference League

Regra dos golos fora abolida

Houve uma mudança de regras para 2021/22: as eliminatórias empatadas após a segunda mão vão para prolongamento e, se necessário, são decididas num desempate por penáltis, independentemente do número de golos marcados fora pelas equipas.


Randers - Leicester City (tot: 1-4)

Resumo: Leicester 4-1 Randers
Resumo: Leicester 4-1 Randers

A equipa dinamarquesa conseguiu bater o pé ao Leicester até pouco antes do intervalo do jogo da primeira mão, em Inglaterra, mas os homens de Brendan Rodgers fizeram valer a sua superioridade depois do intervalo. Parece ser uma tarefa difícil a do Randers, mas há ainda algo mais em jogo do que apenas o orgulho.

"Vamos tentar ganhar o jogo e esperar por um resultado mágico", disse o treinador Thomas Thomasberg. O capitão Vito Hammershøj-Mistrati acrescentou: "Antes [da primeira mão], falámos de não termos nada a perder; agora no próximo jogo podemos dizer que não temos absolutamente nada a perder. O estádio já está esgotado, por isso será uma óptima experiência, e espero que possamos fazer um milagre."

Bodø/Glimt - Celtic (tot: 3-1)

Resumo: Celtic 1-3 Bodø/Glimt
Resumo: Celtic 1-3 Bodø/Glimt

Será que uma das histórias mais fantásticas desta época nas competições de clubes da UEFA vai continuar no Círculo Polar Ártico? Há fortes probabilidades disso, após a excelente vitória do Bodø/Glimt sobre o bem mais cotado Celtic, por 3-1, em Glasgow. O conjunto da Noruega até pode estar ainda na sua pré-temporada a nível interno, mas mostrou-se muito forte na primeira mão e agora irá jogar perante o seu público, local onde a Roma sucumbiu por 6-1 na fase de grupos.

As perspectivas são animadoras para o Bodø/Glimt: perdeu apenas uma vez em 13 jogos europeus nesta campanha, a qual começou na segunda pré-eliminatória, e é um dos dois únicos estreantes na fase de grupos das competições da UEFA a chegar à fase a eliminar

Slavia Praga - Fenerbahçe (tot: 3-2)

Resumo: Fenerbahçe 2-3 Slavia Praga
Resumo: Fenerbahçe 2-3 Slavia Praga

O Slavia procura segurar a vantagem mínima conseguida na primeira mão, após uma boa vitória em Istambul ajudada pelo excelente golo de Oscar Dorley. O Fenerbahçe, que não costuma perder jogos em casa nas fase a eliminar das competições da UEFA, pode ter ganho alento com o remate tardio de Ferdi Kadıoğlu que reduziu a desvantagem.

Confiança é coisa que não falta no Fenerbahçe. "Vamos a Praga para vencer", disse o treinador İsmail Kartal ao UEFA.com. "Isto ainda não acabou. Acreditamos que nos vamos qualificar."

Qarabağ - Marselha (tot: 1-3)

Resumo: Marselha 3-1 Qarabağ
Resumo: Marselha 3-1 Qarabağ

O Qarabağ encontrou pela frente Arkadiusz Milik numa forma goleadora irresistível, mas o resultado da primeira foi algo enganador, pois forçou Steve Mandanda a fazer duas boas defesas antes de Kady reduzir a diferença para um golo perto do fim. No entanto, ainda houve tempo para o suplente Dimitri Payet restabelecer a vantagem de dois golos da equipa de Jorge Sampaoli, nos descontos, pelo que formação do Azerbaijão provou que, agora em casa, pode causar mais dores de cabeça ao Marselha.

O que se segue?

Os vencedores dos embates garantem um lugar no sorteio dos oitavos-de-final, na sexta-feira, no qual não serão cabeças-de-série.

As equipas cabeças-de-série são AZ Alkmaar, Basileia, Copenhaga, Feyenoord, Gent, LASK, Rennes e Roma.


Maccabi Telavive - PSV Eindhoven (tot: 0-1)

Resumo: PSV 1-0 M. Telavive
Resumo: PSV 1-0 M. Telavive

As oportunidades desperdiçadas já custaram caro ao PSV esta época na Europa. A equipa dos Países Baixos criou ocasiões de golo suficientes para bater o Benfica no "play-off" da Champions League, mas acabou por ser eliminada. A passagem pela Europa League também não correu de feição e, depois de não ter conseguido materializar em golos o seu domínio na primeira contra o Maccabi Telavive, existem muitas dúvidas sobre a sua continuidade em prova.

Contudo, Cody Gakpo parece não padecer do mesmos problemas e marcou pelo terceiro jogo seguido na partida de Eindhoven. Apesar de tudo, o PSV é mais do que favorito para seguir em frente.

Partizan - Sparta Praga (tot: 1-0)

Resumo: Sparta Praga 0-1 Partizan
Resumo: Sparta Praga 0-1 Partizan

Um golo apontado perto do fim jogo da primeira mão deu ao Partizan uma ligeira vantagem, mas poderia ter sido ainda melhor, uma vez que o guarda-redes do Sparta, Dominik Holec, negou o golo a Miloš Jojić poucos minutos depois. Ainda assim, os sérvios podem sentir algum conforto quando recebem os checos, uma vez que estes não ganham fora há seis jogos europeus fora (1E 5D) e também não marcaram qualquer golo nas derradeiras três viagens que fizeram.

PAOK - Midtjylland (tot: 0-1)

Resumo: Midtjylland 1-0 PAOK
Resumo: Midtjylland 1-0 PAOK

O Midtjylland leva uma pequena vantagem de um golo para o jogo decisivo na Grécia, graças ao pontapé certeiro madrugador de Joel Andersson em Herning – a primeira partida oficial do clube desde o início das férias de Inverno da Dinamarca, a 12 de Dezembro. O PAOK lutou para tentar abanar as redes da baliza do Midtjylland durante a primeira mão, mas não conseguiu e agora pode escudar-se no facto de não perder em Salónica há dez encontros, desde Novembro

O Midtjylland não sofreu golos nos dois últimos jogos fora na UEFA (1V 1E), mas antes disso encaixou três em cada uma das duas últimas partidas longe da Dinamarca.

Vitesse - Rapid Viena (tot: 1-2)

Resumo: Rapid Viena 2-1 Vitesse
Resumo: Rapid Viena 2-1 Vitesse

O Vitesse desperdiçou uma oportunidade e sofreu um golo no minuto inicial da primeira mão frente ao Rapid Viena, mas o treinador Thomas Letsch sentiu que a quinta derrota consecutiva em todas as competições foi demasiado dura para a sua equipa. A sua frustração foi agravada por um cartão amarelo visto pelo goleador Loïs Openda e que o fará perder o jogo em Arnhem. "Foi uma situação muito estúpida da parte dele", desabafou. "Ele é muito importante para nós."

O Rapid ficou ligado ao número 16 na partida em Viena: chegou a 2-0 16 minutos após o início e sofreu um revés aos 74 quando Loïs Openda deixou a eliminatória ainda mais aberta para o Gelredome, onde o Vitesse não perde há cinco jogos europeus e bateu o favorito Tottenham, por 1-0, na recente fase de grupos.

Descarregue a Europa app!