O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Suíça 3-1 Turquia: Seferović marca, Shaqiri brilha, Suíça sonha

Xherdan Shaqiri esteve ao seu melhor nível, com dois grandes golos, num jogo em que Seferović também marcou e em que a Suíça garantiu uma vitória que lhe valeu o terceiro lugar no Grupo A e a esperança de ser uma das melhores terceiras.

Veja os melhores momentos deste jogo em Baku.
Resumo: Suíça 3-1 Turquia

Xherdan Shaqiri foi a estrela da Suíça num jogo com quatro grandes golos, em que Haris Seferovic também marcou para os helvéticos e em que Steven Zuber logrou três assistências, contribuindo decisivamente para um triunfo por 3-1 que eliminou a Turquia e que mantém aceso o sonho suíço de seguir em frente como um dos melhores terceiros classificados.

Suíça - Turquia: como tudo aconteceu, reacções

Estrela do Jogo: veja o bis do suíço Shaqiri
Estrela do Jogo: veja o bis do suíço Shaqiri

O jogo em poucas palavras

A Turquia até entrou melhor no jogo em Baku, mas viu-se em desvantagem no primeiro lance de ataque da Suíça, aos seis minutos. A bola chegou aos pés de Seferović à entrada da área e o avançado do Benfica rematou rasteiro, por entre as pernas de Merih Demiral, com a bola a entrar junto ao poste.

As já vãs esperanças da Turquia ficaram ainda mais ténues aos 26, quando Shaqiri, autor do melhor golo do EURO 2016, fez o 2-0 com mais um grande golo, num remate forte e colocado. Na outra baliza, o guarda-redes helvético, Yann Sommer, ia mantendo a Turquia a zeros.

Golo de Kahveci entre os seus favoritos?
Golo de Kahveci entre os seus favoritos?

Até que, já na segunda parte, nada conseguiu fazer para impedir que İrfan Can Kahveci marcasse mesmo e reduzisse para 2-1, com um grande remate. Só que Shaqiri iria voltar a marcar, na terceira assistência de Steven Zuber no jogo.

Houve ainda tempo para Granit Xhaka rematar ao poste, de livre, mas a Suíça precisava de mais dois golos para ultrapassar o País de Gales no segundo lugar. Não os conseguiu, e tem de se contentar com o terceiro posto. Agora, aguarda pelo desfecho dos restantes grupos para saber se segue em frente.

Estrela do Jogo: Xherdan Shaqiri (Suíça)

“Dois excelentes golos, vários passes a rasgar a defesa contrária e muitos cruzamentos; exibiu um futebol de grande inteligência e trabalhou muito para a equipa.”
Willi Ruttensteiner, Observador Técnico da UEFA

 Xherdan Shaqiri com o seu prémio de Estrela do Jogo
Xherdan Shaqiri com o seu prémio de Estrela do JogoUEFA via Getty Images

Conheça todas as Estrelas do Jogo Heineken do UEFA EURO 2020.

Reacções

Vladimir Petković, seleccionador da Suíça: “Estou muito satisfeito. A minha equipa fez o que precisava de fazer. Penso que realizámos uma boa exibição no conjunto dos 90 minutos. O nosso objectivo continua a ser estar nos oitavos-de-final. Claro que estamos um pouco desiludidos por termos terminado no terceiro lugar do grupo, mas sabíamos o que tínhamos de fazer esta noite e fizemos. Vamos esperar para ver..."

Xherdan Shaqiri, médio da Suíça: “O primeiro golo foi muito bom, com o meu pé mais fraco. Claro que fiquei muito feliz por marcar por duas vezes. Estou muito feliz com a minha exibição e por ter ajudado a equipa. Fizemos o que tínhamos de fazer contra uma boa equipa. Agora resta-nos esperar para ver o que acontece.”

Şenol Güneş, seleccionador da Turquia: “Tínhamos consciência de que não éramos suficientemente bons. O jogo inaugural teve um efeito muito negativo nos meus jogadores. São coisas que acontecem. Mas estes jogadores vão ter oportunidade de representar a Turquia por muitos anos e irão certamente ter sucesso no futuro.”

Burak Yilmaz, avançado da Turquia: “Não soubemos lidar com o peso de jogar um torneio tão importante, há que o admitir. Apurámo-nos para o EURO, Estamos muito bem na qualificação para o Mundial, mas temos de aprender a lidar com a pressão das fases finais. Há lições que temos de aprender.”

Principais estatísticas

  • A Suíça continua com possibilidades de seguir para a fase a eliminar. Será a segunda vez que ultrapassa a fase de grupos, depois de 2016.
  • Zuber tornou-se apenas no segundo jogador a conseguir três assistências num só jogo do EURO, depois do turco Hamit Altıntop em 2008.
  • Shaqiri marcou em todos os últimos quatro grandes torneios de selecções.
  • Shaqiri leva agora três golos em fases finais do EURO, igualando Hakan Yakin como melhor marcador suíço de sempre.
  • Esta foi apenas a segunda vez em que a Suíça marcou mais do que um golo em jogos de fases finais do EURO. A outra tinha sido frente a Portugal em 2008 (2-0).
  • A Turquia terminou a fase de grupos sem qualquer ponto pela segunda vez na sua História, depois de 1996.
  • Esta foi apenas a terceira vitória da Suíça em 16 jogos em fases finais do EURO.
  • A Turquia sofreu o primeiro golo do jogo em dez dos seus últimos 12 jogos em fases finais do EURO.

Equipa

Suíça: Sommer; Elvedi, Akanji, Rodríguez; Widmer (Mbabu 90+2), Freuler, Xhaka, Zuber (Benito 85); Shaqiri (Vargas 75); Embolo (Embolo 85), Seferović (Gavranović 75)

Turquia: Uğurcan Çakır; Zeki Çelik, Merih Demiral, Çağlar Söyüncü, Mert Müldür; Cengiz Ünder (Kenan Karaman 80), Ozan Tufan (Yusuf Yazıcı 64), Kaan Ayhan (Okay Yokuşlu 64), İrfan Can Kahveci (Orkun Kökçü 80), Hakan Çalhanoğlu (Dorukhan Toköz 86); Burak Yılmaz

O que se segue

A Suíça tem de aguardar para saber se será uma das quatro melhores terceiras classificadas

Grupo A Em directo agora

Jogos J Vitórias V Empates E Derrotas D Marcados Sofridos Diferença de golos Pontos Pts
ITA Itália
A jogar agora
3 3 0 0 7 0 7 9
WAL País de Gales
A jogar agora
3 1 1 1 3 2 1 4
SUI Suíça
A jogar agora
3 1 1 1 4 5 -1 4
TUR Turquia
A jogar agora
3 0 0 3 1 8 -7 0