Meias-finais - 28-06-2012 - 20:45CET (20:45 Hora local) - Stadion Narodowy - Varsóvia
1-2
 

Alemanha - Itália 1-2 - 28-06-2012 - Página do jogo - UEFA EURO 2012

 
O "site" oficial do futebol europeu

Itália pronta para travar a Alemanha

Publicado: Quarta-feira, 27 de Junho de 2012, 20.45CET
Joachim Löw pode ter revelado toda a sua confiança ao dizer que a Alemanha "pode bater qualquer equipa no Mundo", mas o seleccionador italiano Cesare Prandelli tem fé na sua equipa para a meia-final.
por Sam Adams
de National Stadium Warsaw
Itália pronta para travar a Alemanha
Joachim Löw diz que a Alemanha respira confiança ©Getty Images

Estatísticas da prova

AlemanhaItália

Golos marcados10
 
6
Total de tentativas75
 
109
Remates à baliza41
 
61
Remates para fora34
 
48
Remates interceptados10
 
27
Remates nos postes1
 
2
Cantos34
 
30
Foras-de-jogo12
 
16
Cartões amarelos4
 
16
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas49
 
89
Faltas sofridas63
 
97
Publicado: Quarta-feira, 27 de Junho de 2012, 20.45CET

Itália pronta para travar a Alemanha

Joachim Löw pode ter revelado toda a sua confiança ao dizer que a Alemanha "pode bater qualquer equipa no Mundo", mas o seleccionador italiano Cesare Prandelli tem fé na sua equipa para a meia-final.

Submersa em aplausos durante o UEFA EURO 2012, a Alemanha pode, de acordo com Joachim Löw, "ganhar a qualquer equipa do Mundo" – , apesar de o treinador alemão saber que o mero potencial alemão não é suficiente para garantir a vitória na meia-final contra a Itália.
 
A Alemanha marcou generosamente e, de uma maneira geral, marcou a sua presenca na Polónia e Ucrânia com o seu estilo atacante. É uma identidade, sublinha Löw, que não nasceu do dia para a noite. "Agora somos uma equipa que não tem de reagir perante os adversarios – jogamos o nosso próprio jogo", disse o treinador. "Estivemos a desenvolver essa ideia nos últimos dois anos. Agora estamos a um nível em que não precisamos de ter medo de ninguém."

É uma equipa cheia de confiança, mas que não tem a história, pelo menos, do seu lado. Já muito se escreveu sobre o facto de a Alemanha nunca ter ganho à Itália nos sete encontros oficiais entre as duas equipas. Tudo águas passadas, diz Löw. "Não vou retirar nenhuma conclusão dessa estatística," responde. "A nossa equipa é perfeitamente capaz de bater qualquer equipa do mundo – isso não quer dzier que vamos ganhar obrigatoriamente, mas o facto de sabermos isso, dá-nos uma enorme confiança."

Enquanto a Alemanha passeou até às meias-finais, a Itália, aparentemente, só ganhou  por uma vez de forma categórica. No entanto, os Azzurri têm um dos grandes artistas do torneio, o seu general do meio-campo, Andrea Pirlo. Löw descreve-o “não apenas como um jogador muito bom, mas como o jogador que manda no jogo”.

O treinador italiano Cesare Prandelli não teve relutância em apontar a maneira como os italianos podem retirar a iniciativa à Alemanha: "Temos um dos melhores meio-campistas do futebol europeu – temos classe, técnica e presença física," disse. "Os alemães vão pressionar alto e nós estamos prontos para isso. Precisamos de manter a posse de bola para os conseguirmos contrariar.
"
Prandelli admira a Alemanha por “ter mudado a sua identidade há uma década e agora estar a colher os frutos”. Ele que também tentou dar uma nova attitude à Itália É a única maneira da sua equipa ter sucesso, insiste. "Somos muito calmos e temos muita vontade de colocar em prática o que treinamos. Não podemos ficar à espera na nossa zona defensiva – estamos a trabalhar nisto há dois anos. Acho que seria muito imaturo mudarmos isso agora."

Mesmo assim, a Itália vai encontrar uma equipa com uma série vitoriosa de 15 jogos seguidos em competições oficiais. Löw até se deu ao luxo de fazer três alterações  na vitória 4-2 contra a Grécia e, agora, tem uma equipa totalmente à disposição, depois de Bastian Schweinsteiger ter recuperado de um problema no tornozelo. “Temos de ser arrogantes, confiantes mas também temos de trabalhar muito”, acrescenta o treinador alemão. "Não nos vamos concentrar neles, vamos jogar o nosso jogo."

Prandelli diz que a Itália está pronta "fisicamente e mentalmente”, depois do encontro decidido nos penáltis contra a Inglaterra. A última vez que a equipa chegou a esta fase foi no Campeonato do Mundo de 2006 quando os italianos estragaram a festa caseira da Alemanha.Apesar dos dois treinadores reconhecerem que muito mudou desde então – em termos de personalidades e identidade -  ainda está por provar que a Alemanha consiga ultrapassar a estatística italiana.

Última actualização: 25-09-14 4.40CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2012/matches/round=15174/match=2003379/prematch/preview/index.html#italia+pronta+para+alemanha