O "site" oficial do futebol europeu

Espanha volta a derrubar a Dinamarca

Publicado: Domingo, 5 de Outubro de 2003, 14.45CET
Dinamarca 2-3 Espanha
Após eliminar a Dinamarca do último Mundial e Campeonato da Europa, a Espanha voltou a ser mais forte no arranque do Grupo 1.
Espanha volta a derrubar a Dinamarca
Emilio Butragueño marca no jogo ante a Dinamarca ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

DinamarcaEspanha

Golos marcados2
 
3
Cartões amarelos0
3
Cartões vermelhos0
 
0

Classificação

Última actualização: 27/06/2012 14:36 CET

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Publicado: Domingo, 5 de Outubro de 2003, 14.45CET

Espanha volta a derrubar a Dinamarca

Dinamarca 2-3 Espanha
Após eliminar a Dinamarca do último Mundial e Campeonato da Europa, a Espanha voltou a ser mais forte no arranque do Grupo 1.

Carrasco da Dinamarca na edição anterior do Campeonato da Europa e do Campeonato do Mundo, a Espanha voltou a ser demasiado forte no jogo inaugural das duas equipas no EURO '88.

Em Hannover, a terceira vitória nos confrontos entre ambas em fases finais raramente pareceu em dúvida. O treinador da Dinamarca, Josef Piontek, colocou Jan Heintze a marcar Míchel, mas foi incapaz de impedir o estratega espanhol de marcar o primeiro golo e controlar o jogo. Apesar de a Dinamarca ter empatado, Emilio Butragueño e Rafael Gordillo deram à Espanha uma vantagem de dois golos antes de Flemming Povlsen reduzir a diferença, a oito minutos do fim.

Foram precisos apenas cinco minutos para Míchel encontrar o ritmo certo, combinando com Butragueño e Ricardo Gallego antes de bater o guarda-redes Troels Rasmussen. A boa jogada e remate colocado de Michael Laudrup empataram a contenda, mas a Espanha controlava os acontecimentos e desperdiçou inclusive um penalty, com Rasmussen a defender o remate de Míchel.

No entanto, os pupilos de Miguel Muñoz Mozún chegaram à merecida vantagem aos oito minutos da segunda parte, com Butragueño a concluir uma assistência de José María Bakero. Com Frank Arnesen de fora por lesão e Preben Elkjær colocado demasiado à frente, não aproveitando ao máximo as suas fortes arrancadas, a Dinamarca estava constantemente a defender. O livre de Rafael Gordillo aumentou a diferença no marcador, e apesar de o cabeceamento de Povlsen ter devolvido a esperança aos nórdicos, a Espanha já tinha feito o suficiente para ganhar.

Última actualização: 22-05-12 18.19CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=1988/matches/round=212/match=6/postmatch/report/index.html#espanha+domina+dinamarca