O "site" oficial do futebol europeu

Portugal cai perante alemães letais

Publicado: Sexta-feira, 20 de Junho de 2008, 0.59CET
Portugal 2-3 Alemanha
A selecção alemã revelou-se letal em Basileia, colocando um cruel ponto final no sonho português.
por Nuno Tavares
de St. Jakob-Park, em Basileia
Portugal cai perante alemães letais
Michael Ballack apontou o terceiro golo da Alemanha frente a Portugal ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

PortugalAlemanha

Golos marcados2
 
3
Remates à baliza6
 
5
Remates para fora12
 
5
Cantos8
 
3
Faltas cometidas11
 
15
Cartões amarelos3
 
2
Cartões vermelhos0
 
0

Classificação

Publicado: Sexta-feira, 20 de Junho de 2008, 0.59CET

Portugal cai perante alemães letais

Portugal 2-3 Alemanha
A selecção alemã revelou-se letal em Basileia, colocando um cruel ponto final no sonho português.

Portugal despediu-se esta quinta-feira do UEFA EURO 2008, ao perder por 3-2 nos quartos-de-final, frente à Alemanha. A "mannschaft" revelou-se letal no St. Jakob-Park, em Basileia, com Bastian Schweinsteiger, Miroslav Klose e Michael Ballack a assinarem os tentos da formação de Joachim Löw. Nuno Gomes e Hélder Postiga marcaram pela selecção portuguesa.

Os primeiros minutos ofereceram uma intensa e apaixonante luta pelo comando do meio-campo, sem que nenhuma das equipas conseguisse garantir tal desiderato. O equilíbrio traduziu-se em constantes alternâncias na posse de bola, ainda que a magia dos passes de Deco fosse, aqui e ali, colocando em sentido os flancos germânicos. O primeiro remate à baliza só surgiu aos 15 minutos e nasceu de mais uma pequena pérola de Deco, que solicitou a entrada de Simão na direita, com o extremo português a rematar para uma defesa segura de Jens Lehmann. E foi preciso esperar apenas mais cinco minutos para João Moutinho desperdiçar a primeira grande ocasião de golo do encontro. Bosingwa foi à linha no lado direito e cruzou para a entrada do médio do Sporting, mas este hesitou e acabou por atirar por cima da barra com a coxa.

A Alemanha ia limitando as suas acções ofensivas a esporádicas incursões de Bastian Schweinsteiger pelo lado direito, mas quis o destino que o médio do FC Bayern München voltasse a revelar a mesma inspiração que lhe permitiu bisar frente a Portugal no jogo de atribuição do terceiro lugar no Mundial de 2006. Estavam decorridos 22 minutos quando Michael Ballack e Lukas Podolski combinaram bem na esquerda, com o último a cruzar na perfeição para a entrada vitoriosa de Schweinsteiger, que se adiantou a Paulo Ferreira e bateu Ricardo. Fazendo jus à frieza e letalidade que sempre foram a sua imagem de marca, os alemães chegaram ao 2-0 aos 26 minutos. Schweinsteiger cobrou um livre descaído na esquerda e cruzou para a área portuguesa, aparecendo o embalado e desmarcado Klose a cabecear para o fundo da baliza.

Portugal abanou, mas sem nunca cair. Mesmo já sem João Moutinho, que foi substituído por Raul Meireles à meia-hora de jogo, devido a lesão, os comandados de Luiz Felipe Scolari encheram o peito e partiram de imediato em busca da redenção. Liderada pelo omnipresente Deco e com Bosingwa a criar desequilíbrios no seu flanco, a equipa portuguesa logrou mesmo reduzir a cinco minutos do intervalo. Cristiano Ronaldo surgiu em posição privilegiada e rematou para uma boa defesa de Lehmann, mas a bola sobrou para Nuno Gomes, que não perdoou na recarga, de nada valendo a desesperada tentativa de corte de Christoph Metzelder. Completamente por cima, Portugal esteve a escassos centímetros de restabelecer a igualdade mesmo em cima do intervalo, mas Ronaldo não foi feliz.

