O "site" oficial do futebol europeu

Espanha puxa dos galões

Publicado: Sábado, 9 de Outubro de 2010, 0.19CET
Espanha 3-1 Lituânia
A Espanha isolou-se no comando do Grupo I com um "bis" de Fernando Llorente e um golo monumental de David Silva.
por Graham Hunter
de Estádio El Helmántico
Espanha puxa dos galões
Fernando Llorente festeja o primeiro golo ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

EspanhaLituânia

Golos marcados3
 
1
Posse de bola(%)0
100
Total de tentativas31
 
3
Remates à baliza14
 
2
Remates para fora14
 
1
Remates interceptados0
 
0
Remates nos postes0
 
0
Cantos9
 
1
Foras-de-jogo2
 
0
Cartões amarelos0
 
0
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas11
 
10
Faltas sofridas10
 
9

Classificação

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Última actualização: 21/11/2017 14:46 CET
Publicado: Sábado, 9 de Outubro de 2010, 0.19CET

Espanha puxa dos galões

Espanha 3-1 Lituânia
A Espanha isolou-se no comando do Grupo I com um "bis" de Fernando Llorente e um golo monumental de David Silva.

A Espanha, campeã europeia em título, isolou-se no comando do Grupo I graças a um "bis" de Fernando Llorente e um golo monumental de David Silva.

Todos os golos aconteceram na segunda parte, e só quando Darvydas Šernas empatou a partida aos 54 minutos, a equipa de Vicente del Bosque, a actuar na cidade-natal do treinador, mostrou verdadeiramente a sua classe. A Espanha conta por vitórias os dois jogos na fase de qualificação para o UEFA EURO 2012, e detém agora dois pontos de vantagem sobre a Lituânia e a Escócia, que visita na próxima terça-feira.

Apesar de as ausências na Espanha serem de peso, apenas três jogadores do "onze" que iniciou a final do Campeonato do Mundo ficaram de fora – Xabi Alonso, Xavi Hernàndez e Pedro Rodríguez. Santi Cazorla, Fernando Llorente e David Silva entraram para os seus lugares, mas a saída de Alonso, devido a doença, alterou o esquema táctico da equipa, que passou do tradicional 4-2-3-1 para o 4-1-4-1.

Na antevisão do jogo, Vicente Del Bosque tinha avisado aqueles que esperavam uma vitória "tranquila" para repensarem o prognóstico, e de facto a Lituânia apresentou-se bem organizada. Por duas vezes, nos primeiros 17 minutos, David Silva desferiu fortes remates, mas Žydrūnas Karčemarskas deteve-os sem problemas.

O que se seguiu foi uma falta de eficácia rara da parte da campeã europeia, e Sergio Ramos rematou de cabeça ao poste. Depois, Llorente deu conta do que estava para vir obrigando Karčemarskas a uma boa defesa, enquanto Villa falhou o que parecia fácil, rematando ao lado.

Com isso, os visitantes iam ganhando ânimo. Antes do intervalo, Tomas Danilevičius aproveitou um passe rápido de Edgaras Česnauskis, mas Iker Casillas evitou o pior. Saulius Mikoliunas voltou a ameaçar quando entrou na grande área, mas falhou o alvo.

No entanto, logo após o reatamento, Sergio Ramos subiu pelo seu flanco e foi até à linha-de-fundo cruzar de forma perfeita para Llorente fazer o golo de cabeça, apanhando Karčemarskas fora da baliza. Mas a Lituânia só teve de esperar sete minutos até alcançar o golo do empate. Šemberas beneficiou de um lance ganho no meio-campo e da pouca pressão espanhola para lançar Šernas, que finalizou com tranquilidade.

O jogo ficava agora tremendamente emocionante, e menos de dois minutos depois a Espanha recolocou-se em vantagem. Desta feita, Cazorla trabalhou bem o lance na direita e cruzou para o segundo poste, onde apareceu Llorente a cabecear colocado para o fundo das redes. Coube a Silva encerrar a contagem, e fê-lo de forma espectacular, a efectuar um chapéu de cabeça ao guarda-redes, com a bola a fugir à estirada do lituano antes de bater no poste e entrar, levando o público de Salamanca ao delírio. Em parte feliz, mas também aliviado, depois de uma noite difícil que se transformou num tributo à capacidade de luta da campeã europeia.

Última actualização: 17-11-10 12.51CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2012/matches/round=15171/match=2002198/postmatch/report/index.html#espanha+triunfa+salamanca

Equipas

Espanha

Espanha

Lituânia

Lituânia

1
CasillasIker Casillas (GR) (C)
1
KarčemarskasŽydrūnas Karčemarskas (GR)
3
PiquéGerard Piqué
2
ŠemberasDeividas Šemberas
5
PuyolCarles Puyol
3
RadavičiusRamūnas Radavičius
6
IniestaAndrés Iniesta
4
KijanskasTadas Kijanskas
7
VillaDavid Villa
Substitution76
5
SkerlaAndrius Skerla
11
CapdevilaJoan Capdevila
7
PankaMindaugas Panka
15
RamosSergio Ramos
Substitution82
8
E. ČesnauskisEdgaras Česnauskis
Substitution85
16
Sergio BusquetsSergio Busquets
9
DanilevičiusTomas Danilevičius (C)
Substitution82
19
LlorenteFernando Llorente
Goal47
Goal56
Substitution77
10
ŠernasDarvydas Šernas
Goal54
20
Santi CazorlaSanti Cazorla
13
MikoliūnasSaulius Mikoliūnas
Substitution59
21
David SilvaDavid Silva
Goal79
23
StankevičiusMarius Stankevičius

suplentes

23
ReinaPepe Reina (GR)
12
GrybauskasPaulius Grybauskas (GR)
4
MarchenaCarlos Marchena
11
PoškusRobertas Poškus
Substitution85
8
Borja ValeroBorja Valero
15
KlimavičiusArūnas Klimavičius
9
Aritz AdurizAritz Aduriz
Substitution77
16
IvaškevičiusKęstutis Ivaškevičius
Substitution82
17
ArbeloaÁlvaro Arbeloa
Substitution82
18
D. ČesnauskisDeividas Česnauskis
Substitution59
18
Pablo HernándezPablo Hernández
Substitution76
19
GalkevičiusDominykas Galkevičius
22
Bruno SorianoBruno Soriano
20
LukšaVytautas Lukša

Treinador

Vicente del Bosque (ESP) Raimondas Žutautas (LTU)

Legenda:

  • GolosGolos
  • Auto-goloAuto-golo
  • Grandes penalidadesGrandes penalidades
  • Penalties falhadosPenalties falhados
  • reds_cardCartões Vermelhos
  • yellow_cardsCartões amarelos
  • yellow_red_cardsDuplo amarelo
  • SubstituiçãoSubstituição