Fase final - Fase de grupos (Grupo B : FRA / ENG / SUI / CRO) - 17-06-2004 - 20:45CET (19:45 Hora local) - Dr. Magalhães Pessoa - Leiria
2-2
 

Croácia - França 2-2 - 17-06-2004 - Página do jogo - UEFA EURO 2004

 
O "site" oficial do futebol europeu

França pronta para Croácia renovada

Publicado: Quarta-feira, 16 de Junho de 2004, 16.45CET
A impressionante recuperação da França frente à Inglaterra deixa os gauleses com uma tarefa menos complicada face à Croácia.
por Mark Chaplin
de Lisboa

Estatísticas da prova

CroáciaFrança

Golos marcados6
 
7
Posse de bola(%)0
100
Total de tentativas39
 
54
Remates à baliza21
 
24
Remates para fora13
 
28
Remates defendidos5
 
2
nos postes0
 
0
Cantos15
 
24
Foras-de-jogo10
 
9
Cartões amarelos17
 
7
Cartões Vermelhos1
 
0
Faltas cometidas55
 
71
Faltas sofridas50
 
72
Publicado: Quarta-feira, 16 de Junho de 2004, 16.45CET

França pronta para Croácia renovada

A impressionante recuperação da França frente à Inglaterra deixa os gauleses com uma tarefa menos complicada face à Croácia.

A impressionante recuperação da França frente à Inglaterra mesmo no final do encontro de domingo, em Lisboa - talvez o maior motivo de conversa do UEFA EURO 2004™ até ao momento -, deixa os campeões europeus em título com uma tarefa menos complicada frente à Croácia, no jogo de quinta-feira, a contar para o Grupo B.

Final emotivo
O final emotivo, provocado pelo livre directo e pela grande penalidade cobradas por Zinedine Zidane nos descontos, garantiu à equipa de Jacques Santini um triunfo impressionante. Caso vença a Croácia, que empatou a zero com a Suíça no mesmo dia, a França fica automaticamente apurada para os quartos-de-final.

Visita ao santuário
A selecção de Otto Baric não conseguiu derrotar uma selecção suíça que jogou toda a segunda parte reduzida a dez elementos, e certamente procurará fazer um jogo melhor frente a tão ilustre adversário. Resta saber se a visita feita ao santuário de Fátima, na véspera do jogo, dará a inspiração necessária para encarar o encontro.

Oposição dura
Ainda assim, qualquer ajuda espiritual que os jogadores croatas possam ter recolhido será bem aceite, já que em qualquer jogo com a França, o adversário tem de rezar um pouco e esperar não encontrar os pupilos de Santini numa daquelas noites imparáveis. Uma derrota da Croácia colocará em risco a tão desejada passagem aos quartos-de-final.

Mudanças esperadas
Consequentemente, Baric tem considerado a hipótese de fazer descansar alguns jogadores para o terceiro jogo do grupo, frente à Inglaterra. Cinco croatas poderão perder esse encontro se virem um um cartão amarelo no jogo com a França e Baric - compreensivelmente nada impressionado com a actuação da sua equipa frente à Suíça - também pode proceder a alterações no ataque.

Klasnic de início
Dado Pršo e Tomislav Šokota, anulados pela defesa suíça no jogo de domingo, podem ficar de fora. Ivan Klasnic, que recentemente comemorou a conquista do título alemão ao serviço do SV Werder Bremen, poderá ser titular, com Ivica Olic a desempenhar um papel no ataque, depois de ter actuado no flanco esquerdo com a Suíça. Pršo, em particular, será necessário para mais tarde tentar bater a defesa inglesa. Na defesa, Igor Tudor pode regressar ao eixo, depois de ter cumprido castigo no jogo de abertura.

Regresso de Desailly
Entretanto, Jacques Santini, seleccionador francês, poderá fazer alinhar Willy Sagnol na posição de lateral direito ofensivo, Marcel Desailly no eixo da defesa e Oliver Dacourt no lugar de Makelele, caso este não recupere de uma lesão num ombro. Caso a Croácia não esteja à altura, o sempre perigoso Zidane poderá ser o homem ideal para criar oportunidades de golo para Thierry Henry e David Trezeguet. "Temos de encontrar soluções para penetrar na defensiva croata, tal como fizemos com a Inglaterra", disse Santini.

Jogar em contra-ataque
A Croácia enfrentará menos pressão, uma vez que não é considerada favorita. Mesmo que a sua prioridade seja não conceder espaços a Zidane e aos seus companheiros de equipa, os homens de Baric procurarão colocar a bola rapidamente na frente, para assim surpreender os gauleses.

"Jogar sem pressão"
"O nosso objectivo é não perder com a França, mas jogaremos sem pressão, porque não somos favoritos. Não seria uma tragédia perder frente a uma equipa como esta", explicou Drazen Ladic, treinador-adjunto da Croácia.

Espectáculo interessante
Para que consiga pontuar, a Croácia terá que fazer muito mais do que aquilo que produziu frente à Suíça. É certo que a França parte como favorita, mas a memória dos acontecimentos emocionantes de domingo frente aos ingleses servirão para lembrar o que faz do futebol um espectáculo tão interessante.

França (equipa provável): Barthez; Sagnol, Thuram, Desailly, Lizarazu; Pires, Dacourt, Vieria, Zidane; Henry, Trezeguet.

Croácia (equipa provável): Butina; Šimic, Robert Kovac, Tudor, Šimunic; Mornar, Bjelica, Niko Kovac, Rapaic; Olic, Šokota.

Árbitro: Kim Milton Nielsen (Den).

Última actualização: 17-06-04 0.49CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=2004/matches/round=1581/match=1059175/prematch/preview/index.html#franca+pronta+para+croacia+renovada