O "site" oficial do futebol europeu

URSS em grande estilo bate jovem Itália

Publicado: Domingo, 5 de Outubro de 2003, 14.10CET
União Soviética 2-0 Itália
Sergiy Litovchenko e Oleh Protasov marcaram no espaço de cinco minutos da segunda parte e apuraram a URSS para a final com a Holanda.
URSS em grande estilo bate jovem Itália
Sergei Aleinikov, da URSS, tenta fugir a Giuseppe Bergomi, da Itália, no jogo das meias-finais ©Bob Thomas/Getty Images

Estatísticas dos jogos

URSSItália

Golos marcados2
 
0
Cartões amarelos3
 
3
Cartões vermelhos0
 
0

Classificação

Publicado: Domingo, 5 de Outubro de 2003, 14.10CET

URSS em grande estilo bate jovem Itália

União Soviética 2-0 Itália
Sergiy Litovchenko e Oleh Protasov marcaram no espaço de cinco minutos da segunda parte e apuraram a URSS para a final com a Holanda.

Dois golos num período de cinco minutos, na segunda parte, apuraram a União Soviética para a sua quarta final em Campeonatos da Europa – a Itália simplesmente não teve como parar a força e a criatividade dos russos.

Ao fim de 60 minutos de um jogo disputado, por vezes tenso, chegaram os momentos decisivos. Primeiro, Oleh Kuznetsov e Oleksiy Mykhailychenko tabelaram para permitir ao activo Serhiy Litovchenko abrir o activo. Depois, ainda os "azurri" digeriam a desvantagem, Oleh Protasov fez o 2-0. Os italianos, pouco experientes, não tiveram resposta.

Os russos tinham começado nervosos e o jogo ainda mal completara o segundo minuto quando Kuznetsov, que tinha estado insuperável no centro da defesa russa ao longo de todo o torneio, viu um cartão amarelo que o deixaria de fora da final. Mas ao intervalo, com as equipas empatadas sem golos, continuava a ser difícil saber quem se apuraria para defrontar os holandeses na final.

Para os transalpinos, até então invictos na prova, era um bom sinal – em todos os três jogos da fase de grupos, tinham chegado ao fim da primeira parte empatados a zero. Mas no regresso foi a URSS a tomar conta do jogo. E, aos 58 minutos, teve a recompensa dos seus esforços, quando Kuznetsov avançou no meio-campo italiano e passou para Mykhailychenko, que quase se atrapalhava, mas assistiu Litovchenko – e este, apesar de ter visto o primeiro remate defendido, insistiu e abriu o activo.

O 2-0 não tardaria: o pequeno Olexandr Zavarov escapou à marcação na ala esquerda e, com a parte de fora do pé direito, deixou a bola redonda em Protasov, que fez jus à condição de goleador. A Itália quis alterar o rumo que o jogo levava – Gianluca Vialli, na altura com com 23 anos, desperdiçaria a sua melhor oportunidade –, mas seria a URSS a garantir a presença na final, onde reencontraria uma selecção holandesa que já tinha vencido por 1-0 no primeiro jogo da fase de grupos.

Última actualização: 22-05-12 21.29CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=1988/matches/round=209/match=21/postmatch/report/index.html#urss+vence+italia