Final - 27-06-1984 - 20:00CET (20:00 Hora local) - Parc des Princes - Paris
2-0
 

França - Espanha 2-0 - 27-06-1984 - Página do jogo - UEFA EURO 1984

O "site" oficial do futebol europeu

França campeã em casa

Publicado: Sábado, 4 de Outubro de 2003, 11.28CET
França 2-0 Espanha
Michel Platini marcou o nono golo na prova e Bruno Ballone fixou o resultado no último minuto, com o anfitrião a conquistar o primeiro troféu internacional.
França campeã em casa
1984: France ©Getty Images

Classificação

Publicado: Sábado, 4 de Outubro de 2003, 11.28CET

França campeã em casa

França 2-0 Espanha
Michel Platini marcou o nono golo na prova e Bruno Ballone fixou o resultado no último minuto, com o anfitrião a conquistar o primeiro troféu internacional.

Com tanta coisa em jogo e defrontando um adversário com bastante garra, a França teve imensos problemas para conseguir impor o seu jogo. Os espanhóis eram mais rápidos sobre a bola e Santiago Urkiaga causava problemas nos cruzamentos. Numa dessas iniciativas, a bola foi cruzada para a cabeça de Carlos Santillana, que serviu Victor Muñoz, que cabeceou ligeiramente ao lado do poste mais distante.

Espanha mais perto
Mas os espanhóis depressa tomaram medidas mais cautelosas. Victor (cometendo falta sobre Luis Fernandez), Julio Alberto (por derrube a Jean Tigana), Ricardo Gallego e Francisco Carrasco viram cartões amarelos quase sucessivamente. Santillana (um jogador muito bom pelo ar, para alguém que nem era muito alto), viu o seu cabeceamento ser aliviado de cabeça na linha de golo por Patrick Battiston, e, de seguida, rematou por cima da trave. Entretanto, a França não havia criado uma única oportunidade de golo. O intervalo foi um alívio.

O livre de Platini
Pouco depois do intervalo, eis que surgiu o momento do jogo. Ironicamente, num torneio tão competitivo, teria de ser através deste erro, o momento pelo qual ficou marcada a carreira do culpado. O árbitro considerou que Salva terá cometido falta próximo da entrada da área sobre Bernard Lacombe. O remate em arco de Michel Platini possibilitava uma defesa relativamente fácil mas o livre marcado por Michel Platini, dado ter saído muito mais em jeito do que em força e na direcção do guarda-redes espanhol, após ter contornado a barreira.

O momento
O guarda-redes espanhol já havia defendido remates bem mais poderosos e complicados durante o torneio, tendo-se redimido de uma nervosa prestação no Mundial de 1982, jogado em casa. Aqui, fez-se à bola e foi ao chão como normalmente, para recolhê-la junto ao corpo. Todavia, deixou escapá-la para lá da linha de golo, tornando-se infrutífera a estirada em direcção das redes, numa desesperada tentativa de recuperação da bola. Tratou-se de uma dádiva de um capitão para outro e que constituiu, acima de tudo, um duríssimo golpe na moral que havia conduzido a Espanha até ali. Apesar de Santillana continuar a causar problemas pelo ar, eles não foram mais os mesmos na restante meia hora.

O chapéu de Bellone
Depois de Arconada ter defendido um remate de Lacombe, Alain Giresse rematou por cima e Platini quase conseguiu o golo da tranquilidade com um perigoso cabeceamento. A expulsão de Yvon Le Roux, por falta sobre Manuel Sarabia, surgiu tarde demais para a Espanha. Tigana - considerado o jogador do campeonato, apesar dos golos de Platini - isolou Bruno Bellone para fazer um chapéu a Arconada, sendo que este golo foi o único dos 14 marcados pela França a ser obtido por um avançado. Os nove golos de Platini foram mais do que a Espanha e Portugal conseguiram marcar em todo a prova.

Um ano perfeito
A França aproveitou da melhor forma a vantagem de alinhar perante o seu público, mas foi justo ver aquela geração de jogadores ganhar algo depois de duas meias-finais de Mundiais FIFA. Mais ninguém podia dizer que tinha o direito de ser a melhor equipa da Europa: os franceses jogaram 12 jogos nesse ano e venceram todos.

Última actualização: 23-06-12 14.33CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=1984/matches/round=204/match=3463/postmatch/report/index.html#franca+campea+casa

Equipas

França

França

Espanha

Espanha

1
BatsJoël Bats (GR)
1
ArconadaLuis Arconada (GR) (C)
3
DomergueJean-François Domergue
2
UrquiagaSantiago Urquiaga
4
BossisMax Bossis
3
CamachoJosé Antonio Camacho
5
BattistonPatrick Battiston
Substitution73
10
GallegoRicardo Gallego
Yellow Card26
15
Le RouxYvon Le Roux
Yellow Card54
Red/Yellow Card85
12
SalvaSalva
Substitution85
6
FernándezLuis Fernández
Yellow Card30
7
SeñorJuan Antonio Señor
10
PlatiniMichel Platini (C)
Goal57
8
Víctor MuñozVíctor Muñoz
12
GiresseAlain Giresse
14
Julio AlbertoJulio Alberto
Substitution75
14
TiganaJean Tigana
16
Francisco LópezFrancisco López
11
BelloneBruno Bellone
Goal90
9
SantillanaCarlos Santillana

suplentes

2
AmorosManuel Amoros
Substitution73
19
SarabiaManuel Sarabia
Substitution75
9
GenghiniBernard Genghini
Substitution80
15
RobertoFernandez Bonillo Roberto
Substitution85

Treinador

Michel Hidalgo (FRA) Miguel Muñoz Mozún (ESP)

Legenda:

  • GolosGolos
  • Auto-goloAuto-golo
  • Grandes penalidadesGrandes penalidades
  • Penalties falhadosPenalties falhados
  • reds_cardCartões Vermelhos
  • yellow_cardsCartões amarelos
  • yellow_red_cardsDuplo amarelo
  • SubstituiçãoSubstituição