O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Como Kasper Hjulmand uniu uma nação à volta da Dinamarca no EURO 2020

Kasper Hjulmand sente que ser treinador da Dinamarca vai para lá do futebol, como explica o repórter da equipa, Sture Sandø.

O treinador da Dinamarca, Kasper Hjulmand
O treinador da Dinamarca, Kasper Hjulmand UEFA via Getty Images

"Se não se consegue lidar com a pressão, não se deveria ser treinador de uma selecção nacional." Estas foram algumas das primeiras palavras de Kaspar Hjulmand quando assumiu o comando da Dinamarca, antes dos jogos da UEFA Nations League em Setembro de 2020, contra a Bélgica e a Inglaterra. "Tenho uma visão para alcançar grandes feitos", acrescentou, acabado de substituir Åge Hareide, "E estou ansioso por começar. Farei o meu melhor pela equipa e pela Dinamarca."

Inglaterra - Dinamarca: cobertura em directo

É difícil imaginar agora que se passou menos de um ano desde que Hjulmand tomou conta da equipa, quando uma das grandes surpresas na sua primeira convocatória da Dinamarca foi a chamada de Joakim Mæhle. O lateral-direito, na altura com 23 anos, tinha apenas feito alguns jogos nas selecções jovens da Dinamarca e estava a jogar na Bélgica pelo Genk. Em Julho de 2021, e já futebolista da Atalanta, Mæhle é uma das principais estrelas dos Vikings no EURO 2020, uma amostra de como a equipa evoluiu desde a chegada de Hjulmand.

Memórias do Inglaterra - Dinamarca do EURO '92
Memórias do Inglaterra - Dinamarca do EURO '92

Treinador bem-sucedido na Liga dinamarquesa ao serviço do Lyngby e do Nordsjælland, Hjulmand não era suposto estar no cargo nesta fase final. Fora escolhido antecipadamente para substituir Hareide após o EURO 2020 se tivesse ocorrido na data prevista, mas o adiamento do torneio devido à pandemia da COVID-19 fez sair o seu antecessor e, por consequência, entrar o novo timoneiro. Com os jogos da Nations League e da qualificação para o Campeonato do Mundo da FIFA no horizonte, Hjulmand assumiu de pronto o comando com a tarefa de levar a Dinamarca também a este EURO.

Herdou uma equipa invicta há 34 jogos e, neste contexto, a introdução de novas ideias poderia ter gerado alguma controvérsia, mas Hjulmand convenceu rapidamente os jogadores. Sob as suas ordens, a Dinamarca ganhou e perdeu, mas o mais importante, depois de várias excelentes exibições nesta fase final, é que dá gosto e entusiasma ver jogar esta. A vitória mais notável, sobre o País de Gales, por claros 4-0, foi a primeira da Dinamarca na fase a eliminar de um grande torneio desde que derrotou a Nigéria, por 4-1, no Campeonato do Mundo de 1998.

Conheça as equipas: Dinamarca
Conheça as equipas: Dinamarca

Mas não foram apenas os jogadores que Hjulmand inspirou. No ano entre o anúncio como sucessor de Hareide e o seu primeiro encontro com a equipa, Hjulmand não se limitou a pensar em como incorporar Andreas Christensen, Simon Kjær e Jannik Vestergaard na defesa da Dinamarca. Tratou igualmente de contactar com músicos, executivos, o mestre de cerimónias reais da Dinamarca e até o ex-primeiro-ministro Helle Thorning-Schmidt, entre outros, para aprofundar a sua compreensão sobre a identidade nacional da Dinamarca.

Hjulmand via o trabalho de treinador da selecção como algo mais do que simplesmente dirigir uma equipa de futebol, e talvez o actual sucesso da Dinamarca em campo se deva a esses pensamentos importantes e a essas reflexões. Hjulmand trabalha muito, conhece o seu futebol e tem bons jogadores à disposição, mas os seus feitos também resultaram de ter conquistado uma nação inteira.

"Não estou motivado por definir o objectivo de ficar entre os seis primeiros ou de chegar aos quartos-de-final; isso é apenas definir metas", explicou antes da vitória da Dinamarca nos quartos-de-final contra a República Checa. “A minha motivação vem de dizer aos outros para sonharem em grande e não terem medo de dizer que é isso que sonhamos. Nos nossos sonhos de criança, acabamos sempre com o troféu e deixamos a nação orgulhosa, mas para fazer isso é preciso dedicação, cortar a direito e muito trabalho. Só nessa altura será possível realizar os nossos sonhos."

Get the EURO 2020 app!