O "site" oficial do futebol europeu

Eslováquia gela País de Gales

Publicado: Sábado, 7 de Outubro de 2006, 18.06CET
País de Gales 1-5 Eslováquia
A Eslováquia impôs a derrota mais pesada de sempre do País de Gales perante o seu público, na 50ª internacionalização do guardião Paul Jones.
por Paul Saffer
Eslováquia gela País de Gales
Dušan Švento celebra o tento inaugural no Millenium Stadium Getty Images

Estatísticas dos jogos

País de GalesEslováquia

Golos marcados1
 
5
Remates à baliza6
 
6
Remates para fora5
 
3
Cantos9
 
4
Faltas cometidas8
 
8
Cartões amarelos2
 
0
Cartões vermelhos0
 
0

Classificação

Última actualização: 27/06/2012 14:13 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Publicado: Sábado, 7 de Outubro de 2006, 18.06CET

Eslováquia gela País de Gales

País de Gales 1-5 Eslováquia
A Eslováquia impôs a derrota mais pesada de sempre do País de Gales perante o seu público, na 50ª internacionalização do guardião Paul Jones.

A Eslováquia impôs a derrota mais pesada de sempre do País de Gales perante o seu público, triunfando por 5-1 no Millennium Stadium, em Cardiff, assinalando da pior forma a 50ª internacionalização do guardião galês Paul Jones.

Conteúdos relacionados

Švento abre o activo
O País de Gales começou o jogo com grandes expectativas, após ter perdido somente pela margem mínima no seu primeiro encontro para o Grupo D de apuramento para o UEFA EURO 2008™, frente à República Checa, ao passo que a Eslováquia iniciara a respectiva campanha com uma goleada, por 6-1, frente ao Chipre, mas perdera, depois, na recepção aos vizinhos checos, por 3-0. Apesar de os galeses se terem apresentado sem Ryan Giggs, entre vários lesionados, começaram bastante bem, mas as coisas começaram a correr mal em Cardiff aos 14 minutos, quando Dušan Švento bateu Paul Jones, desviando um cruzamento de Robert Vittek.

Eslovacos aumentam a vantagem
Robert Earnshaw e Simon Davies ameaçaram para a equipa da casa, mas, logo após a meia-hora, Jones, que rapara o cabelo para assinalar a 50ª internacionalização, teve um momento para esquecer. O guarda-redes saiu da sua área para afastar a bola, mas esta foi parar aos pés de Marek Mintál, que calmamente rematou em arco, embora de longa distância, para o fundo das redes desertas. Somente cinco minutos mais tarde, os galeses relançaram o encontro, com Gareth Bale, de apenas 17 anos, a conseguir o seu primeiro golo pela selecção galesa, na transformação superior de um livre directo. Contudo, poucos segundos volvidos, Mintál devolveu a vantagem de dois golos no marcador, com um forte remate, fazendo a bola entrar junto ao poste mais próximo.

Delírio eslovaco
Um remate do capitão dos galeses, Craig Bellamy, passou ligeiramente ao lado, instantes antes do intervalo. Mas, seis minutos após o reatamento, o marcador subiu para 4-1. Ján Kozák cobrou um canto para a entrada da área, na direcção de Miroslav Karhan, cujo remate em arco não deu possibilidade de defesa a Jones. Davies reagiu pelo País de Gales, obrigando Kamil Čontofalský a uma boa intervenção, mas, aos 59 minutos, foi a Eslováquia quem chegou à meia-dezena de golos, com Vittek a entrar para o registo do encontro, desviando um cruzamento de Švento, devolvendo, assim, a oferta do primeiro tento.

Alemanha de visita à Eslováquia
O País de Gales tem agora de concentrar-se na recepção ao Chipre, quarta-feira, novamente no Millennium Stadium, ao passo que a Eslováquia se apresentará muito mais motivada perante o seu público para o encontro, no mesmo dia, com a Alemanha.

Última actualização: 07-10-06 19.47CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2008/matches/round=2241/match=83626/postmatch/report/index.html#eslovaquia+gela+pais+gales