O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Bis de Balotelli abate Alemanha

Alemanha 1-2 Itália
Dois golos de Mario Balotelli, apontados na primeira parte, ajudaram a Itália a marcar encontro com a Espanha na final de domingo, em Kiev.

Resumo do EURO 2012: Alemanha 1-2 Itália
Resumo do EURO 2012: Alemanha 1-2 Itália

A Itália derrotou a Alemanha por 2-1 nas meias-finais do UEFA EURO 2012 e vai defrontar a Espanha na final de domingo, em Kiev.

Os italianos nunca tinham marcado qualquer golo em três presenças como semifinalistas do EURO, mas Mario Balotelli tratou rapidamente de mudar a história ao festejar por duas vezes na etapa inicial, de nada valendo o penalty de Mesut Özil nos descontos. Chegada a Varsóvia numa série de 15 jogos oficiais seguidos a vencer, recorde mundial, a Alemanha, que continua sem ganhar à Itália ao cabo de oito jogos também oficiais, pagou caro a desorientação defensiva e depois não conseguiu incomodar a baliza da Itália, que chega ao encontro decisivo invicta há 15 partidas, desde o início do apuramento.

EURO 2012: Tudo o que precisa saber

Habituado a marcar ou a dar golos à Itália, Andrea Pirlo salvou desta vez a sua equipa logo aos cinco minutos, quando Gianluigi Buffon teve uma saída em falso e o médio interceptou a bola no poste em cima da linha. Pouco depois, Andrea Barzagli quase sacudia para as suas redes uma defesa incompleta do guarda-redes transalpino num cruzamento tenso de Lukas Podolski. Mas, ao começo mais afoito dos alemães, respondeu a formação Cesare Prandelli na mesma moeda.

Os melhores golos do UEFA EURO 2012
Os melhores golos do UEFA EURO 2012

Riccardo Montolivo e Antonio Cassano testaram a atenção de Manuel Neuer, só que o guarda-redes da “manschaaft” nada pôde fazer no primeiro golo da Itália, aos 20 minutos. Cassano desembaraçou-se dos adversários no lado esquerdo e cruzou de pronto para o desvio fulgurante de cabeça do ponta-de-lança Balotelli perante a desorientação defensiva alemã.

Buffon defendeu os fortes pontapés de Özil e Sami Khedira de longe, aos 27 e 35 minutos, só que novo desatino da Alemanha fê-la sofrer novo tento aos 36 minutos. O passe em profundidade de Montolivo deixou Balotelli isolado e o camisola 9 rematou violento ao ângulo superior, deixando Neuer sem reacção.

Perante a situação nova de ter de inverter tão negativo resultado, Joachim Löw refrescou o ataque ao intervalo e fez entrar Marcos Reus e Miroslav Klose para os lugares de Podolski e Mario Gomez. E o facto é que a Alemanha voltou a entrar melhor no encontro. O capitão germânico, Philipp Lahm, deu o exemplo ao combinar bem com Toni Kroos antes de rematar muito cima no coração da área aos 49 minutos e Buffon desviou para a barra o livre directo de Reus aos 62.

Resumo do EURO 2012: Andrea Pirlo em destaque
Resumo do EURO 2012: Andrea Pirlo em destaque

Com a iniciativa a pertencer ao adversário, a “squadra azzurra” quase aumentou a vantagem aos 67 minutos, altura em que Claudio Marchisio rematou ao lado na conclusão de um rápido contra-ataque. O mesmo jogador falhou o terceiro pouco depois e a tentativa de Antonio Di Natale também foi pelo mesmo caminho, numa altura que os italianos aproveitavam o espaço dado pelo adiantamento teutónico. A pressão da Alemanha acentuou-se, mas apenas conseguiu reduzir a diferença de penalty por Özil, aos 92 minutos, a castigar mão na bola de Federico Balzaretti.

Canção oficial do EURO 2012: Oceana
Canção oficial do EURO 2012: Oceana

Reacções

Cesare Prandelli e a sua equipa técnica festejam o apuramento
Cesare Prandelli e a sua equipa técnica festejam o apuramentoGetty Images

Cesare Prandelli, seleccionador da Itália: "Balotelli foi excelente, tal como toda a equipa. Estou muito orgulhoso destes jogadores – Não quero que todo o mérito seja atribuído a mim. A Alemanha é uma boa equipa, mas temos bem definida a forma como queremos estar em campo. Tentámos jogar logo desde o início. Sempre quis focar-me neste estilo de jogo porque temos bastante qualidade".

Joachim Löw, seleccionador da Alemanha: "Tivemos dois anos notáveis, a equipa desenvolveu-se muito bem, ganhámos 15 jogos [oficiais] consecutivos. Hoje fomos derrotados por uma Itália muito forte, que possui uma espinha dorsal sólida e dois avançados rápidos. Eles foram um pouco melhores – há que reconhecer isso e também que foram mais eficazes do que nós".

EURO 2012: Equipa do Torneio

"Onzes"

Alemanha perfilada em Varsóvia
Alemanha perfilada em VarsóviaGetty Images

Alemanha: Neuer; Lahm (c), Badstuber, Hummels, Boateng (Müller71); Podolski (Reus 46), Khedira, Özil, Schweinsteiger, Kroos; Gómez (Klose 46)
Suplentes
: Wiese, Zieler, Gündoğan, Schmelzer, Höwedes, Schürrle, Lars Bender, Mertesacker, Götze
Seleccionador: Joachim Löw

Itália: Buffon (c); Chiellini, Bonucci, Barzagli, Balzaretti; De Rossi, Pirlo, Montolivo (Motta 64), Marchisio; Cassano (Diamanti 58), Balotelli (Di Natale 70)

Suplentes
: Sirigu, De Sanctis, Ogbonna, Abate, Giaccherini, Borini, Giovinco, Nocerino
Seleccionador: Antonio Conte

Árbitro: Stéphane Lannoy (França)

Melhor em Campo: Andrea Pirlo (Itália)