Quartos-de-final - 24-06-2012 - 20:45CET (21:45 Hora local) - NSK Olimpiyskyi - Kyiv
0-0
Itália vence 4-2 nos penalties 

Inglaterra - Itália 0-0 - 24-06-2012 - Página do jogo - UEFA EURO 2012

O "site" oficial do futebol europeu

Itália marca encontro com a Alemanha

Publicado: Domingo, 24 de Junho de 2012, 20.56CET
Inglaterra 0-0 Itália (ap, Itália vence 4-2 nos penalties)
Daniele De Rossi e Alessandro Diamanti acertaram no poste antes do segundo marcar o penalty decisivo que apurou a Itália para as meias-finais.
Itália marca encontro com a Alemanha
Os jogadores da Itália festejam o apuramento para as meias-finais ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

InglaterraItália

Golos marcados0
 
0
Posse de bola(%)36
 
64
Total de tentativas9
 
35
Remates à baliza4
 
20
Remates para fora5
 
15
Remates interceptados3
 
12
Remates nos postes0
2
Cantos3
 
7
Foras-de-jogo1
 
2
Cartões amarelos0
2
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas15
 
11
Faltas sofridas10
 
15

Classificação

Jogos

21 Junho 2012

22 Junho 2012

23 Junho 2012

24 Junho 2012

Publicado: Domingo, 24 de Junho de 2012, 20.56CET

Itália marca encontro com a Alemanha

Inglaterra 0-0 Itália (ap, Itália vence 4-2 nos penalties)
Daniele De Rossi e Alessandro Diamanti acertaram no poste antes do segundo marcar o penalty decisivo que apurou a Itália para as meias-finais.

A Itália apurou-se para as meias-finais do UEFA EURO 2012 ao bater a Inglaterra por 4-2 no desempate por pontapés da marca de grande penalidade, após empate 0-0 ao fim de 120 minutos.

Daniele De Rossi, logo aos três minutos, e o suplente Alessandro Diamanti, na primeira parte do tempo extra, acertaram no poste da baliza da Inglaterra num jogo em que a Itália não conseguiu concretizar em golos o domínio exercido no Estádio Olímpico de Kiev. Contudo, teve a sorte do seu lado nos penalties e, com a conversão de Diamanti, confirmou o confronto com a Alemanha nas meias-finais na quinta-feira, em Varsóvia, desafio no qual não poderá contar com o lateral Christian Maggio, devido a ter visto um cartão amarelo.

Num início de jogo movimentado, ambas as equipas estiveram perto de marcar nos cinco minutos iniciais. Aos três, De Rossi rematou de fora da área com a parte de fora do pé esquerdo e fez a bola embater em cheio no poste direito da baliza de Joe Hart, antes de Gianluigi Buffon mostrar classe ao negar o golo a Glenn Johnson, segurando a bola em contra-pé com a mão esquerda na sequência de um remate quase em cima da linha da pequena área.

O lateral-direito inglês Johnson esteve novamente em destaque perto do quarto-de-hora, quando cruzou para o desvio de cabeça de Wayne Rooney que passou ligeiramente por cima da barra. Com mais domínio das operações por parte da formação de Cesare Prandelli, um excelente passe de Andrea Pirlo isolou Mario Balotelli só que o dianteiro italiano demorou a rematar e John Terry anulou a jogada. À maior percentagem de posse de bola da “squadra azzurra” responderam os ingleses com saídas rápidas para o ataque e, numa delas, Danny Welbeck errou por pouco o alvo após receber um passe habilidoso de Rooney.

No entanto, a Itália voltou a carregar a caminhar para o fim da primeira metade. Hart defendeu um remate de Antonio Cassano no coração da área, antes de Balotelli tentar a sorte por duas vezes de longa distância, ambas sem êxito. Depois do intervalo, repetiu-se exactamente a mesma cena e De Rossi esteve outra vez perto de marcar, também aos três minutos, num desvio mal direccionado na pequena área quando se encontrava isolado e após passe de cabeça de Claudio Marchisio.

Nova investida italiana esbarrou duas vezes em Hart antes de Ricardo Montollivo atirar por cima na recarga, mas do outro lado Ashley Young criou perigo e quase aproveitava com sucesso um ressalto na área italiana. Antes do fim do tempo regulamentar, coube a dois suplentes italianos criarem perigo: aos 81 minutos, Diamanti rematou forte para defesa de Hart e, aos oito volvidos, Johnson evitou o golo da Itália ao interceptar o remate de Antonio Nocerino.

No prolongamento, em que se manteve o sinal mais dos italianos, o excelente pé esquerdo de Diamanti protagonizou os destaques: rematou em arco com o pé esquerdo e o poste voltou a salvar a Inglaterra aos 11 minutos e desperdiçou excelente ocasião na área após centro de Federico Balzaretti.

Finalmente, nos penalties, Young (barra) e Ashley Cole (defesa de Buffon) falharam nos ingleses, e Montolivo (ao lado) fez o mesmo para os italianos. No entanto, depois de Pirlo ter convertido num remate parecido ao imortalizado por Antonín Panenka no EURO'76, Diamanti coroou a sua excelente entrada no encontro com o remate decisivo que afastou a Inglaterra, também afastada nesta fase  em 2004, por Portugal.

Última actualização: 27-06-12 18.42CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2012/matches/round=15173/match=2003346/postmatch/report/index.html#italia+mais+feliz+penalties