O "site" oficial do futebol europeu

Duelo em Poznan dá empate

Publicado: Quinta-feira, 14 de Junho de 2012, 19.11CET
Itália 1-1 Croácia
Andrea Pirlo deu vantagem à selecção italiana, mas os croatas chegaram ao empate graças a um golo de Mario Mandžukić.
por Hugo Pietra
de Estádio Municipal de Poznan
Duelo em Poznan dá empate
Ognjen Vukojević (da Croácia) em disputa com Antonio Cassano (Itália) ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

ItáliaCroácia

Golos marcados1
 
1
Posse de bola(%)52
 
48
Total de tentativas15
 
10
Remates à baliza7
 
8
Remates para fora8
 
2
Remates interceptados2
 
2
Remates nos postes0
 
0
Cantos6
 
3
Foras-de-jogo3
 
1
Cartões amarelos2
 
1
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas15
 
22
Faltas sofridas18
 
14

Classificação

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Última actualização: 21/11/2017 14:47 CET
Publicado: Quinta-feira, 14 de Junho de 2012, 19.11CET

Duelo em Poznan dá empate

Itália 1-1 Croácia
Andrea Pirlo deu vantagem à selecção italiana, mas os croatas chegaram ao empate graças a um golo de Mario Mandžukić.

Itália e Croácia mediram forças na segunda jornada do Grupo C, num jogo que terminou com um empate 1-1. A Itália marcou primeiro mas a Croácia respondeu no segundo tempo, numa partida emocionante, que dá a qualquer uma das equipas a hipótese de carimbar o passaporte para os quartos-de-final do UEFA EURO 2012.

O jogo em Poznan começou com ritmo intenso, tendo pertencido aos italianos a primeira ocasião de golo, logo no segundo minuto. Mario Balotelli, já no interior da área, recolheu o esférico, efectuou a rotação e disparou forte, com a bola a sair ligeiramente ao lado da baliza à guarda de Stipe Pletikosa.

Com mais posse de bola nos instantes iniciais, a formação transalpina entrou dominante e poderia ter inaugurado o marcador aos dez minutos, após excelente remate de Claudio Marchisio à entrada da área. O disparo do centrocampista passou muito perto da barra, num lance de grande perigo para os croatas.

A equipa comandada por Slaven Bilić demorou a responder, tendo criado o primeiro lance de perigo aos 14 minutos. Mario Mandžukić acorreu a um cruzamento do lado esquerdo, tendo falhado por pouco o cabeceamento. À passagem do quarto-de-hora Balotelli testou a tenção de Pletikosa, forçado a uma defesa de recurso após remate tenso do avançado italiano.

Aos poucos a Croácia conseguiu equilibrar o encontro, tendo chegado mais vezes à área contrária, mas aos 32 minutos Antonio Cassano causou calafrios, após remate cruzado, que saiu ao lado. Aos 36 minutos a Itália voltou a estar muito perto de inaugurar o marcador, na sequência de um excelente passe de Cassano, a isolar Claudio Marchisio. Pletikosa negou por duas vezes o golo ao centrocampista, com um par de defesas corajosas.

Contudo, aos 39 minutos, nada pôde fazer após livre directo superiormente batido por Andrea Pirlo. O guarda-redes ainda tocou na toca, mas não conseguiu evitar o primeiro golo dos italianos, que foram para os balneários em vantagem, depois de terem sido mais dominadores no primeiro tempo.

Na segunda parte, a Croácia tentou virar o rumo dos acontecimentos e aos 48 minutos Luka Modrić tentou a sorte de fora da área, com o esférico a passar perto da barra. Em vantagem no marcador, o conjunto orientado por Cesare Prandelli resguardou-se mais, dando a iniciativa aos croatas, que revelavam dificuldades em ultrapassar a defensiva transalpina.

Num dos lances em que explorou o contra-ataque, a Itália criou perigo aos 60 minutos, graças a um remate forte de Balotelli, que saiu ligeiramente por cima. Contudo, a Croácia acabou por chegar ao empate, aos 72 minutos. Mario Mandžukić, ao segundo poste, recebeu um cruzamento de Ivan Strinić e "fuzilou" a baliza à guarda de Gianluigi Buffon, com o empate a subsistir até final.

Última actualização: 13-10-14 12.25CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2012/matches/round=15172/match=2003331/postmatch/report/index.html#empate+poznan