O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Giorgio Chiellini e Leonardo Bonucci avaliam momento da selecção italiana

Os experientes defesas Giorgio Chiellini e Leonardo Bonucci falam com o UEFA.com sobre a jovem mas forte selecção italiana.

Leonardo Bonucci e Giorgio Chiellini: 209 internacionalizações entre ambos
Leonardo Bonucci e Giorgio Chiellini: 209 internacionalizações entre ambos Getty Images

O seleccionador de Itália, Roberto Mancini, fez questão de demostrar a sua confiança nos jovens jogadores, mas quando se trata do jogo de abertura do UEFA EURO 2020, diante da Turquia, aposta na experiência de Giorgio Chiellini e Leonardo Bonucci para consolidar a sua defesa.

Chiellini tem 36 anos e Bonucci 34 e somam 209 internacionalizações pela Itália (107 para Chiellini, 102 para Bonucci). Numa fase final de um grande torneio, esse tipo de experiência é crucial, mas os dois defensores não perderam nada do seu entusiasmo.

Conheça as equipas: Itália
Conheça as equipas: Itália

"Estamos ansiosos por jogar depois desta longa espera", disse Chiellini ao UEFA.com. “Começámos a traçar este caminho há três anos e construímos um grande grupo, com uma mentalidade de ataque. Os jovens adaptaram-se muito bem. Obviamente poderá haver algum nervosismo e será necessária cabeça fria em alguns momentos, mas também estou feliz por contar com aquela pequena dose de juventude e mentalidade destemida que só os jovens podem trazer.

"Temos que encarar este prova com entusiasmo e veremos o que acontece", acrescentou. “As coisas estão a correr bem. Sentimo-nos mentalmente e fisicamente preparados. Agora podemos entrar em campo e enfrentar as dificuldades com entusiasmo e confiança."

A união tem sido o tema de todas as entrevistas e conferências de imprensa de Itália antes do EURO, com Bonucci convencido de que esta equipa representa muito mais do que a soma das suas partes. “Ao contrário de algumas equipas, não temos um jogador notável como Cristiano Ronaldo ou Romelu Lukaku. A nossa estrela é a unidade deste grupo."

"Após o período sombrio de não conseguirmos nos classificar para a Copa do Mundo de 2018, queremos lutar muito pela Itália e pelo povo italiano, e levar esta seleção de volta ao lugar que pertence", continuou Bonucci. “Este projeto está ganhando corpo: temos entusiasmo, talento, juventude e experiência."

Os "azzurri" não perdem um jogo desde 2018 e não sofreram qualquer golo em 2021. É uma equipa onde predomina a classe mas também o pragmatismo. "Quando não se sofre golos, isso não é apenas trabalho dos defesas, porque se a equipa não trabalhar no seu todo, a barreira será derrubada", disse Bonucci. “Estou muito feliz por não termos visto apenas um futebol atraente e ofensivo, mas também pelo espírito de combate quando é preciso. Como defesa, não nos importamos de vencer por 1-0."

Descarregue a app do EURO!