Quartos-de-final - 21-06-2008 - 20:45CET (20:45 Hora local) - St. Jakob-Park - Basileia
1-3
Rússia vence no prolongamento  

Holanda - Rússia 1-3 - 21-06-2008 - Página do jogo - UEFA EURO 2008

 
O "site" oficial do futebol europeu

Van der Vaart quer matar saudades

Publicado: Sábado, 21 de Junho de 2008, 19.30CET
Rafael van der Vaart tinha cinco anos quando tocou pela primeira vez no troféu do Campeonato da Europa, algo que espera voltar a fazer em breve.
por Berend Scholten
de Basileia
Van der Vaart quer matar saudades
Rafael van der Vaart tem estado em evidência na selecção da Holanda ©Getty Images

Estatísticas da prova

HolandaRússia

Golos marcados10
 
7
Total de tentativas78
 
87
Remates à baliza31
 
32
Remates para fora32
 
44
Remates interceptados0
 
0
Remates nos postes1
 
4
Cantos11
 
41
Foras-de-jogo12
 
12
Cartões amarelos5
 
10
Cartões Vermelhos0
 
0
Faltas cometidas75
 
94
Faltas sofridas61
 
88
Publicado: Sábado, 21 de Junho de 2008, 19.30CET

Van der Vaart quer matar saudades

Rafael van der Vaart tinha cinco anos quando tocou pela primeira vez no troféu do Campeonato da Europa, algo que espera voltar a fazer em breve.

Rafael van der Vaart tinha cinco anos quando tocou pela primeira vez no troféu do Campeonato da Europa, algo que espera voltar a fazer em breve.

Dia inesquecível
A primeira vez que o organizador de jogo holandês tocou no troféu Henri Delaunay foi depois da vitória do seu país no EURO '88. A taça partiu em digressão pelo país, depois do triunfo na Alemanha, e incluiu uma passagem pelo De Kennemers, clube onde Van der Vaart dava os primeiros toques na bola. Nesse dia, o jovem jogador estava doente, pelo que os responsáveis do clube encontraram forma de levar o troféu até ao então jovem atleta, no dia seguinte. O capitão do Hamburger SV ainda recorda o momento especial. "Foi há 20 anos, há muito tempo", afirmou. "É tempo de voltar a fazê-lo. Obviamente, queremos ganhar este torneio".

"Ainda não ganhámos"
A equipa, orientada por Marco van Basten – cujo golo na final de 1988 contou com "alguma sorte", de acordo com o sorridente Van der Vaart –, está em muito boa posição de repetir o feito de há 20 anos. No entanto, as vitórias claras perante a Itália, França e Roménia, no Grupo C, não terão qualquer significado a menos que repitam o triunfo perante a Rússia, no jogo de sábado, dos quartos-de-final, em St. Jakob-Park. Van der Vaart foi claro: "Até agora, acho que fizemos um torneio muito bom, mas, se perdermos no fim-de-semana, estamos fora", avisou. "Ainda assim, começámos com bastante confiança".

"Bom futebol"
A antiga estrela do AFC Ajax marcou presença nos dois primeiros triunfos da Holanda, em Berna, antes de ficar de fora com a Roménia. Esta pausa terá servido para que o jogador pudesse observar a vitória da Rússia sobre a Suécia, no Grupo D, na quarta-feira. E parecia bastante impressionado quando falou sobre a equipa de Guus Hiddink: "A Rússia joga bom futebol, incrivelmente rápido e o Andrei Arshavin é muito bom jogador, uma estrela. Atacam muito bem, por isso teremos de ter algumas cautelas". De outra forma, a espera de Van der Vaart poderá prolongar-se por mais algum tempo.

Última actualização: 21-06-08 20.09CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2008/matches/round=15094/match=301701/prematch/focus/index.html#van+vaart+quer+matar+saudades