O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Países Baixos 2-0 Áustria: Selecção "laranja" apurada sem problemas

Golos de Memphis Depay e Denzel Dumfries confirmaram os Países Baixos como vencedores do Grupo C ao fim de dois jogos.

Veja os melhores momentos do encontro na Arena de Amesterdão, que terminou com o segundo triunfo em dois jogos dos Países Baixos.
Resumo: Países Baixos 2-0 Áustria

Os Países Baixos garantiram um lugar nos oitavos-de-final do UEFA EURO 2020 como vencedores do Grupo C depois de golos de Memphis Depay e Denzel Dumfries ditarem um triunfo tranquilo sobre a Áustria em Amesterdão.

Países Baixos-Áustria: como tudo aconteceu, reacções

O jogo em poucas palavras

Uma falta sobre David Alaba sobre Dumfries ofereceu aos Países Baixos um penálti que Depay converteu com êxito. Foi o seu oitavo golo nos últimos nove jogos pela sua selecção e o nono poderia ter acontecido ainda na primeira parte, mas desperdiçou uma oportunidade clamorosa para dilatar a vantagem aos 40 minutos.

O momento em que David Alaba derruba Dumfries
O momento em que David Alaba derruba DumfriesGetty Images

O domínio "laranja" prosseguiu no início do segundo tempo e só uma grande defesa de Bachmann impediu Stefan de Vrij de cabecear para o 2-0. Um 2-0 que surgiu aos 67 minutos, quando Donyell Malen – acabado de entrar – se isolou e assistiu, depois, Dumfries para o segundo golo da partida. Alaba rematou ligeiramente ao lado a dez minutos do fim, num último suspiro da Áustria, que vai agora lutar com a Ucrânia pelo segundo lugar no Grupo C, na terceira e última jornada.

Estrela do Jogo: Denzel Dumfries (Países Baixos)

“Esteve muito bem a defender, trabalhou bastante e até marcou um golo. Foi uma ameaça com as suas constantes subidas no terreno ao longo do jogo”
Aitor Karanka, Observador Técnico da UEFA

 Denzel Dumfries com o troféu de Estrela do Jogo
Denzel Dumfries com o troféu de Estrela do JogoUEFA via Getty Images

Conheça todas as Estrelas do Jogo Heineken do UEFA EURO 2020.

Reacções

Frank de Boer, seleccionador dos Países Baixos: "Há que ir crescendo ao longo do torneio, sobretudo porque o espírito de grupo também vai crescendo. E a sensação de que as coisas estão a resultar. Costumamos falar entre nós sobre aquilo que ainda podemos melhorar: 'Isto correu bem, mas aquilo podia ter corrido melhor'. É assim que se cresce ao longo de um torneio como este e a união existente entre nós tem sido muito importante."

Denzel Dumfries, defesa dos Países Baixos: "Tento preencher os espaços ao subir no terreno. Já marcámos cinco excelentes golos."

Franco Foda, seleccionador da Áustria, em declarações à ORF: "Perdemos a bola com demasiada facilidade na primeira parte e, com isso, convidámos os Países Baixos a virem para cima de nós apanhando-nos em contra-pé. Conseguimos chegar ao último terço do terreno algumas vezes, mas sem que os cruzamentos saíssem. Não criámos ocasiões de golo suficientes."


Principais estatísticas

  • Os Países Baixos somaram o sexto triunfo seguido sobre a Áustria. O último triunfo dos austríacos sobre a selecção "laranja" data de 1990.
  • Os Países Baixos não empatam há nove jogos em fases finais do EURO.
  • Os Países Baixos só não marcaram em um dos últimos 15 jogos que fizeram em fases de grupos de fases finais do EURO.
  • Os Países Baixos só perderam um dos últimos 11 jogos que disputaram (6 vitórias, 4 empates e 1 empate)
  • Depay marcou o seu 27º golo pela selecção principal dos Países Baixos e esteve, ao todo, em 49 golos: aos 27 golos somou 22 assistências
  • Depois de não ter marcado qualquer golo nas suas primeiras 19 internacionalizações, Dumfries apontou agora dois nos últimos dois jogos pelos Países Baixos.
  • A Áustria só não sofreu golos em um dos oito jogos que já disputou em fases finais do EURO. Foi frente a Portugal, num empate 0-0 na fase de grupos do EURO 2016, que a Selecção portuguesa viria a conquistar.
 Denzel Dumfries festeja o segundo golo
Denzel Dumfries festeja o segundo goloUEFA via Getty Images

Equipas

Países Baixos: Stekelenburg; Dumfries, De Vrij, De Ligt, Blind (Aké 64), Van Aanholt (Wijndal 65); De Roon (Gravenberch 74), Wijnaldum, F. de Jong; Weghorst (Malen 64), Depay (L. de Jong 82)

Áustria: Bachmann; Lainer, Dragović (Lienhart 84), Hinteregger, Ulmer; Baumgartner (Lazaro 70), X. Schlager (Onisiwo 84), Laimer (Grillitsch 61), Alaba; Gregoritsch (Kalajdzic 62), Sabitzer

Próximos jogos

Ucrânia-Áustria - Segunda-feira, 21 de Junho
Macedónia do Norte-Países Baixos - Segunda-feira, 21 de Junho