O "site" oficial do futebol europeu

Bilić dá crédito aos suplentes

Publicado: Terça-feira, 17 de Junho de 2008, 0.12CET
O seleccionador croata elogiou a vitória sobre a Polónia, enquanto Leo Beenhakker concluiu que a sua formação "não foi suficientemente boa".
por Trevor Haylett
de Wörthersee Stadion
Bilić dá crédito aos suplentes
Slaven Bilic festeja com os seus jogadores ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

PolóniaCroácia

Golos marcados0
1
Remates à baliza3
 
7
Remates para fora11
 
9
Cantos5
 
1
Faltas cometidas24
 
16
Cartões amarelos2
 
2
Cartões vermelhos0
 
0

Classificação

Última actualização: 27/06/2012 14:12 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Publicado: Terça-feira, 17 de Junho de 2008, 0.12CET

Bilić dá crédito aos suplentes

O seleccionador croata elogiou a vitória sobre a Polónia, enquanto Leo Beenhakker concluiu que a sua formação "não foi suficientemente boa".

Slaven Bilić, seleccionador da Croácia, elogiou os seus jogadores menos utilizados que derrotaram a Polónia por 1-0, dando à Croácia a terceira vitória seguida no Grupo B. O treinador, que definiu a sua equipa como "uma grande selecção croata", não quis falar do embate dos quartos-de-final contra a Turquia, mas disse que, apesar de as expectativas serem elevadas, a Croácia vai preparar esse jogo como se fosse apenas mais um. Leo Beenhakker, seleccionador da Polónia, referiu que a sua equipa, com apenas um ponto conquistado em três jogos, mostrou que ainda não é suficientemente boa para jogar a este nível. Prometeu que a selecção polaca vai continuar a trabalhar para, no futuro, poder "competir com os países mais fortes".

Slaven Bilić, seleccionador da Croácia
"É um grande feito ganhar três jogos consecutivos, especialmente num Campeonato da Europa. Não somos os primeiros a fazê-lo, mas não houve assim tantos antes de nós. Isto significa que estávamos certos. Sabíamos que estes jogadores podiam fazer um excelente jogo. A nossa vitória foi merecida e se [Artur] Boruc não fosse um guarda-redes tão bom, podíamos ter chegado ao intervalo a ganhar por dois golos de diferença. A Polónia não foi um adversário fácil. É uma equipa difícil e bem organizada. Também não tinha sido fácil para a Alemanha e Áustria, sendo que quando ataca com cinco ou seis jogadores pode causar problemas. Não ganhámos porque a Polónia é fraca, mas porque fizemos um excelente jogo. Estou certo que esta foi a vitória de uma excelente selecção da Croácia e não a derrota de uma má equipa da Polónia".

Leo Beenhakker, seleccionador da Polónia
"Tentámos, mas não fomos suficientemente bons. Foi mais ou menos o que aconteceu em todo o torneio. Estamos todos muito desiludidos porque queríamos fazer melhor e tínhamos ambições realistas porque mostrámos ao longo da fase de qualificação que podemos fazer melhor. Mas tenho de admitir que durante esta fase final não fomos suficientemente bons. Vários jogadores importantes não estavam na melhor forma, jogadores que fizeram a diferença na fase de qualificação, como Euzebiusz] Smolarek, [Mariusz] Lewandowski e [Jacek] Krzynówek. Não os critico por isso. Nenhum jogador pode jogar três anos ou uma época inteira ao mesmo nível, sobretudo quando os adversários são tão fortes. A Croácia tem alguns jogadores fantásticos e, para mim, são um outsider perigoso [para ganhar o campeonato]. 

Última actualização: 17-06-08 1.00CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2008/matches/round=15093/match=300701/postmatch/quotes/index.html#bilic+credito+suplentes