O "site" oficial do futebol europeu

Ucrânia

Ucrânia
Andriy Shevchenko festeja a vitória da Ucrânia sobre a Suécia no UEFA EURO 2012 ©Getty Images

Ucrânia

Melhor desempenho no EURO: Fase de grupos (2012)
Seleccionador: Mikhail Fomenko
Melhor marcador: de sempre – Andriy Shevchenko (48); actualmente – Andriy Yarmolenko (14)
Mais jogos: de sempre – Anatoliy Tymoshchuk (131); actualmente – Anatoliy Tymoshchuk (131)
Fundação da federação: 1992 
Alcunha: Synyo-Zhovti (Azuis-e-amarelos)
Onde joga: NSK Olimpiyskyi, Kiev

A Ucrânia forneceu vários jogadores às selecções da União Soviética que disputaram fases finais de Campeonatos do Mundo e da Europa, em especial no final dos anos 80, quando o lendário Valeriy Lobanovskiy estava no comando da selecção. Desde a independência o país tem sido um forte adversário nas caminhadas rumo às grandes competições, mas apenas por uma vez se apurou para uma fase final, quando Oleh Blokhin no banco e Andriy Shevchenko no campo lideraram o país numa caminhada que terminou nos quartos-de-final do Campeonato do Mundo de 2006. A presença num EURO ocorreria quando co-organizou a fase final da prova, em 2012, onde, apesar de ter ganho à Suécia no jogo de abertura, foi derrotada pela França e Inglaterra, resultados que ditaram a sua eliminação na fase de grupos.

Registo no EURO
Jogos disputados
Total: J45 V17 E13 D15 GM58 GS52
Fase final: J3 V1 E0 D2 GM2 GS4
Qualificação: J42 V16 E13 D13 GM56 GS48

A Ucrânia foi um dos principais fornecedores de jogadores para a selecção da União Soviética que venceu a edição inaugural do Campeonato da Europa em 1960 e que terminou no segundo posto em mais três ocasiões, depois de derrota pela Espanha (1964), República Federal da Alemanha (1972) e Holanda (1988). A Ucrânia nunca se apurou como nação independente, mas esteve a 12 minutos de estar no UEFA EURO 2000. Perdido o lugar automático depois de um empate no último jogo na Rússia, esteve apurada graças aos golos fora no "play-off" até à altura em que Miran Pavlin marcou para a Eslovénia, que se qualificaria com um total de 3-2.

Foi apenas em 2012 que se viria a estrear, estando presente como co-anfitriã, tal como a Polónia. Os comandados de Oleh Blokhin tiveram um grande começo de fase final, com Andriy Shevchenko a mostrar que quem sabe não esquece e a fazer explodir de alegria o Estádio Olímpico com dois portentosos cabeceamentos, que proporcionaram à Ucrânia a reviravolta no marcador e a vitória sobre a Suécia, por 2-1. Foi o melhor que os co-anfitriões fizeram, pois perderiam a seguir ante a França por 2-0, antes de terminarem a sua participação com uma derrota por 1-0 frente à Inglaterra, numa altura em que só a vitória interessava.

Jogos memoráveis no EURO
27/03/1999: França 0-0 Ucrânia, qualificação para o UEFA EURO 2000
A Ucrânia logrou um nulo ante os campeões do Mundo e futuros vencedores do EURO.

09/10/1999: Rússia 1-1 Ucrânia, qualificação para o UEFA EURO 2000
Um inteligente livre directo de Shevchenko deu à Ucrânia um ponto fora ante um dos seus maiores rivais.

11/06/2012: Ucrânia 2-1 Suécia, fase de grupos do UEFA EURO 2012
Os dois últimos golos da carreira de Shevchenko proporcionaram um começo de sonho ao co-anfitrião.

Sabia que?
Eram 12 os jogadores ucranianos no lote dos 20 escolhidos por Valeriy Lobanovskiy para a selecção da União Soviética, assente na equipa que treinava, o FC Dynamo Kyiv, e que acabaria derrotada na final da edição de 1988, pela Holanda.

*Última actualização: 07/01/2014

Última actualização: 21-01-14 11.14CET

http://pt.uefa.com/teamsandplayers/teams/teama/team=57166/profile/index.html#ucrania

Registo nas competições da UEFA

  • Vitória mais dilatada:
    17-10-2007, Ucrânia 5-0 Ilhas Faroé, Kyiv
  • Derrota mais pesada:
    25-03-1995, Croácia 4-0 Ucrânia, Zagreb
  • Presenças Campeonato da Europa: 6
  • Mais presenças: 29
    Andriy Shevchenko (UKR)
  • Melhores marcadores: 12
    Andriy Shevchenko (UKR)