Fase final - Fase de grupos (Grupo B) - 20-06-2016 - 21:00CET (21:00 Hora local) - Stadium de Toulouse - Toulouse
0-3
 

Rússia - País de Gales 0-3 - 20-06-2016 - Página do jogo - UEFA EURO 2016

 
O "site" oficial do futebol europeu

Antevisão: Rússia - País de Gales

Publicado: Domingo, 19 de Junho de 2016, 18.00CET
A Rússia tem desiludido e chega ao jogo decisivo obrigada a vencer para continuar em prova. Mas o País de Gales não deve ser encarado com ligeireza, mesmo não fazendo parte dos favoritos.
Antevisão: Rússia - País de Gales
Gareth Bale e Joe Ledley (País de Gales), resistem à chuva no Stade de Toulouse, no treino de adaptação ao relvado ©Getty Images

Estatísticas da prova

RússiaPaís de Gales

Golos marcados2
 
10
Posse de bola(%)53
 
47
Total de tentativas34
 
68
Remates à baliza6
 
32
Remates para fora17
 
22
Remates defendidos11
 
14
nos postes0
 
0
Cantos14
 
19
Foras-de-jogo3
 
7
Cartões amarelos2
 
11
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas33
 
65
Faltas sofridas27
 
70

Dossiers de Imprensa

  • Dossier de Imprensa (português)
SSI Err
Publicado: Domingo, 19 de Junho de 2016, 18.00CET

Antevisão: Rússia - País de Gales

A Rússia tem desiludido e chega ao jogo decisivo obrigada a vencer para continuar em prova. Mas o País de Gales não deve ser encarado com ligeireza, mesmo não fazendo parte dos favoritos.

  • Rússia, última do Grupo B, tem de vencer o País de Gales, segundo classificado
  • País de Gales garante a qualificação em caso de vitória, mas um ponto pode bastar; Rússia obrigada a ganhar para ter hipóteses
  • Seleccionador do País de Gales, Chris Coleman: "Esta equipa está a meio de uma viagem".
  • Rússia bateu o País de Gales no "play-off" para o UEFA EURO 2004 e também ganhou os dois jogos na qualificação para o Campeonato do Mundo de 2010
  • Gareth Bale falhou uma grande penalidade na derrota por 2-1 em Moscovo


Equipas prováveis

Rússia: Akinfeev; Smolnikov, V Berezutski, Ignashevich, Schennikov; Glushakov, Golovin, Mamaev; Kokorin, Dzyuba, Smolov.
Em dúvida: Shatov (virilha), Lodygin (costas)
Em risco de exclusão: Schennikov

País de Gales: Hennessey; Gunter, Chester, A Williams, Davies, Taylor; Allen, Ledley; J Williams, Ramsey; Bale.
Em risco de exclusão: Davies

Declarações dos treinadores
L
eonid Slutski, Rússia
Todos os novos desafios, são uma nova história. Podemos ter grande experiência neste tipo de jogos e de situações, mas não é suficiente para nos ajudar a adaptarmo-nos.

O País de Gales tem dois jogadores de classe mundial, grande parte dos seus ataques são alicerçados na qualidade do seu jogo e no entendimento mútuo que revelam. No entanto, também têm outros bons jogadores, penso que vão tentar jogar em contra-ataque.

O Denis Glushakov só agora regressou à boa forma e está em condições de ser titular. Até agora, jogou o melhor que pôde. O papel do Roman Shirokov é sair do banco para aumentar as nossas opções de ataque, é algo que está a fazer muito bem.

Chris Coleman, País de Gales
As pessoas pensam que estamos deprimidos devido à expectativa que foi criada em redor do jogo com Inglaterra, mas não estamos. Os nossos jogadores têm estado muito bem e estão animados.

Esta equipa tem potencial para continuar. Podemos aprender com esta competição, é intensa, mas agradável. Estamos numa posição fantástica e só temos de aproveitar. Esta equipa está a meio de uma viagem. Não é fácil, mas é fantástica e um grande processo de aprendizagem. A equipa vai beneficiar muito com isto, jogar com as melhores equipas da Europa, onde temos de estar sempre ao nosso melhor nível. É uma prova que nos testa ao limite.

A Rússia é uma boa equipa, senão não estaria nesta competição. Só estamos preocupados connosco. Eles precisam ganhar, por isso estamos à espera de um jogo muito difícil.

Últimos resultados (todas as competições, mais recente em primeiro)

Rússia: DEEDDVDVVV
País de Gales: DVDDEDVDEV

Sabia que?
A Rússia, de Georgi Yartsev, qualificou-se para o UEFA EURO 2004, depois de bater o País de Gales, Mark Hughes, com um total de 1-0. O único golo do “play-off” foi marcado por Vadim Evseev, em Cardiff, na segunda mão. O defesa Sergei Ignashevich jogou os 180 minutos, enquanto Aleksandr Kerzhakov foi suplente não utilizado em ambos os jogos e Igor Akinfeev esteve no banco em Cardiff. Saiba mais na nossa  retrospectiva do jogo.

Siga o jogo nas redes sociais (#RUSWAL)
@UEFAEURO
UEFA EURO on Facebook
UEFA EURO on Instagram

Última actualização: 19-06-16 23.23CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2016/matches/round=2000448/match=2017896/prematch/preview/index.html#antevisao+russia+pais+gales