O "site" oficial do futebol europeu

Rússia

Rússia
O capitão da União Soviética Igor Netto com a Taça Henri Delaunay Cup, em 1960 ©UEFA.com

Rússia

Melhor resultado: Vencedora (1960, como União Soviética)
Seleccionador:
Fabio Capello
Melhor marcador:
de sempre – Oleh Blokhin (42 pela União Soviética); actual – Aleksandr Kerzhakov (24)
Mais jogos:
de sempre – Viktor Onopko (113 incluindo 4 pela Comunidade de Estados Independentes); actual – Sergei Ignashevich (93)
Fundação da Federação:
1912
Alcunha: Nenhuma

Desde o desmembramento da União Soviética, vencedora do primeiro Campeonato da Europa em 1960 e finalista em 1964, 1972 e 1988, a Rússia tem sido presença habitual no encontro entre as melhores selecções europeias, mas só por uma vez conseguiu ultrapassar a fase de grupos. A proeza foi conseguida em 2008, quando a excelente equipa do holandês Guus Hiddink atingiu as meias-finais. Na era pós-soviética, os russos qualificaram-se para os Campeonatos do Mundo de 1994 e de 2002, garantindo também presença no Brasil em 2014.

Registo no EURO
Jogos disputados
Total: J
140 V 79 E 33 D 28 GM 250 GS 120
Fase final: J
30 V 12 E 6 D 12 GM 36 GS 39
Qualificação: J
110 V 67 E 27 D 16 GM 214 GS 81

Como parte da União Soviética, a Rússia ajudou na vitória na edição inaugural da prova, em 1960. Uma equipa que tinha o guarda-redes do FC Dinamo Moskva, Lev Yashin, e Igor Netto, do FC Spartak Moskva, derrotou a Jugoslávia por 2-1 na final, com o avançado Viktor Ponedelnik a marcar o golo da vitória no prolongamento. A URSS seria batida pela Espanha na final de 1964 e, depois, em 1972, pela República Federal da Alemanha, sendo, de novo, batida na partida decisiva em 1988 - numa selecção com um forte contingente ucraniano -, pela Holanda, por 2-0.

Desde que começou a jogar sob a bandeira da CEI, em 1992, a Rússia não mais repetiu as glórias do passado. Somou um triunfo em nove partidas disputadas nas fases finais de 1992, 1996 e 2004, falhando o apuramento em 2000, com o seu regresso aos grandes palcos, na Áustria e Suíça, a ser o seu melhor desempenho, onde chegaria às meias-finais. O UEFA EURO 2012 terminaria na fase de grupos, apesar no triunfo por 4-1 na estreia, frente à República Checa, e do empate a um com a co-anfitriã Polónia. A precisar de apenas mais um empate, perdeu por 1-0 com a Grécia.

Jogos memoráveis no EURO
21/06/2008: Holanda 1-3 Rússia (ap), quartos-de-final do UEFA EURO 2008
Andrey Arshavin inspirou os comandados de Guus Hiddink para uma surpreendente vitória sobre a poderosa Holanda.

25/06/1988: URSS 0-2 Holanda, final do Campeonato da Europa de 1988
O golo fabuloso de Marco van Basten e uma grande penalidade desperdiçada por Igor Belanov marcaram a partida.

10/07/1960: URSS 2-1 Jugoslávia (a.p.), final do Campeonato da Europa de 1960
O tento de Ponedelnik no minuto 113 na partida de Paris valeu o primeiro título do EURO.

Sabia que?
No início de 2014, Vladimir Beschastnykh era o melhor marcador da Rússia desde o desmembramento da União Soviética, com mais dois golos marcados que Aleksandr Kerzhakov.

*Última actualização a 07/01/2014

Última actualização: 29-01-14 15.20CET

http://pt.uefa.com/teamsandplayers/teams/teama/team=57451/profile/index.html#russia

Registo nas competições da UEFA

  • Vitória mais dilatada:
    08-09-2015, Liechtenstein 0-7 Rússia, Vaduz
    07-06-1995, San Marino 0-7 Rússia, Serravalle
  • Derrota mais pesada:
    10-06-2008, Espanha 4-1 Rússia, Innsbruck
  • Presenças Campeonato da Europa: 15
  • Mais presenças: 47
    Sergei Ignashevich (RUS)
  • Melhores marcadores: 10
    Roman Pavlyuchenko (RUS)