Final - 10-07-2016 - 21:00CET (21:00 Hora local) - Stade de France - Saint-Denis
1-0
Portugal vence no prolongamento  

Portugal - França 1-0 - 10-07-2016 - Página do jogo - UEFA EURO 2016

O "site" oficial do futebol europeu

Portugal vence anfitriã França e é campeão da Europa

Publicado: Domingo, 10 de Julho de 2016, 21.41CET
Portugal 1-0 França
Eder entrou para marcar aos 109 minutos o golo que deu o primeiro título a Portugal, que jogou sem Ronaldo desde os 25 minutos, por lesão.
por Hugo Pietra no Stade de France

rate galleryrate photo
1/0
counter
  • loading...

Estatísticas dos jogos

PortugalFrança

Golos marcados1
 
0
Posse de bola(%)47
 
53
Total de tentativas9
 
18
Remates à baliza3
 
7
Remates para fora5
 
7
Remates defendidos1
 
4
nos postes1
 
1
Cantos5
 
9
Foras-de-jogo1
 
2
Cartões amarelos6
 
4
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas12
 
13
Faltas sofridas12
 
12

Classificação

Publicado: Domingo, 10 de Julho de 2016, 21.41CET

Portugal vence anfitriã França e é campeão da Europa

Portugal 1-0 França
Eder entrou para marcar aos 109 minutos o golo que deu o primeiro título a Portugal, que jogou sem Ronaldo desde os 25 minutos, por lesão.

  • Portugal bate França por 1-0 no prolongamento e sagra-se campeão pela primeira vez
  • Recém-entrado Eder marca de longe aos 109 minutos, o seu primeiro golo pela selecção em jogos oficiais
  • Capitão e melhor marcador de sempre da competição, Cristiano Ronaldo sai lesionado aos 25 minutos
  • Ambas as equipas acertam nos ferros - André-Pierre Gignac por França, Raphael Guerreiro por Portugal
  • Primeira derrota de França no torneio em casa em 19 jogos, desde o "play-off" do terceiro lugar, em 1960


Portugal é campeão da Europa! A selecção das "quinas" venceu a final do UEFA EURO 2016 de forma emocionante, por 1-0, graças a um golo do ponta-de-lança Eder no prolongamento, dando o primeiro título de selecções seniores ao país. Uma exibição personalizada e sem a sua grande estrela, Cristiano Ronaldo, durante a maior parte do tempo.

A jogar em casa, a selecção francesa entrou mais pressionante nos instantes iniciais e a querer controlar o jogo. Ainda assim foi Portugal que criou a primeira situação de perigo, logo aos quatro minutos. Cédric lançou Nani, com o avançado a dominar no peito e a rematar de pronto mas por cima da baliza à guarda de Hugo Lloris.

No minuto seguinte, após uma jogada de insistência, Moussa Sissoko imitou Nani, com um remate à entrada da área, que saiu por cima do alvo. Pouco depois Antoine Griezmann, descaído sobre o lado esquerdo, tentou visar a baliza de Rui Patrício mas o disparo saiu torto. Aos nove surgiu a primeira grande ocasião de golo, com Dimitri Payet a cruzar para a cabeça de Griezmann, que obrigou Patrício a uma excelente defesa.

A meio da primeira parte Portugal sofreu um duro revés já que o capitão Cristiano Ronaldo foi forçado a sair, após um lance com Payet minutos antes. O avançado do Real Madrid tentou tudo para continuar em campo, foi assistido duas vezes, mas acabou por sair, dando o lugar a Ricardo Quaresma.

Aos 33 minutos nova oportunidade para a França, após combinação entre Payet e Sissoko. O médio ganhou espaço dentro da área de Portugal e rematou de pronto, para defesa apertada de Rui Patrício. A primeira parte terminou sem golos, com sinal mais da França mas com Portugal a dar boa réplica, mesmo depois de ter ficado privado de Cristiano Ronaldo.

No segundo tempo os franceses continuaram à procura do golo mas a formação das "quinas", personalizada, ia anulando as investidas dos gauleses. Aos 65 minutos Griezmann ficou novamente muito perto de marcar, após cruzamento do recém-entrado Kingsley Coman. O dianteiro do Atlético de Madrid desviou de cabeça, com o esférico a passar a escassos centímetros da barra. Aos 74 foi a vez de Olivier Giroud testar os reflexos de Patrício, com um disparo forte que obrigou o guardião português a uma defesa de recurso.

Aos 79 Portugal respondeu com muito perigo, após cruzamento-remate de Nani, a obrigar Lloris a uma excelente defesa. No seguimento do lance Quaresma tentou o remate acrobático mas o guarda-redes francês segurou sem problemas. E em cima do apito final, André-Pierre Gignac, entrado momentos antes para o lugar de Giroud, trabalhou bem na área e rematou ao poste direito da baliza lusa.

Com o empate a subsistir ao cabo dos 90 minutos o jogo prosseguiu para prolongamento. E aos 104 minutos, na sequência de um canto da direita apontado por Quaresma, Eder obrigou Hugo Lloris a grande defesa. E aos 108, na cobrança de um livre, Raphaël Guerreiro atirou à barra mas logo a seguir surgiu o golo de Portugal.

Eder (109') recolheu a bola, virou-se e rematou rasteiro e colocado para o 1-0. A festa lusa nas bancadas foi tremenda. Mas ainda havia muito para jogar, por isso a França voltou-se deliberadamente ao ataque. Mas esta era a noite de Portugal, que segurou a vantagem e levou a Taça para casa.

Última actualização: 14-07-16 22.02CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2016/matches/round=2000451/match=2017907/postmatch/report/index.html#portugal+campeao+europa