O "site" oficial do futebol europeu

PSV Eindhoven

PSV Eindhoven
O PSV Eindhoven festeja a vitória sobre o Benfica na final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1988 ©Getty Images

PSV Eindhoven

Fundação: 1913
Alcunha: Boeren (Agricultores)

Palmarés nas competições da UEFA (finalista vencido entre parênteses)
• Taça dos Clubes Campeões Europeus: 1988
• Taça UEFA: 1978
• SuperTaça Europeia: (1989)

Palmarés interno (triunfo mais recente entre parênteses)
• Liga holandesa: 21 (2008)
• Taça da Holanda: 8 (2005)

História
• Fundado como a equipa dos trabalhadores da multinacional electrónica Philips, o Philips Sport Vereniging ingressou na Liga holandesa em 1914 e conseguiu alguns títulos na era amadora, tanto antes como depois da II Guerra Mundial. Coen Dillen apontou 43 golos na Eredivisie em 1956/57, recorde que ainda subsiste, mas o PSV mostrou pouca capacidade para rivalizar com o AFC Ajax e o Feyenoord até à chegada, no início dos anos 70 do técnico Kees Rijvers.

• Com Jan van Beveren na baliza e Willy van der Kuylen no ataque, o PSV começou a contestar o "status quo" do futebol holandês e, após a aquisição dos gémeos Willy e René van der Kerkhof ao FC Twente, venceu a Liga holandesa duas vezes a meio da década de 70. Seguiram-se interessantes presenças nas competições europeias que culminaram na conquista da Taça UEFA em 1978, em cuja final o PSV se impôs ao SC Bastia, depois de ter eliminado o FC Barcelona nas meias-finais.

• As chegadas de Ruud Gullit e do treinador Hans Kraay catapultaram o PSV para uma era dourada nos anos 80, quando estes e o antigo defesa Ronald Koeman foram decisivos nos quatro títulos holandeses consecutivos entre 1986 e 1989. Kraay e Gullit deixaram o clube em 1987, mas, com Guus Hiddink no comando, uma equipa apresentando Hans van Breukelen, Koeman, Wim Kieft, Gerald Vanenburg e o capitão Erik Gerets venceu a Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1988, derrotando o Benfica no desempate por pontapés da marca de grande penalidade.

• Seguiram-se, no início dos anos 90, mais dois títulos holandeses sob as ordens do antigo seleccionador de Inglaterra, Bobby Robson, e outro em 1996/97. A chegada de Gerets como treinador trouxe mais sucesso ao PSV, que, inspirado por um jovem Ruud van Nistelrooy, venceu a Eredivisie em 2000 e 2001, em ambas as vezes com margens confortáveis.

• O regresso de Hiddink em 2002 trouxe mais troféus. O PSV repetiu o feito dos anos 80 de quatro títulos de campeão holandês consecutivos (2005-2008) – dois dos quais sob as ordens de Hiddink – e também chegou às meias-finais da UEFA Champions League de 2005, que perderia para o AC Milan no desempate por golos marcados fora de casa.

Recordes do clube
Mais jogos: Willy van der Kuylen (648)
Mais golos: Willy van der Kuylen (394)
Vitória mais folgada: 10-0 em quatro ocasiões, a mais recente das quais na recepção ao Feyenoord (Eredivisie, 24 de Outubro de 2010)
Derrota mais pesada: HVV Helmond 7-0 PSV  (Liga holandesa, 1915)

* Última actualização a 31 de Dezembro de 2010

 
Última actualização: 24-01-11 11.25CET

http://pt.uefa.com/teamsandplayers/teams/club=50062/profile/index.html#psv+eindhoven

Registo nas competições da UEFA