O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Espanha: meias-finais anteriores no EURO

A Espanha vai tentar dar seguimento ao registo 100 por cento vitorioso nesta fase quando defrontar a Itália em Wembley.

A Espanha festeja um golos golos ante a Rússia nas meias-finais de 2008
A Espanha festeja um golos golos ante a Rússia nas meias-finais de 2008 AFP via Getty Images

A Espanha vai disputar a sua quinta meia-final de um EURO, esta terça-feira, frente à Itália, e tentará manter a sua invencibilidade nesta etapa da competição. Recordamos as anteriores semifinais jogadas pela "La Roja".

Itália - Espanha: cobertura em directo

1964: Espanha 2-1 Hungria (após prolongamento)

O Santiago Bernabéu foi o palco da primeira meia-final disputada pela Espanha na fase final de um EURO. Os pupilos de José Villalonga eram apontados como favoritos, e quando Jesús María Pereda abriu o activo ainda na primeira parte pensou-se que a meia-final estaria decidida. Mas Ferenc Bene restabeleceu o empate para a Hungria e levou a decisão para um prolongamento onde só nos descontos Amancio Amaro carimbou o passaporte espanhol para a final, em que viriam depois a vencer a União Soviética.

Resumo do EURO 1964: Espanha 2-1 Hungria
Resumo do EURO 1964: Espanha 2-1 Hungria

1984: Dinamarca 1-1 Espanha (penáltis: 4-5)

A emoção esteve novamente presente nas meias-finais seguintes, pois a Espanha precisou do desempate por pontapés da marca de grande penalidade, em Lyon, para bater a Dinamarca. Søren Lerby começou por colocar os dinamarqueses na frente bem cedo no jogo e Frank Arnesen viu o poste negar-lhes o 2-0, antes de Antonio Maceda restabelecer a igualdade a meio da segunda parte. No prolongamento, Lobo Carrasco esteve perto de dar a vitória aos espanhóis, já com a Dinamarca reduzida a dez elementos e, nos penáltis, Preben Elkjær falhou para os dinamarqueses, permitindo à Espanha de Miguel Muñoz passar a uma final onde acabaria derrotada pela França.

2008: Rússia 0-3 Espanha

Este foi um jogo que marcou a afirmação da Espanha como força dominante do futebol mundial da altura. Frente a uma Rússia que também vinha a encantar, a selecção espanhola, então orientada por Luis Aragonés, respondeu de forma enfática. Xavi Hernández abriu o activo aos cinco minutos da segunda parte, a passe de Andrés Iniesta, antes de Daniel Güiza e David Silva fixarem o resultado. Depois, um triunfo sobre a Alemanha, iria pôr fim a uma espera de 44 anos por um novo título europeu. Dois anos depois seguir-se-ia o primeiro título no Campeonato do Mundo da FIFA.

Veja o golo de Xavi no triunfo da Espanha nas meias-finais do EURO 2008
Veja o golo de Xavi no triunfo da Espanha nas meias-finais do EURO 2008

2012: Portugal 0-0 Espanha (penáltis 2-4)

Campeã europeia e mundial na altura, a Espanha era a equipa a bater em 2012 e Portugal foi quem mais perto esteve de o conseguir. Rui Patrício negou o golo a Andrés Iniesta já no prolongamento e a decisão do encontro seguiu para o desempate por grandes penalidades, onde Xabi Alonso até começou por falhar, mas a Espanha acabou por ganhar. Nunca uma selecção tinha ganhou três grandes torneios de forma consecutiva, mas Espanha iria consegui-lo de forma categórica, com uma vitória por 4-0 sobre a Itália, na final.

Descarregue a app do EURO