O "site" oficial do futebol europeu

Conte apostado em chegar longe

Publicado: Terça-feira, 14 de Junho de 2016, 0.15CET
"Temos ambição. O objectivo é chegar onde merecemos estar", afirmou Antonio Conte, seleccionador de Itália, após o triunfo por 2-0 sobre a Bélgica que "pagou caro os erros", segundo o técnico Marc Wilmots.
Conte apostado em chegar longe
A festa do triunfo italiano após o apito final ©AFP/Getty Images
SSI Err
Publicado: Terça-feira, 14 de Junho de 2016, 0.15CET

Conte apostado em chegar longe

"Temos ambição. O objectivo é chegar onde merecemos estar", afirmou Antonio Conte, seleccionador de Itália, após o triunfo por 2-0 sobre a Bélgica que "pagou caro os erros", segundo o técnico Marc Wilmots.

Antonio Conte, seleccionador de Itália
Esta noite tivemos duas equipas a jogarem um futebol electrizante, com oportunidades a surgirem de ambos os lados. Esta é uma prova de que nada está predestinado no futebol e que é no campo que provamos o nosso valor.

Já digo isto desde o início (e eu não sou de contar mentiras): este é, antes de mais, um grupo de homens e, só depois, de futebolistas. Esta noção é importante, porque um torneio como este precisa que haja uma química especial entres as pessoas, que estas se dêem bem juntas. E a minha maior alegria esta noite foi ver como os jogadores estavam felizes, incluindo os que estavam no banco. Há um excelente espírito nesta equipa.

Nós temos ambição e o nosso objectivo continua o mesmo, estar nos últimos 16. O objectivo é chegar onde merecemos estar, sem arrependimento. Penso que os adeptos ficam satisfeitos quando vêem 23 jogadores darem tudo no campo até às últimas forças.

Emmanuele Giaccherini, médio da Itália e melhor em campo
Foi um dia fantástico para mim, mas também estou muito feliz pela equipa, pela Itália, pela nação inteira. Provámos que o que fazemos no campo é que interessa. Antes do jogo, o treinador disse-nos que temos de nos superar no campo, e nós fizemo-lo. Não podíamos baixar a nossa guarda, tínhamos de manter o nível de concentração alto, porque esse era nível de exigência do jogo.

Marc Wilmots, seleccionador da Bélgica
Individualmente cometemos alguns erros e o primeiro golo colocou a Itália numa situação “confortável”. Na segunda parte queria uma toada mais ofensiva, daí ter substituído [Radja] Nainggolan pelo Dries Mertens, porque queria mais acção na ala esquerda. [Romelu] Lukaku não teve uma noite feliz e o [Kevin] De Bruyne é capaz de melhor também, mas este não é o momento certo para se falar sobre isso. Agora precisamos de nos unir e focarmo-nos na qualificação para os oitavos-de-final.

Se cometemos erros a este nível de competição, pagamos caro. Mas nada está perdido. Temos dois jogos para chegarmos à fase de eliminatórias, e esse é o objectivo da nossa equipa. É isso que vamos tentar fazer.

Thibaut Courtois, guarda-redes da Bélgica
Estou muito desiludido esta noite. Penso que não fizemos o suficiente para marcar, a não ser no fim em que criámos algumas oportunidades. Eles é que tiveram as melhores oportunidades. Estavam muito bem organizados e tacticamente foram a melhor equipa. Foi um jogo muito difícil e agora temos de ganhar o jogo de sábado [contra a República da Irlanda].

Última actualização: 14-07-16 20.15CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2016/matches/round=2000448/match=2017953/postmatch/quotes/index.html#conte+aponta+alto