O "site" oficial do futebol europeu

Sérvios no bom caminho

Publicado: Terça-feira, 6 de Setembro de 2011, 23.00CET
Sérvia 3-1 Ilhas Faroé
Milan Jovanović, Zoran Tošić e Zdravko Kuzmanović marcaram os golos que mantêm a selecção sérvia na segunda posição do Grupo C.
por Djordje Pajić
de Estádio do FK Partizan
Sérvios no bom caminho
Zoran Tošić (ao centro) celebra um dos três golos ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

SérviaIlhas Faroé

Golos marcados3
 
1
Posse de bola(%)0
100
Total de tentativas21
 
7
Remates à baliza8
 
1
Remates para fora8
 
4
Remates interceptados0
 
0
Remates nos postes1
 
0
Cantos10
 
1
Foras-de-jogo0
2
Cartões amarelos0
2
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas7
 
17
Faltas sofridas17
 
7

Classificação

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Última actualização: 21/11/2017 14:47 CET
Publicado: Terça-feira, 6 de Setembro de 2011, 23.00CET

Sérvios no bom caminho

Sérvia 3-1 Ilhas Faroé
Milan Jovanović, Zoran Tošić e Zdravko Kuzmanović marcaram os golos que mantêm a selecção sérvia na segunda posição do Grupo C.

A Sérvia continua na "pole position" para garantir o segundo lugar de apuramento do Grupo C para o UEFA EURO 2012, após vencer por 3-1 as Ilhas Faroé, em Belgrado.

Após ganhar pela margem mínima na Irlanda do Norte, na passada sexta-feira, a Sérvia sabia que o trabalho não estaria concluído sem novo triundo ante as Ilhas Faroé que, apesar de estarem no último lugar, perderam apenas por 1-0 na última visita a Itália. Mas a selecção forasteira viu a sua tarefa na capital sérvia complicar-se logo aos seis minutos, altura em que Milan Jovanović abriu o marcador. Zoran Tošić ampliou a vantagem e, apesar de Fródi Benjaminsen ter reduzido, Zdravko Kuzmanović selou a conquista dos três pontos a meio da segunda parte.

A selecção de Vladimir Petrović festejou pela primeira vez graças a um cruzamento bem medido de Aleksandar Kolarov que permitiu a Jovanović cabecear para o fundo da baliza de René Tórgard. O defesa do Manchester City FC, Kolarov, voltou a ter um papel fundamental na construção do segundo golo, assinando a jogada que deu a Tošić a oportunidade de fazer o 2-0.

A selecção de Brian Kerr não atirou a toalha ao chão e chegou ao golo na sua primeira verdadeira jogada de ataque, com Benjaminsen a trocar a bola com um companheiro de equipa antes de bater Bojan Jorgačević.

O último golo do encontro surgiu a 21 minutos do final, com um remate de longe de Kuzmanović a acabar com quaisquer esperanças das Ilhas Faroé. E a Sérvia poderia ter construído um resultado mais desnivelado para celebrar o 100º jogo internacional do capitão Dejan Stanković, mas Tošić e Kolarov desperdiçaram oportunidades já m período de compensação.

A Sérvia defronta a já apurada Itália a 7 de Outubro, consciente que a Estónia e a Eslovénia ainda podem chegar ao segundo lugar do grupo. As Ilhas Faroé não têm qualquer hipótese de fugir ao último lugar do grupo, após terem conquistado apenas quatro pontos em dez jogos.

Última actualização: 07-09-11 1.30CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2012/matches/round=15171/match=2002175/postmatch/report/index.html#servia+perdoa