O "site" oficial do futebol europeu

Lituânia surpreende checos

Publicado: Terça-feira, 7 de Setembro de 2010, 23.32CET
República Checa 0-1 Lituânia
O golo de Darvydas Šernas, aos 26 minutos, e o penalty de Milan Baroš defendido por Karčemarskas deram a vitória à Lituânia.
por Ian Holyman
de Andruv Stadión
Lituânia surpreende checos
Tomas Danilevičius (à esquerda) em disputa com Roman Hubník, da República Checa ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

República ChecaLituânia

Golos marcados0
1
Posse de bola(%)0
100
Total de tentativas17
 
6
Remates à baliza7
 
4
Remates para fora9
 
2
Remates interceptados0
 
0
Remates nos postes0
 
0
Cantos12
 
0
Foras-de-jogo1
 
3
Cartões amarelos1
 
3
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas13
 
12
Faltas sofridas12
 
12

Classificação

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Última actualização: 21/11/2017 14:46 CET
Publicado: Terça-feira, 7 de Setembro de 2010, 23.32CET

Lituânia surpreende checos

República Checa 0-1 Lituânia
O golo de Darvydas Šernas, aos 26 minutos, e o penalty de Milan Baroš defendido por Karčemarskas deram a vitória à Lituânia.

A Lituânia averbou a primeira vitória no Grupo I da UEFA EURO 2012, que foi também a estreia vitoriosa frente à República Checa, graças ao golo solitário de Darvydas Šernas na primeira parte, em Olomouc.

A Lituânia perdeu os quatro jogos anteriores frente à República Checa, mas um cabeceamento fulminante de Šernas, aos 26 minutos, colocou os visitantes em vantagem, antes de o guardião Žydrūnas Karčemarskas defender um penalty de Milan Baroš, ainda antes do intervalo. Tal elevou a contabilidade da Lituânia para quatro pontos em dois jogos. O primeiro jogo oficial de Michal Bílek como treinador dos checos terminou de forma decepcionante.

Karčemarskas – que também não tinha sofrido golos no empate a zero com a Escócia, na passada sexta-feira – foi chamado a intervir logo nos instantes iniciais, para deter um cabeceamento de Baroš, e depois para afastar o perigo, após Martin Fenin ter-se libertado da defensiva visitante. Mas o jogo da Lituânia foi aumentando de argúcia, depois de a equipa da casa não ter conseguido capitalizar um começo intenso.

Quando o "sprint" de Marius Stankevičius culminou com um cruzamento bem medido, Šernas saltou entre dois defesas e cabeceou para fora do alcance de Petr Čech. Jaroslav Plašil deu corpo à resposta dos anfitriões, com um remate rasteiro que Karčemarskas desviou, e o guardião lituano assegurou que a sua equipa partia em vantagem para o intervalo, já que após Tadas Kijanskas ter feito falta sobre Fenin na grande área, adivinhou o lado para onde Baroš rematou no penalty, cuja direcção era quase perfeita.

Depois de ter chegado ao golo, a Lituânia parecia satisfeita em aguentar o resultado, permitindo à República Checa tomar conta dos acontecimentos e pressionar. A equipa da casa revelou-se ineficaz no último terço do terreno, apesar de Plašil ter rematado forte, mas ao lado, depois de um passe inteligente de Tomáš Rosický o ter apanhado com a defesa lituana – por uma vez – desprevenida.

A República Checa insistiu e o suplente Tomáš Necid rematou à meia-volta por cima da barra, depois de uma boa jogada entre Rosický e Baroš. Necid teve o empate nos pés já em tempo de compensação, mas rematou à queima-roupa contra Karčemarskas. A Lituânia visita a campeã Espanha no dia 8 de Outubro, altura em que a Escócia se desloca até Praga.

Última actualização: 08-09-10 0.25CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2012/matches/round=15171/match=2002202/postmatch/report/index.html#lituania+surpreende+checos