O "site" oficial do futebol europeu

Espanha

Espanha
Iker Casillas levanta o troféu Henri Delaunay após a vitória sobre a Alemanha em 2008 ©Getty Images

Espanha

Melhor desempenho no EURO: Vencedora (1964, 2008 e 2012)
Seleccionador:
Vicente del Bosque
Melhor marcador:
de sempre – David Villa (56); actualmente – David Villa (56)
Mais jogos:
de sempre – Iker Casillas (152); actualmente – Iker Casillas (152)
Fundação da federação:
1909
Alcunha:
La Roja (A vermelha)
Onde joga:
vários

Depois de décadas de espera após a vitória em casa, em 1964, numa edição de um Campeonato da Europa, a Espanha tornou-se numa das principais dominadoras da modalidade a nível global. Ao UEFA EURO 2008, ganho depois de uma vitória na final, por 1-0, sobre a Alemanha, seguiu-se o título mundial, dois anos depois, na África do Sul, com a equipa de Vicente del Bosque a tornar-se o primeiro país europeu a manter o troféu fora do seu continente. A história continuou a ser feita no UEFA EURO 2012, prova em que a Espanha se tornou na primeira selecção a manter o ceptro, depois de golear a Itália na final de Kiev, por 4-0.

Registo no EURO
Jogos disputados
Total: J141 V89 E27 D25 GM310 GS115
Fase final: J36 V17 E11 D8 GM50 GS32
Qualificação: J105 V72 E16 D17 GM260 GS83

A longa espera da Espanha acabou em 2008, em Viena, quando a selecção de Luis Aragonés venceu a Alemanha na final, por 1-0. Fernando Torres marcou o golo decisivo e, quatro anos mais tarde, tornou-se no primeiro jogador da história a marcar em duas finais de Europeus, ajudando a Espanha, agora sob a orientação de Vicente Del Bosque, a defender o título, algo que também nunca tinha sucedido. A Espanha tornou-se na quinta selecção da história a conseguir um percurso 100% vitorioso na fase de qualificação e terminou da melhor maneira mais uma participação com uma goleada na final sobre a Itália por 4-0, com golos de David Silva, Jordi Alba, Torres e Juan Mata.  

Antes de 2008, a Espanha apenas uma vez tinha chegado às meias-finais de um Europeu - finalista vencida em 1984 - desde que venceu a competição que organizou em 1964. A vitória desse ano foi garantida com um triunfo, por 2-1, sobre a União Soviética no Estádio Santiago Bernabéu. Marcelino Martínez marcou o golo do triunfo, a seis minutos do final, depois de Galimzian Khusainov ter anulado a vantagem que Jesús María Pereda tinha dado aos espanhóis logo aos seis minutos.

Jogos memoráveis no EURO
01/07/2012: Espanha 4-0 Itália, final do UEFA EURO 2012
A La Roja respondeu em grande estilo às críticas que lhe eram feitas, revalidando o troféu com uma goleada sobre os italianos.

29/06/2008: Espanha 1-0 Alemanha, final do UEFA EURO 2008
Um golo de Torres foi suficiente para a Espanha acabar com a espera de 44 anos por um novo troféu europeu.

21/06/1964: Espanha 2-1 URSS, final do Campeonato da Europa de 1964
Luis Suárez inspirou uma selecção espanhola sem grandes estrelas para vencer o então detentor do troféu. 

Sabia que?
A Espanha não perde em partidas de fases de apuramento para fases finais de Europeus e Mundiais desde a derrota por 2-0 na Suécia, a 7 de Outubro de 2006 – uma série que vai em 35 jogos, 32 deles com vitória e apenas três empates. O último desaire em casa num jogo oficial foi em Outubro de 1991, ante a França, em Sevilha.

*Última actualização a 07/01/2014

Última actualização: 21-01-14 11.09CET

http://pt.uefa.com/teamsandplayers/teams/teama/team=122/profile/index.html#espanha

Sala de troféus

Registo nas competições da UEFA

  • Vitória mais dilatada:
    21-12-1983, Espanha 12-1 Malta, Seville
  • Derrota mais pesada:
    20-02-1991, França 3-1 Espanha, Paris
    29-04-1987, Roménia 3-1 Espanha, Bucharest
  • Presenças Campeonato da Europa: 15
  • Mais presenças: 48
    Iker Casillas (ESP)
  • Melhores marcadores: 19
    Raúl González (ESP)