Terceiro e Quarto lugar - 08-06-1968 - 15:00CET (15:00 Hora local) - Stadio Olimpico - Roma
2-0
 

Inglaterra - URSS 2-0 - 08-06-1968 - Página do jogo - UEFA EURO 1968

O "site" oficial do futebol europeu

Inglaterra bate União Soviética e fica no pódio

Publicado: Quinta-feira, 2 de Outubro de 2003, 9.34CET
Inglaterra 2-0 URSS
Campeã mundial dois anos antes, a equipa de Alf Ramsey teve de se contentar com o terceiro lugar na estreia no Europeu.
Inglaterra bate União Soviética e fica no pódio
O golo de Geoff Hurst assegurou o terceiro lugar à Inglaterra ©Getty Images

Classificação

Publicado: Quinta-feira, 2 de Outubro de 2003, 9.34CET

Inglaterra bate União Soviética e fica no pódio

Inglaterra 2-0 URSS
Campeã mundial dois anos antes, a equipa de Alf Ramsey teve de se contentar com o terceiro lugar na estreia no Europeu.

A campeã mundial Inglaterra esperava muito mais da sua estreia no Campeonato da Europa, mas golos de Bobby Charlton e Geoff Hurst não a deixaram regressar a casa de mãos vazias.

Charlton pôs a equipa de Alf Ramsey a caminho da vitória a seis minutos do intervalo, aparecendo na área na altura certa para encostar e fazer o golo. Hurst tinha feito o trabalho difícil e o jogador do West Ham United FC, de regresso ao ataque inglês depois de ter ficado de fora na derrota frente à Jugoslávia, nas meias-finais, três dias antes, justificou plenamente a escolha ao apontar o segundo à passagem da hora de jogo.

Não havia volta a dar para a União Soviética, ainda a digerir a profunda desilusão da eliminação nas meias-finais, nas quais a Itália se apurou devido ao desempate por moeda ao ar. No entanto, uma equipa sem alterações começou o jogo de forma brilhante diante de 68.817 espectadores presentes no Stadio Olimpico e caso Edouard Malofeev, isolado ao segundo poste, tivesse finalizado o excelente cruzamento madrugador de Guennadi Evriuzhikhine de outra forma, teria inaugurado o marcador.

Em vez disso, o avançado cabeceou à figura de Gordon Banks e a Inglaterra acabou gradualmente por assumir o controlo dos acontecimentos. Roger Hunt rematou por cima depois de Yuri Pshenichnikov ter desviado para o seu caminho um cruzamento de Tommy Wright na esquerda, que se estreou como lateral. De forma idêntica, Charlton atirou por cima após boa arrancada de Bobby Moore, à medida que a defensiva inglesa aproveitava o espaço que lhe era concedido e, na ocasião seguinte, a URSS pagou caro o facto.

Mais uma vez, Moore iniciou a jogada, avançando bem para dentro do meio-campo adversário antes de colocar a bola na esquerda, em Peters, colega de equipa no West Ham. O cruzamento do médio para a grande área encontrou Hurst e este, rodeado por defesas, limitou-se a endossar a bola a Charlton – resultado: 1-0.

No entanto, o jogo estava longe de ser de sentido único e no início da segunda parte a URSS inverteu a tendência, tendo ficado perto de marcar aos 60 minutos. Primeiro, o remate de Malofeev foi desviado por cima, no seguimento de uma jogada em que Anatoli Banischevsky levou a melhor no duelo com Wilson. Depois, no canto, Banks quase se deixou surpreender ao primeiro poste.

Vencedora do Campeonato do Mundo dois anos antes, era expectável que a Inglaterra fosse capaz de aguentar o ímpeto soviético, mas a sua confiança tinha ficado fragilizada com derrotas frente à Escócia e, na véspera do torneio, diante da República Federal da Alemanha. Por isso, o golo de Hurst constituiu um enorme alívio.

O início da jogada foi suficientemente inofensivo, com Peters a enganar Gennadi Logofet no meio campo e a avançar no terreno. O seu remate foi interceptado, mas a bola sobrou para Hurst e este, com perícia, contornou Pshenichnikov antes de rematar para a baliza deserta.

Ainda assim, a Inglaterra continuou a pressionar e Hunt e Charlton estiveram à beira de dilatar a vantagem, mas o conjunto de Ramsey já fizera o suficiente. Contudo, após o apito final, os festejos foram discretos: afinal de contas, esta era a final que ambas as equipas desejavam.

Última actualização: 21-05-12 20.43CET

http://pt.uefa.com/uefaeuro/season=1968/matches/round=176/match=3939/postmatch/report/index.html#inglaterra+terceiro+lugar

Equipas

Inglaterra

Inglaterra

URSS

URSS

1
BanksGordon Banks (GR)
1
PshenichnikovYuri Pshenichnikov (GR)
3
WilsonRamon Wilson
3
AfoninValentin Afonin
5
LaboneBrian Labone
4
BanishevskiAnatoli Banishevski
6
MooreBobby Moore (C)
5
ByshovetsAnatoli Byshovets
8
HuntRoger Hunt
7
EvryuzhikhinGennadi Evryuzhikhin
9
CharltonBobby Charlton
Goal39
8
IstominYuri Istomin
10
HurstGeoff Hurst
Goal63
10
KaplychniyVolodymyr Kaplychniy
11
PetersMartin Peters
11
MalofeevEduard Malofeev
16
WrightTommy Wright
18
ShesternevAlbert Shesternev (C)
17
StilesNobby Stiles
19
LenevAleksandr Lenev
19
HunterNorman Hunter
21
LogofetGennadi Logofet

suplentes

2
NewtonKeith Newton
2
AnichkinViktor Anichkin
4
MulleryAlan Mullery
6
VoroninValeri Voronin
7
BallAlan Ball
9
KavazashviliAnzor Kavazashvili
12
StepneyAlexander Stepney (GR)
12
MuntyanVolodymyr Muntyan
13
WestGordon West (GR)
13
NodiaGivi Nodia
14
KnowlesCyril Knowles
14
RudakovEvgeni Rudakov (GR)
15
CharltonJack Charlton
15
LevchenkoVolodymyr Levchenko
18
SummerbeeMike Summerbee
16
KhurtsilavaMurtaz Khurtsilava
20
BellColin Bell
17
ChislenkoIgor Chislenko
21
GreavesJimmy Greaves
20
AsatianiKakhi Asatiani
22
ThompsonPeter Thompson
22
SmolnikovNikolai Smolnikov

Treinador

Sir Alf Ramsey (ENG) Mikhail Yakuschin (URS)

Árbitro

Istvan Zsolt (HUN)

Legenda:

  • GolosGolos
  • Auto-goloAuto-golo
  • Grandes penalidadesGrandes penalidades
  • Penalties falhadosPenalties falhados
  • reds_cardCartões Vermelhos
  • yellow_cardsCartões amarelos
  • yellow_red_cardsDuplo amarelo
  • SubstituiçãoSubstituição