O "site" oficial do futebol europeu

Finlândia

Finlândia
O bufo-real pousa na trave de uma das balizas do Estádio Olímpico de Helsínquia ©Getty Images

Finlândia

Melhor resultado: Nunca se apurou
Seleccionador: Mixu Paatelainen
Melhor marcador: de todos os tempos – Jari Litmanen (32); actual – Mikael Forssell (29)
Mais jogos: de todos os tempos – Jari Litmanen (137); actual – Mikael Forssell (86)
Fundação da federação: 1907
Alcunha: Huuhkajat (Bufos-reais)
Onde joga: Estádio Olímpico, Helsínquia

Em consequência de nunca ter atingido uma fase final de um dos maiores torneios, o registo internacional da Finlândia é modesto, isto apesar de, com o inglês Roy Hogdson ao leme, ter lutado até ao fim pelo apuramento para o UEFA EURO 2008, perdendo apenas duas das 14 partidas então disputadas. A selecção nórdica voltou a estar em destaque quando, treinada pelo escocês Start Baxter, na caminhada para o Campeonato do Mundo 2010, venceu cinco dos dez jogos. Um empate fora 1-1, ante a Espanha, foi o seu maior destaque na fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2014.

Registo no EURO
Jogos disputados
Total: J 94 V 24 E 21 D 49 GM 100 GS 152
Fase final: J 0 V 0 E 0 D 0 GM 0 GS 0
Qualificação: J 94 V 24 E 21 D 49 GM 100 GS 152

A Finlândia precisou de 19 encontros para conseguir o seu primeiro triunfo em fases de apuramento do Campeonato da Europa, quando, no início da sua campanha de apuramento para a edição de 1980, derrotou a Grécia por 3-0, ao qual se seguiu a vitória, por 2-1, sobre a Hungria. Empates em casa e fora contrs a União Soviética sublinharam o seu potencial, mas uma derrota, por 8-1, em Atenas, contra a Grécia, arruinou de vez a sua fase de apuramento – a Finlândia falhou a presença na fase final por um escasso ponto.

Essa inconsistência tem sido um dos traços mais marcantes nas campanhas de apuramento. Sob as ordens de Roy Hodgson, os finlandeses tiveram um arranque bastante promissor na fase de apuramento do UEFA EURO 2008, mas derrotas consecutivas ante o Azerbaijão e Sérvia acabaram por ter um custo demasiado pesado, concluindo com um empate sem golos com Portugal que os deixou no quarto posto de um grupo de oito selecções.

A Finlândia partiu para a campanha para o UEFA EURO 2012 com optimismo, mas derrotas consecutivas contra a República da Moldávia, a Holanda e a Hungria significaram que uma eventual recuperação seria sempre complicada. Stuart Baxter saiu do comando técnico da equipa e, após um período interino de Olli Huttunen e de Markku Kanerva, eis que Mixu Paatelainen assumiu, na Primavera de 2011, o comando da equipa, registando vitórias frente a San Marino e à Moldávia, bem como um empate em Budapeste, desempenho esse que os levou ao quarto lugar.

Jogos memoráveis do EURO
06/06/2007: Finlândia 2-0 Bélgica, qualificação do UEFA EURO 2008
A Finlândia ganhou um jogo importante e uma nova alcunha, uma vez que um bufo-real interrompeu o encontro durante a primeira parte.

14/12/1994: Finlândia 4-1 San Marino, qualificação do EURO '96
Um raro encontro disputado em casa durante o Inverno saldou-se num triunfo, com Paatelainen, então com 27 anos, a apontar todos os quatro tentos dos finlandeses.

09/09/1987: Finlândia 3-0 Checoslováquia, qualificação para o Campeonato do Europa de 1988
O consulado de cinco anos de Martti Kuusela como seleccionador terminou em grande estilo, com os seus jogadores a levarem-no em ombros.

Sabia que?
O bufo-real que interrompeu o jogo em 2007, contra a Bélgica, no Estádio Olímpico de Helsínquia, Bubi, foi nomeado, em Dezembro do mesmo ano, Cidadã do Ano em Helsínquia.

*Última actualização: 07/01/2014

Última actualização: 20-01-14 12.12CET

http://pt.uefa.com/teamsandplayers/teams/teama/team=42/profile/index.html#finlandia

Registo nas competições da UEFA

  • Vitória mais dilatada:
    17-11-2010, Finlândia 8-0 San Marino, Helsinki
  • Derrota mais pesada:
    11-10-1978, Grécia 8-1 Finlândia, Athens
  • Presenças Campeonato da Europa: 13
  • Mais presenças: 38
    Jari Litmanen (FIN)
  • Melhores marcadores: 10
    Mixu Paatelainen (FIN)
    Jari Litmanen (FIN)
    Mikael Forssell (FIN)