O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

EURO 2020: A Espanha vista pelo nosso repórter

O repórter do UEFA.com junto da Espanha, Graham Hunter, destaca a equipa de transição, o conhecimento do futebol de Pedri, assim como os festejos com a "roja" e com o rei de Espanha em

2012.

Thiago Alcántara (Espanha)
Thiago Alcántara (Espanha)

Jogos no Grupo E

14/06: Espanha- Suécia (Sevilha)
19/06: Espanha - Polónia (Sevilha)
23/06: Eslováquia - Espanha (Sevilha)

Todos os golos  de Espanha rumo ao EURO 2020
Todos os golos de Espanha rumo ao EURO 2020

Perfil da equipa

Treinador: Luis Enrique
Capitão: Sergio Busquets
Alcunha: La Roja
Como se qualificou: Vencedora do Grupo F (8V 2E 0D 31GM 5GS)
Melhor resultado no EURO: Vencedora (1964, 2008, 2012)

Onde pode disputar a fase a eliminar

Oitavos-de-final: Budapeste, Copenhaga, Sevilha ou Glasgow
Quartos-de-final: São Petersburgo, Munique, Roma ou Baku
Meia-final
: Londres
Final: Londres

O golo de Alba por Espanha na final de 2012
O golo de Alba por Espanha na final de 2012

Lista final de 24 convocados

Guarda-redes: David de Gea (Manchester United), Unai Simón (Athletic), Robert Sánchez (Brighton & Hove Albion)

Defesas: José Gayà (Valência), Jordi Alba (Barcelona), Pau Torres (Villarreal), Aymeric Laporte (Manchester City), Eric García (Manchester City), Diego Llorente (Leeds United), César Azpilicueta (Chelsea)

Médios: Thiago Alcántara (Liverpool), Sergio Busquets (Barcelona), Koke (Atlético), Marcos Llorente (Atlético), Dani Olmo (Leipzig), Rodri (Manchester City), Fabián Ruiz (Nápoles), Pablo Sarabia (Paris), Ferran Torres (Manchester City), Adama Traoré (Wolves)

Avançados: Álvaro Morata (Juventus), Gerard Moreno (Villarreal), Mikel Oyarzabal (Real Sociedad), Pedri (Barcelona)

Espanha - Itália: Desempate no EURO 2008 na íntegra
Espanha - Itália: Desempate no EURO 2008 na íntegra

Repórter do UEFA.com junto da Espanha: Graham Hunter

O ponto alto dos quatro Campeonatos Europeus em que trabalhei? No EURO 2012, o seleccionador espanhol Vicente del Bosque e os jogadores mais experientes permitiram que estivesse no balneário enquanto festejavam com o troféu, com as famílias e com o rei de Espanha. Os momentos de maior tensão? Os triunfos nos desempates por grandes penalidades sobre Itália, nos quartos-de-final de 2008, e sobre Portugal, nas meias-finais de 2012. Este ano não me importaria de repetir uma destas experiências, ou mesmo as duas. Vamos España!

Como joga

Normalmente em 4-3-3, com pressão alta e intensa, na tentativa de controlar o jogo, mas sem tanto predomínio na posse de bola como nos últimos títulos que conquistou. A Espanha não gosta de jogar contra defesas recuadas, já não tem Iniesta e Xavi, mas é uma equipa que divertida de ver quando encontro adversários "abertos".

Jogador-chave: Gerard Moreno

Na melhor forma da carreira e cheio de confiança depois de ter recentemente vencido a UEFA Europa League. Gosta de entrar pela direita e disparar com o excelente pé esquerdo, mas este Verão terá muitas vezes de jogar como falso ponta-de-lança. É o principal goleador de Espanha, mas também um Nº10..

Espanha - Portugal: Desempate no EURO 2012 na íntegra
Espanha - Portugal: Desempate no EURO 2012 na íntegra

Treinador: Luis Enrique

Um médio-ofensivo notável que brilhou ao serviço de Sporting Gijón, Real Madrid e Barcelona - assim como na selecção nacional - Luis Enrique ganhou tal estatuto que é conhecido apenas pelos primeiros nomes! Treinador adepto de um futebol ofensivo, teve o melhor momento da carreira quando levou o Barça a conquistar a tripla em 2014/15.

Jogador a seguir: Pedri

O futebol teve muito jovens talentos prodigiosos ao longo da sua história, mas há poucos que com 18 anos, magros, de baixa estatura e na primeira época completa como profissionais tenham conseguido tornar-se em médios dominadores em clubes como o Barcelona. Tem uma conhecimento futebolístico absolutamente incrível.

Podem ser campeões?

As grandes competições de futebol são tão quixotescas que seria um erro dizer que não. A “Roja” tem talento e jogadores que já conquistaram muitos títulos, mas está numa fase de transição. Quem se recorda da goleada de 6-0 à Alemanha no ano passado irá dizer que são candidatos ao triunfo no EURO. No entanto, se pensarmos no recente e enfadonho empate com a Grécia, o optimismo já não será tão grande. No entanto, não deixa de ser um adversário temível para qualquer equipa.

Obtenha a app oficial do UEFA EURO 2020