O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão diária do UEFA EURO 2020: segunda-feira

A Polónia de Paulo Sousa e do goleador Robert Lewandowski entra em campo esta segunda-feira, dia também do arranque da sempre favorita Espanha.

Os jogos de segunda-feira no UEFA EURO 2020 incluem a entrada de alguns nomes sonantes.

Antevemos toda a acção no arranque da Polónia de Paulo Sousa e de Robert Lewandowski, bem como da Espanha, enquanto a Escócia defronta a República Checa.

Descarregue a app do EURO


14h00: Escócia - República Checa (Grupo D, Glasgow)

Conheça as equipas: Escócia
Conheça as equipas: Escócia

Este é o momento pelo qual a Escócia espera desde 1998: o seu primeiro jogo num grande torneio internacional em 23 anos. Pela frente terá uma selecção da República Checa que derrotou no ano passado, em casa e fora, na UEFA Nations League. Quanto aos checos, esperam poder repetir o heroísmo dos seus compatriotas da última vez em que a Escócia esteve numa fase final, em 1996: chegaram à final.

Estatística: A Escócia luta por atingir a fase a eliminar de uma grande competição pela primeira vez à 11ª tentativa, tendo sido afastada na fase de grupos nas duas edições anteriores do EURO em que participou e nas oito presenças no Campeonato do Mundo.

17h00: Polónia - Eslováquia (Grupo E, São Petersburgo)

Grandes golos da Polónia no EURO
Grandes golos da Polónia no EURO

Nove anos depois de marcar o golo inaugural do EURO 2012, Robert Lewandowski cresceu em importância para uma equipa da Polónia que chegou aos quartos-de-final na sua derradeira participação na prova. O avançado do Bayern vai voltar a estar em evidência em São Petersburgo, ciente de que defronta a Espanha a seguir no Grupo E.

"Mentalidade e concentração", avisa o treinador português Paulo Sousa. "Não podemos cometer erros." Pela frente, a Polónia irá encontrar a Eslováquia, que passou à fase a eliminar nas duas derradeiras presenças em torneios internacionais: o Mundial de 2010 e o EURO 2016.

Estatística: Lewandowski é o único jogador da selecção polaca a ter marcado numa fase final do EURO, contra a Grécia em 2012 e em 2016 contra Portugal, mais tarde vencedor, nos quartos-de-final.

20h00: Espanha - Suécia (Grupo E, Sevilha)

As dúvidas abundam entre estas duas equipas bem conhecidas uma da outra: a Espanha venceu a Suécia por 3-0 em Madrid na qualificação e conseguiu depois um empate 1-1 fora. Os anfitriões conquistaram dois títulos europeus consecutivos em 2008 e 2012, mas começam a fase final num período de transição, sem Sergio Ramos na defesa e muito da sua criatividade a depender do jovem médio Pedri, de 18 anos, do Barcelona.

"Não somos os favoritos no torneio", disse o treinador da Espanha, Luis Enrique, embora as expectativas continuem altas devido ao talentoso grupo que tem à sua disposição. Um jogador ao qual se deve estar atento é o avançado sueco Alexander Isak, autor de 17 golos esta época La Liga pela Real Sociedad. "O facto de começarmos com a Espanha é muito divertido", disse o jovem de 21 anos, ansioso por aproveitar a oportunidade numa equipa sem o lesionado Zlatan Ibrahimović.

Estatística: A Espanha fez mais remates (227), teve mais posse de bola (70%) e mais passes completos (91%) do que qualquer outra selecção no apuramento.

Todas as horas de Portugal Continental