O "site" oficial do futebol europeu

Valencia CF

Valencia CF
David Albelda ergue a SuperTaça Europeia de 2004 depois da vitória sobre o FC Porto, no Mónaco ©Getty Images

Valencia CF

Fundação: 1919
Alcunha: Blanquinegros (brancos-e-negros)

Palmarés nas provas de clubes da UEFA (finalista entre parênteses)
• Taça dos Clubes Campeões Europeus: (2000), (2001)
• Taça das Taças: 1980
• Taça UEFA: 2004
• SuperTaça Europeia: 1980, 2004

Palmarés interno (triunfo mais recente entre parênteses)
• Liga: 6 (2004)
• Taça de Espanha: 7 (2008)

História
• A 5 de Março de 1919, um grupo de jogadores reuniu-se num bar da Calle Barcelona com o objectivo de criar uma equipa de futebol para substituir o defunto Club Valencia. Nasceu então o Valencia CF, cuja casa inicial era um campo em Algiros.

• O sucesso a nível regional levou à admissão na Taça de Espanha, em 1923, ano em que o Valência se mudou para o Mestalla e, no final da década de 1920 os "blanquinegros" ascenderam à segunda divisão espanhola. Em 1931, já fazia parte da Liga e, apesar de o Real Madrid CF se ter revelado muito forte na final da Taça de Espanha, em 1934, o Valência não teve de esperar muito tempo pela sua vez.

• Sob o comando do carismático presidente Luis Casanova, a década de 1940 revelou-se uma era dourada para o Valência. Liderados por Epifanio "Epi" Fernández e Edmundo Suárez, regressaram ao Mestalla – reconstruído depois dos danos causados pela Guerra Civil Espanhola – com três títulos da Liga (1942, 1944, 1947) e duas Taças de Espanha (1941, 1949).

• O êxito acabou por se esvair, mas a entrada de Alfredo Di Stéfano em 1970 alterou isso, ao guiar os "blanquinegros" à conquista da Liga na última jornada da sua época de estreia. A chegada de outro argentino, Mario Kempes, no final da década, trouxe mais sucesso, pois "El Matador" apontou o tento da vitória na final da Taça de Espanha, em 1979. Um ano depois, Kempes falhou um penalty na final da Taça das Taças, apesar de o Valência ter vencido o Arsenal FC. No entanto, em 1986, falhou a primeira época no escalão principal em 56 anos de história.

• Depois da vitória na final da Taça de Espanha, em 1999, o novo milénio trouxe mais êxitos. Rafael Benítez guiou a equipa a dois títulos da Liga (2002 e 2004) e, depois de ter perdido duas finais consecutivas da UEFA Champions League (2000, frente a Real Madrid CF, e 2001, diante do FC Bayern München), um triunfo por 2-0 sobre o Olympique de Marseille assegurou a conquista da Taça UEFA em 2004. Quatro anos volvidos, em 2008, o Valência somou a sua sétima Taça de Espanha.

Recordes do clube
Mais jogos: Fernando Gómez (552)
Mais golos: Mundo (206)
Maior vitória: 8-0, por duas vezes, a mais recente em casa, frente ao Real Sporting de Gijón (Liga, 29 de Novembro de 1953)
Maior derrota: Sevilla FC 10-3 Valência (Liga, 13 de Outubro de 1940)

* Última actualização a 22 de Agosto de 2012

Última actualização: 22-08-12 17.36CET

http://pt.uefa.com/teamsandplayers/teams/club=52268/profile/index.html#valencia+cf

Registo nas competições da UEFA