O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Suécia 1-0 Eslováquia: Penálti de Forsberg decide

Uma grande penalidade marcada friamente por Emil Forsberg permitiu à Suécia vencer o duelo do Grupo E.

Veja como um penálti de Emil Forsberg fez a diferença entre as duas selecções neste encontro do Grupo E.
Resumo: Suécia 1-0 Eslováquia

Emil Forsberg tornou-se no primeiro jogador sueco a marcar num EURO desde Seb Larsson em 2012 e permitiu ao seu país superar a bem organizada defesa da Eslováquia no Grupo E e ficar mais perto dos oitavos-de-final.

Suécia - Eslováquia: jogo ao minuto, reacções

O jogo em poucas palavras

A partida de São Petersburgo começou com oportunidades dos dois lados, pela Suécia Sebastian Larsson obrigou Martin Dúbravka a mostrar atenção num remate de longe, enquanto pela Eslováquia foi Juraj Kucka que cabeceou ao lado. Depois disso, as equipas encaixaram e as situações de perigo escassearam até ao intervalo.

Emil Forsberg e Robin Quaison festejam o golo
Emil Forsberg e Robin Quaison festejam o goloGetty Images

A animação regressou aos 59 minutos, Ludwig Augustinsson subiu ao ataque num pontapé de canto, o cabeceamento saiu forte, mas Dúbravka respondeu com uma defesa soberba. O avançado sueco Alexander Isak teve uma jogada sensacional aos 71 minutos, mas Dúbravka voltou a brilhar na balizas.

O suplente Robin Quais foi derrubado por Dúbravka na área da Eslováquia a 15 minutos do final e Emil Forsberg não perdeu a oportunidade de dar o triunfo à Suécia na conversão de uma grande penalidade.

Estrela do Jogo: Alexander Isak (Suécia)

Alexander Isak foi eleito a Estrela do Jogo
Alexander Isak foi eleito a Estrela do JogoUEFA via Getty Images

“Foi sempre perigoso e uma ameaça nas costas da defesa da Eslováquia.”
Mixu Paatelainen, Observador Técnico da UEFA

Conheça todas as Estrelas do Jogo Heineken do UEFA EURO 2020.

Reacções

Alexander Isak, avançado da Suécia: "Antes dos EUROs, tentava explicar a importância de jogar pela Suécia. Mas isto é especial. Representar a Suécia num grande torneio nestes estádios é uma sensação incrível."

Janne Andersson, seleccionador da Suécia: "É bom somar quatro pontos após dois jogos. Fizemos sete jogos este ano e sofremos apenas um golo. O nosso ataque merecia mais esta tarde, teve momentos fantásticos. É muito bom vê-lo [Isak] em campo, é um grande talento. É um jovem jogador que ainda tem muito espaço para melhorar. Jogou muito bem hoje."

Štefan Tarkovič, treinador da Eslováquia: "Vimos a qualidade individual da Suécia na segunda parte. Criaram oportunidades e o nosso guarda-redes salvou-nos várias vezes, mas infelizmente houve um penálti. Tivemos de reagir. Mudámos a formação para 4 -1-4-1, tentámos fazer alguma coisa, mas havia pouco tempo. Lamento muito porque os jogadores empenharam-se a 100%."

Marek Hamšík, capitão da Eslováquia: "É uma pena. Se eles não tivessem marcado o penálti, provavelmente teríamos empatado e teria sido um ponto de 'ouro'. Estivemos demasiado passivos na segunda parte e pagámos caro por isso."

Principais estatísticas

  • A Suécia ainda não perdeu 2021, somou seis vitórias e um empate nos sete desafios que disputou neste ano civil, tendo sofrido apenas um golo.
  • Emil Forsberg é o primeiro jogador sueco a marcar na fase final do EURO desde Seb Larsson (19/06/2012 frente à França), o único golo dos nórdicos no EURO 2016 foi um auto-golo
  • A Suécia marcou 26 golos em fases finais do EURO e 23 deles foram apontados na segunda parte dos jogos, face a apenas três na primeira parte.
  • A Eslováquia só não sofreu golos num dos últimos seis jogos em fases finais do EURO.
  • Suécia e Eslováquia defrontaram-se por seis vezes, com a Suécia a somar dois triunfos e três duelos a terminarem empatados.
  • Este é o oitavo jogo da Suécia na fase final do EURO desde o início do EURO 2012 e só foi marcado um golo na primeira parte desses oito encontros.

Equipas

Suécia: Olsen; Lustig, Lindelöf, Danielson, Augustinsson (Bengtsson 88); S Larsson, Ekdal (Svensson 88), Olsson (Claesson 64), Forsberg (Krafth 90+3); Isak, Berg (Quaison 64)

Eslováquia: Dúbravka; Pekarík (Haraslín 65), Šatka, Škriniar, Hubočan (Hancko 84); Kucka, Hrošovský (Ďuriš 84); Koscelník, Hamšík (Bénes 77), Mak (Weiss 77); Duda

A seguir

Suécia - Polónia - Quarta-feira, 23 de Junho
Eslováquia - Espanha - Quarta-feira, 23 de Junho