O "site" oficial do futebol europeu

Chipre esmaga irlandeses

Publicado: Sábado, 7 de Outubro de 2006, 22.15CET
Chipre 5-2 República da Irlanda
A República da Irlanda sofreu a sua maior derrota dos últimos 35 anos, num jogo histórico para os cipriotas.

Estatísticas dos jogos

ChipreRepública da Irlanda

Golos marcados5
 
2
Remates à baliza14
 
6
Remates para fora8
 
4
Cantos5
 
7
Faltas cometidas18
 
26
Cartões amarelos7
 
3
Cartões vermelhos0
1

Classificação

Última actualização: 27/06/2012 14:13 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Publicado: Sábado, 7 de Outubro de 2006, 22.15CET

Chipre esmaga irlandeses

Chipre 5-2 República da Irlanda
A República da Irlanda sofreu a sua maior derrota dos últimos 35 anos, num jogo histórico para os cipriotas.

O Chipre vingou-se da pesada derrota sofrida no jogo de estreia do Grupo D de apuramento para o UEFA EURO 2008™ ao vencer de forma extraordinária a República da Irlanda por 5-2.

Conteúdos relacionados

Pior resultado em 35 anos
Depois da goleada sofrida na Eslováquia (6-1) e apesar de ter visto a Irlanda adiantar-se no marcador, o Chipre conseguiu um dos melhores resultados da sua história, com Michalis Konstantinou e Constantinos Charalambides a marcarem dois golos cada um. Já a selecção irlandesa, que viu Richard Dunne ser expulso pelo português Lucílio Batista, não sofria uma derrota tão pesada desde 1971 quando foi goleada pela Áustria, por 6-0.

Bom início
A República da Irlanda, que deixou boas indicações no primeiro jogo apesar da derrota por 1-0 frente à Alemanha, não pôde contar com seu técnico, Steve Staunton, suspenso, mas começou bem a partida, adiantando-se no marcador logo aos oito minutos por Stephen Ireland. Após um cruzamento da esquerda de Damien Duff, Aiden McGeady cabeceou para o remate vitorioso o médio do Manchester City FC.

Reviravolta cipriota
A vantagem forasteira só durou dois minutos: um mau alívio de Andy O'Brien sobrou para Konstantinou que, à segunda tentativa, empatou a partida. Um novo erro, desta vez do guarda-redes Paddy Kenny que substituiu o lesionado Shay Given, aos 16 minutos permitiu a reviravolta no marcador com Alexandros Garpozis a marcar de cabeça. Apesar da pressão da equipa da casa, e contra a corrente do jogo, a Irlanda empatou em cima do intervalo, com Dunne a marcar de cabeça após um canto apontado por Duff.

Penalty de Konstantinou
No entanto, a noite pertencia ao Chipre e, aos cinco minutos da segunda parte, Efstathios Aloneftis foi derrubado dentro da área por O'Brien com Konstantinou a converter a respectiva grande penalidade. Outro erro defensivo contribuiu para o quarto golo cipriota, aos 60 minutos, com Konstantinos Makridis a fazer a assistência para a conclusão do recém-entrado Charalambides.

Rumo a Gales
Charalambides bisou à entrada do último quarto-de-hora, em recarga a um primeiro cabeceamento de Konstantinou que Kenny não segurou. A miserável noite irlandesa ficou ainda pior três minutos depois quando Dunne foi expulso ao ver o segundo cartão amarelo, ficando de fora da recepção à República Checa na próxima quarta-feira. O Chipre desloca-se ao país de Gales motivado pela maior vitória da sua história.

Última actualização: 07-10-06 22.25CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2008/matches/round=2241/match=83627/postmatch/report/index.html#chipre+esmaga+irlandeses