Quartos-de-final - 26-06-2004 - 20:45CET (19:45 Hora local) - Estádio Algarve - Faro-Loulé
0-0
Holanda vence 5-4 nos penalties 

Suécia - Holanda 0-0 - 26-06-2004 - Página do jogo - UEFA EURO 2004

 
O "site" oficial do futebol europeu

Jogo de ataque no Algarve

Publicado: Sábado, 26 de Junho de 2004, 18.15CET
A Suécia e a Holanda poderão protagonizar um extraordinário duelo no Estádio Algarve, na disputa de um lugar nas meias-finais do EURO 2004™.
por Mark Chaplin
de Lisboa

Estatísticas da prova

SuéciaHolanda

Golos marcados8
 
7
Total de tentativas57
 
87
Remates à baliza27
 
42
Remates para fora24
 
35
Remates interceptados0
 
0
Remates nos postes3
 
3
Cantos24
 
34
Foras-de-jogo15
 
14
Cartões amarelos8
 
10
Cartões Vermelhos0
1
Faltas cometidas82
 
105
Faltas sofridas77
 
92
Publicado: Sábado, 26 de Junho de 2004, 18.15CET

Jogo de ataque no Algarve

A Suécia e a Holanda poderão protagonizar um extraordinário duelo no Estádio Algarve, na disputa de um lugar nas meias-finais do EURO 2004™.

Suécia e Holanda poderão oferecer um espectacular duelo nos quartos-de-final quando, este sábado, se defrontarem no Estádio Algarve. Os defesas de ambas as equipas abordam o encontro em autêntico alerta vermelho, tendo em conta que irão bater-se com alguns dos maiores talentos atacantes presentes no UEFA EURO 2004™.

Promessa atacante
As duas selecções vincaram previamente o seu poderio ofensivo e ninguém pode avançar prognósticos com inteira confiança. Seria, aliás, com enorme surpresa que se encararia um desfecho pobre em golos. A Suécia chega aos quartos-de-final com um ataque que foi "apenas" um dos mais realizadores da fase de grupos da competição.

Golo maravilhoso
Os escandinavos começaram de forma demolidora, despachando a Bulgária com cinco golos sem resposta. Um maravilhoso remate de Zlatan Ibrahimovic valeu o empate com a Itália e, no derradeiro desafio, frente à vizinha Dinamarca, surgiu a exibição menos conseguida, mas, ainda assim, a igualdade bastou para os suecos festejarem o primeiro lugar no Grupo C.

Ajuda checa
A Holanda obteve preciosa ajuda da República Checa, rival no Grupo D, que triunfou sobre a Alemanha, colocando a selecção "laranja" no caminho do apuramento. Simultaneamente, em Braga, os holandeses batiam convincentemente a Letónia, carimbando o passaporte para os quartos-de-final. Após o empate no jogo de abertura, frente à Alemanha, a Holanda deixou escapar uma vantagem de dois golos e perdeu com os checos, numa emocionante partida que terminou com o resultado de 3-2.

Golo de Makaay
Quis o destino que este desafio dos quartos-de-final resultasse numa oportunidade única para observar alguns dos mais extraordinários pontas-de-lança do futebol europeu, incluindo Ruud van Nistelrooij, que apontou quatro golos no Grupo D. Dick Advocaat, que irá estabelecer um recorde ao orientar pela 54.ª vez a selecção nacional holandesa, debate-se com o excesso de qualidade no ataque, sendo forçado a deixar no banco de suplentes finalizadores mortíferos como Roy Makaay, Patrick Kluivert e Pierre van Hooijdonk. No entanto, Makaay saltou do banco para assinar o terceiro golo frente à Letónia.

Dupla explosiva
O cerne do ataque sueco é alimentado por Ibrahimovic e pelo espantoso Henrik Larsson, que já assinou três tentos na competição, sendo que o mais espectacular surgiu no jogo frente à Bulgária, na sequência de um cabeceamento em voo. "Entendemo-nos dentro e fora do campo", confessou Larsson sobre a parceria atacante. "Ele faz coisas que eu julgava não serem possíveis".

"Pressão diferente"
Os nórdicos abordam a partida cheios de confiança. "Penso que o facto de termos passado a fase de grupos irá suavizar a pressão que incidia sobre nós", sustentou o capitão Olof Mellberg. "Na fase eliminatória a pressão é diferente e a preparação também, e tenho a certeza que estamos preparados para o desafio".

Lucic de início?
A Suécia poderá apresentar-se sem os habituais titulares no centro da defesa, devido à suspensão de Edman e à lesão de Teddy Lucic, o que significa que o antigo avançado Alexander Östlund poderá ter uma oportunidade. "O Teddy vai treinar hoje e então tomaremos uma decisão", afirmou o co-seleccionador, Lars Lagerbäck. Tobias Linderoth deverá regressar, após cumprir castigo, enquanto que Mattias Jonson e Anders Svensson deverão fazer parte do onze inicial.

"O melhor futebol do torneio"
Van Nistelrooij antevê uma jornada dura para a sua equipa, tendo afirmado a propósito do adversário: "Eles apresentaram o melhor futebol do torneio até ao momento, os seus avançados estão em forma e marcaram muitos golos. Temos de ter a certeza que vamos controlá-los". Resta a certeza de que Advocaat poderá preparar o encontro num ambiente mais desanuviado, depois de a derrota com os checos ter levantado enormes interrogações.

Bouma ausente
O defesa central holandês Wilfred Bouma não participou no jogo com os letões, devido a um problema no tendão de Aquiles. O corpo médico confirmou que o jogador poderia ser utilizado frente à Suécia, embora com a ajuda de analgésicos, mas os holandeses não vão correr esse risco, pelo que Frank de Boer será novamente o eleito.

Confirmação sueca? 
Espera-se que os dois sectores mais recuados sejam sujeitos a um grande teste em Faro. A Suécia tem como objectivo confirmar a sua brilhante capacidade finalizadora. Os holandeses poderão, eventualmente, ser vítimas das suas fragilidades defensivas, realidade nada condizente com as suas credenciais. Porém, a qualidade do conjunto "laranja" constituirá, sem dúvida alguma, um duro teste ao potencial da Suécia que querem fundamentar uma candidatura ao título europeu.

Holanda (equipa provável): Van der Sar; Reiziger, De Boer, Stam e Van Bronckhorst; Seedorf, Davids e Cocu; Van der Meyde e Robben; Van Nistelrooij.

Suécia (equipa provável): Isaksson; Nilsson, Jakobsson, Mellberg e Lucic; Jonson, Svensson, Linderoth e Ljungberg; Ibrahimovic e Larsson.

Árbitro: Luboš Michel (Esl).  

Última actualização: 26-06-04 18.13CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2004/matches/round=1582/match=1059190/prematch/preview/index.html#jogo+ataque+algarve