O "site" oficial do futebol europeu

Deschamps: França teve de lutar para vencer Irlanda

Publicado: Domingo, 26 de Junho de 2016, 17.15CET
Didier Deschamps reconhece que a França teve de lutar durante todo o jogo, enquanto Martin O'Neill diz que a Irlanda deu tudo.
Deschamps: França teve de lutar para vencer Irlanda
Didier Deschamps festeja o triunfo da França ©AFP/Getty Images
SSI Err
Publicado: Domingo, 26 de Junho de 2016, 17.15CET

Deschamps: França teve de lutar para vencer Irlanda

Didier Deschamps reconhece que a França teve de lutar durante todo o jogo, enquanto Martin O'Neill diz que a Irlanda deu tudo.

Didier Deschamps, seleccionador da França
Eu sabia que este seria um jogo difícil, mas quando a Irlanda assumiu o controlo do jogo na primeira parte, deixou-nos numa posição um pouco desconfortável. Eles mostraram muito entusiasmo e nós tivemos de lutar para assumir o controlo da situação.

A mudança táctica ao intervalo foi para ter mais jogadores no ataque. A Irlanda estava muito recuada, por isso quisemos ter Griezmann junto a Giroud, trazer alguma velocidade ao jogo com Coman e utilizar melhor os médios. Acima de tudo, quisemos ter mais presença na frente – todos os quatro atacantes criaram oportunidades de golo.

Martin O'Neill, seleccionador da República da Irlanda
Estamos naturalmente desiludidos, considerando a posição em que nos colocámos e os golos que concedemos. Mais seis ou sete minutos – e eu sei que é muito tempo – sem sofrermos e a França teria entrado em pânico. Os jogadores não podiam ter dado mais do que deram neste jogo.

Não existe um momento bom para se sair de uma competição. Estivemos a jogar muito bem contra França, possivelmente um dos favoritos do torneio, e estávamos em vantagem. Colocámos pressão e ao intervalo tínhamos o controlo do jogo e a sensação de que podíamos ganhar. Se analisarmos a fase de qualificação e o torneio, fizemos um bom trabalho –  daí a desilusão.

Antoine Griezmann, avançado de França
Estou muito contente pelo apuramento. Lutámos para controlar o jogo e temos à nossa frente um longo caminho, por isso temos de melhorar. Mas, por agora, vamos festejar.

A minha família esteve nas bancadas porque Lyon é basicamente a minha cidade-natal. Espero ser capaz de continuar a este nível para ajudar a minha equipa. Demos tudo na segunda parte e todos viram um lado diferente da equipa francesa.

Última actualização: 15-07-16 20.07CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2016/matches/round=2000744/match=2017999/postmatch/quotes/index.html#deschamps+franca+teve+lutar