O "site" oficial do futebol europeu

Espanha paga o preço frente à Inglaterra

Publicado: Sábado, 4 de Outubro de 2003, 10.45CET
Espanha 1-2 Inglaterra
Dani converteu um penalty, mas falhou outro e a Inglaterra triunfou deixando à Espanha no último lugar do grupo.
Espanha paga o preço frente à Inglaterra
Os homens de Ron Greenwood tiveram algum consolo ao baterem a Espanha ©Getty Images

Estatísticas dos jogos

EspanhaInglaterra

Golos marcados1
 
2
Cartões amarelos1
 
1
Cartões vermelhos0
 
0

Classificação

Legenda:

J: Jogados   
Pts: Pontos   
Última actualização: 18/01/2016 11:10 CET
Publicado: Sábado, 4 de Outubro de 2003, 10.45CET

Espanha paga o preço frente à Inglaterra

Espanha 1-2 Inglaterra
Dani converteu um penalty, mas falhou outro e a Inglaterra triunfou deixando à Espanha no último lugar do grupo.

"Mal", comentou a imprensa espanhola. "Muy mal". Mau. Foi, de facto, muito mau. O adjectivo qualificou a prestação da Espanha na fase final, que terminou com uma derrota por 2-1 frente à Inglaterra, que já estava afastada da fase seguinte.

O seleccionador inglês, Ron Greenwood, arriscou a utilização de Glenn Hoddle, apesar de o atractivo do terceiro lugar ser a única aspiração que faltava. O médio do Tottenham Hotspur FC pouco pôde fazer para inspirar a sua equipa como veio a acontecer, mas isso já não importava. Trevor Brooking e Tony Woodcock apontaram os golos, mas a Inglaterra, ainda assim, apenas podia concluir o grupo no terceiro posto. Já para a Espanha sobrou a ignomínia da "lanterna vermelha".

Trevor Brooking e Tony Woodcock marcaram com remates fortes e rasteiros, o primeiro após uma falta e o segundo depois de uma defesa de Luis Arconada a remate de Terry McDermott. As grandes penalidades a favor da Espanha foram os momentos mais salientes do encontro.

Ambas foram assinaladas por faltas de Ray Clemence sobre Jesús Zamora e de David Watson sobre Enrique Saura. Dani converteu a primeira ocasião pouco depois de ter entrado como substituto e, depois, aos 53 minutos, viu o árbitro obrigar à repetição do segundo castigo máximo. Tendo batido os dois primeiros remates para o lado esquerdo do guarda-redes, tentou, desta feita, o lado direito. Ao fazê-lo, acabou por permitir a Clemence defender a sua única grande penalidade ao serviço da selecção inglesa.

Apesar de Rafael Gordillo ter cabeceado à barra a dez minutos dos 90, a Inglaterra mereceu a vitória, mas foi uma pobre recompensa após a sua impressionante fase de qualificação.

Última actualização: 22-05-12 17.15CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=1980/matches/round=200/match=3582/postmatch/report/index.html#espanha+paga+preco

Equipas

Espanha

Espanha

Inglaterra

Inglaterra

1
ArconadaLuis Arconada
1
ClemenceRay Clemence
2
CundiCundi
2
AndersonViv Anderson
Substitution86
3
OlmoAntonio Olmo
3
MillsMick Mills
4
AlexancoJosé Ramón Alexanco
4
ThompsonPhil Thompson
5
GordilloRafael Gordillo
5
WatsonDave Watson
6
UríaFrancisco Uría
6
WilkinsRay Wilkins
7
ZamoraJesús Zamora
7
McDermottTerry McDermott
Yellow Card65
8
CardeñosaJulio Cardeñosa
Substitution46
8
HoddleGlenn Hoddle
Substitution77
9
JuanitoJuanito
Substitution46
9
KeeganKevin Keegan (C)
10
SantillanaCarlos Santillana (C)
10
WoodcockTony Woodcock
Goal61
11
SauraEnrique Saura
11
BrookingTrevor Brooking
Goal19

suplentes

13
DaniDani
Substitution46
Goal48
12
MarinerPaul Mariner
Substitution77
12
CarrascoLobo Carrasco
Substitution46
Yellow Card65
13
CherryTrevor Cherry
Substitution86

Treinador

Ladislao Kubala (ESP) Ron Greenwood (ENG)

Legenda:

  • GolosGolos
  • Auto-goloAuto-golo
  • Grandes penalidadesGrandes penalidades
  • Penalties falhadosPenalties falhados
  • reds_cardCartões Vermelhos
  • yellow_cardsCartões amarelos
  • yellow_red_cardsDuplo amarelo
  • SubstituiçãoSubstituição