A vontade de marcar cedo com que a equipa portuguesa regressou dos balneários causou problemas madrugadores à Alemanha, como atestam os cartões amarelos vistos pelos laterais Arne Friedrich e Philipp Lahm. O 2-2 só não foi uma realidade aos 57 minutos porque Pepe cabeceou por cima da barra a um metro da linha fatal, isto após Deco ter desviado de cabeça ao primeiro poste, na sequência de um canto. Asfixiada pelo vendaval português, a Alemanha sentia dificuldades inclusive em sair do seu meio-campo, mas praticamente na primeira vez em que o conseguiu chegou ao 3-1. Schweinsteiger, sempre ele, cobrou um livre na esquerda e cruzou para a área portuguesa, com Ballack a aproveitar a indecisão de Paulo Ferreira e Ricardo para cabecear para o fundo das redes.

Scolari  não perdeu tempo e fez entrar Nani para o lugar de Nuno Gomes, com Ronaldo a derivar para o papel de ponta-de-lança. A desvantagem de dois golos teve um natural impacto negativo na manobra de ataque de Portugal, com a vontade de fazer tudo rápido a emperrar o entusiasmante carrossel das "quinas". Os remates à baliza alemã (quase eles de fora da área) iam sucedendo-se à mesma velocidade com que diminuíam as esperanças portuguesas. O suplente Hélder Postiga ainda logrou reduzir para 3-2 aos 87 minutos, ao desviar de cabeça um cruzamento de Nani, mas o sonho de repetir o épico jogo dos quartos-de-final de há quatro anos, frente à Inglaterra, não passou de uma mera ilusão.

Última actualização: 29-01-12 14.48CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2008/matches/round=15094/match=301699/postmatch/report/index.html#eficacia+alema+prevalece

Equipas

Portugal

Portugal

Alemanha

Alemanha

1
RicardoRicardo (GR)
1
LehmannJens Lehmann (GR)
2
FerreiraPaulo Ferreira
3
FriedrichArne Friedrich
Yellow Card48
4
BosingwaJosé Bosingwa
6
RolfesSimon Rolfes
7
RonaldoCristiano Ronaldo
7
SchweinsteigerBastian Schweinsteiger
Goal22
Substitution83
8
PetitPetit
Yellow Card26
Substitution73
11
KloseMiroslav Klose
Goal26
Substitution89
10
João MoutinhoJoão Moutinho
Substitution31
13
BallackMichael Ballack (C)
Goal61
11
SimãoSimão
15
HitzlspergerThomas Hitzlsperger
Substitution73
15
PepePepe
Yellow Card60
16
LahmPhilipp Lahm
Yellow Card49
16
Ricardo CarvalhoRicardo Carvalho
17
MertesackerPer Mertesacker
20
DecoDeco
20
PodolskiLukas Podolski
21
Nuno GomesNuno Gomes (C)
Goal40
Substitution67
21
MetzelderChristoph Metzelder

suplentes

12
NunoNuno (GR)
12
EnkeRobert Enke (GR)
22
Rui PatrícioRui Patrício (GR)
23
AdlerRené Adler (GR)
3
Bruno AlvesBruno Alves
2
JansenMarcell Jansen
Substitution89
5
Fernando MeiraFernando Meira
4
FritzClemens Fritz
Substitution83
6
Raul MeirelesRaul Meireles
Substitution31
5
WestermannHeiko Westermann
9
Hugo AlmeidaHugo Almeida
8
FringsTorsten Frings
13
MiguelMiguel
9
GomezMario Gomez
14
Jorge RibeiroJorge Ribeiro
10
NeuvilleOliver Neuville
17
QuaresmaRicardo Quaresma
14
TrochowskiPiotr Trochowski
18
Miguel VelosoMiguel Veloso
18
BorowskiTim Borowski
Substitution73
19
NaniNani
Substitution67
19
OdonkorDavid Odonkor
23
Hélder PostigaHélder Postiga
Substitution73
Goal87
Yellow Card90
22
KuranyiKevin Kuranyi

Treinador

Luiz Felipe Scolari (BRA) Hans-Dieter Flick (GER)

Legenda:

  • GolosGolos
  • Auto-goloAuto-golo
  • Grandes penalidadesGrandes penalidades
  • Penalties falhadosPenalties falhados
  • reds_cardCartões Vermelhos
  • yellow_cardsCartões amarelos
  • yellow_red_cardsDuplo amarelo
  • SubstituiçãoSubstituição