O "site" oficial do futebol europeu

Chelsea FC

Chelsea FC
Chelsea FC 2006 ©Getty Images

Chelsea FC

Fundação: 1905
Alcunha: "blues"

Palmarés nas competições europeias (segundo classificado entre parênteses)
• Taça dos Clubes Campeões Europeus: 2012, (2008)
• Taça das Taças: 1971, 1998
• SuperTaça Europeia: 1998

Palmarés nacional (triunfos mais recentes entre parênteses)
• Campeonato: 4 (2010)
• Taça de Inglaterra: 7 (2012)
• Taça da Liga: 4 (2007)

História
• O Chelsea é a única equipa inglesa que foi admitida no campeonato inglês sem ter disputado um único jogo após a sua fundação. Apesar desse começo favorável, foi só nos anos 50, sob o comando de Ted Drake, ex-Arsenal FC, que o clube do oeste de Londres começou a conquistar troféus. Nos festejos do seu cinquentenário, os recém-apelidados "blues" – sempre utilizaram a cor, apesar de terem adoptado uma tonalidade mais clara até 1912 – conquistaram o campeonato em 1954/55, com uma das pontuações finais mais baixas da história do futebol inglês.

• O clube sofreu uma transformação nos anos 60, à medida que Londres se transformou na capital mundial da música e da moda. Ficou conhecido como o clube de classe do país, enquanto no terreno de jogo a jovem equipa de Tommy Docherty conquistou a Taça da Liga, em 1964/65, e foi finalista derrotada da Taça de Inglaterra, dois anos depois.

• Dave Sexton, substituto de Docherty, foi o arquitecto de sucessos futuros, derrotando o Leeds United AFC na final da Taça de Inglaterra, em 1970, e conquistando a Taça das Taças frente ao Real Madrid CF, numa final repetida, na época seguinte.

• Antecipando dias de glória, o clube investiu fortemente na remodelação de Stamford Bridge, mas foi despromovido à segunda divisão. À beira da falência, a família Mears, proprietária do clube há longos anos, decidiu vendê-lo – e as suas enormes dívidas – a Ken Bates, por 1 libra, em 1982. O novo presidente acabou por restaurar algum do brilho perdido, escolhendo Ruud Gullit e Gianluca Vialli como treinadores, com o último deles a liderar a equipa à conquista da Taça das Taças, em 1997/98.

• No entanto, regressaram os problemas financeiros, e em 2003 Bates vendeu o clube ao bilionário russo Roman Abramovich. José Mourinho substituiu Claudio Ranieri no final desse ano e a equipa voltou a vencer o campeonato, 50 anos depois, na época de estreia do português.

• Revalidou o título na temporada seguinte, e apenas uma escorregadela de John Terry, no desempate por grandes penalidades frente ao Manchester United FC, impediu o seu sucessor, Avram Grant, de conquistar a UEFA Champions League em 2007/08. Carlo Ancelotti teve uma estreia de sonho em 2009/10, vencendo o campeonato e a Taça de Inglaterra, mas Abramovich decidiu substituir o italiano por André Villas-Boas, que havia conquistado a tripla pelo FC Porto, tendo em vista a temporada 2011/12.

• Villas-Boas não terminou a primeira temporada, devido aos maus resultados, mas Roberto di Matteo guiou os "blues" à sua sétima conquista na Taça de Inglaterra e à glória na UEFA Champions League, numa final em que o Chelsea bateu o FC Bayern München na sua própria casa, nos penalties, após um empate 1-1.

Registos do clube
Mais jogos: Ron Harris (795)
Mais golos: Bobby Tambling (202)
Vitória mais folgada: 13-0 v FC Jeunesse Hautcharage (Taça das Taças, 29 de Setembro de 1971)
Derrota mais pesada: 8-1 v Wolverhampton Wanderers FC (Campeonato, 26 de Setembro de 1953)

* Actualizado a 22 de Agosto de 2012

 
Última actualização: 21-08-12 13.59CET

http://pt.uefa.com/teamsandplayers/teams/club=52914/profile/index.html#chelsea+fc

Registo nas competições da UEFA